conecte-se conosco



Várzea Grande

Justiça destina para doação tênis de marcas falsificadas

Publicado

em

O coordenador do Núcleo de Várzea Grande, defensor público Joaquim Abinader da Silva, solicitou à Justiça e conseguiu que 3,5 mil pares de tênis de marca falsificados, que seriam destruídos, fossem doados para 23 entidades sociais que atendem jovens, crianças, adultos e idosos de Cuiabá e Várzea Grande.

Os produtos foram distribuídos pelo Fórum do município, depois que a juíza da 2ª Vara Criminal de Várzea Grande, Mauriuza Vitório, acatou o pedido do defensor. Os tênis foram apreendidos numa operação policial, em 2016, e a perícia feita este ano indicou que os produtos violam os direitos autorais de várias marcas mundialmente conhecidas, por não serem originais.

O inquérito aberto para apurar o crime indiciou a pessoa que fazia o transporte dos tênis e continua investigando o envolvimento e outras. As vítimas do crime seriam as marcas e lojas detentoras dos direitos autorais das marcas, estas últimas recebiam o produto como se fossem originais.

Uma das marcas solicitou à Justiça a destruição dos produtos, porém, com base no fato da perícia não ter indicado que os tênis têm potencial de causar danos à saúde, o defensor público solicitou a doação para entidades assistenciais sem fins lucrativos.

 

Doação – o defensor explica que tomou conhecimento que os tênis seriam destruídos e decidiu tentar que fossem reaproveitados por crianças, adolescentes e adultos que precisam de auxílio de instituições de caridade. “Fizemos a solicitação com base nas informações do inquérito, de que são produtos falsificados que violam os direitos autorais, mas que não oferecem perigo à saúde de quem fizer uso, logo, ao invés de serem destruídos, pedimos que fossem destinados à doação”, disse o defensor.

Dia das Criancas VG - Interna (6)Entre as entidades que foram beneficiadas estão o Lar dos Idosos Vicente de Paula, a creche comunitária Instituto Educacional Luz do Amanhã, a Associação Várzea-Grandense Madre Tereza de Calcutá, a Caritas Paroquial de Várzea Grande, Casa Transitória Irmã Dulce, secretarias municipais de Várzea Grande e casas de apoio à crianças, adolescentes e jovens, além de outras entidades.

“A decisão da Justiça trouxe alegria para muita gente, inclusive crianças, na véspera do Dia das Crianças. Nós também ficamos muito contentes com a decisão da Justiça em atender a esse apelo”, disse o defensor.

Márcia Oliveira

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Eleição da mesa: Vereadores desobedientes podem ser expulsos por partidos

Publicado

em

A disputa pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Várzea Grande, movimenta os bastidores e promete alguns embates internos em siglas que ainda pretendem debater o assunto.

Em conversa com dirigentes partidários, a informação é que alguns parlamentares, tomaram decisão isolada ao declarar apoio ao atual presidente, que é candidato à reeleição, vereador Fábio Tardin, o Fabinho (DEM).

O rumo tomado por veteranos e novatos pode ser um “tiro no pé” para alguns vereadores que já se comprometeram com a chapa de Tardin.

Presidentes de partido, já falam em sanções aos que não seguirem as orientações partidárias.
Segundo informações, outra chapa encabeçada pelo vereador Pablo Pereira (DEM), pode vingar, se conseguir reverter a decisão de alguns parlamentares, o que é praticamente impossível, já que o acordo feito com o grupo dos 12, parece ser inviolável.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana