conecte-se conosco



Cuiabá

Juíza vistoria obras do novo Pronto Socorro de Cuiabá

Publicado

em

A juíza Célia Regina Vidotti da Vara Especializada de Ação Civil Pública e Popular de Cuiabá realizou uma inspeção nas obras do novo Pronto Socorro da Capital nesta terça-feira (22/01). Ela emitirá relatório da inspeção que norteará os trabalhos do Executivo Municipal para a liberação da obra. “Hoje fiz uma vistoria observando a parte estrutural do hospital, com os documentos do processo verificarei a parte cronológica, concurso público e todas as outras questões atinentes a administração pública”, explicou a magistrada.
O Ministério Público ingressou com Ação de Tutela Provisória Antecipada contra o Município de Cuiabá. Entre os pedidos do MP estão a apresentação da estimativa orçamentária, o lotacionograma indicando o qualitativo e quantitativo de mão de obra e o plano operacional que definirá como se dará a transferência dos serviços prestados da antiga unidade para a futura. O MP também indicou que embora a obra esteja sendo realizada há três anos, somente a um mês o Conselho Municipal de Saúde foi convocado em caráter de urgência para aprovar o plano ou modelo de gestão e a contratação da empresa Cuiabana de Saúde Pública.
A magistrada foi acompanhada pelo prefeito Emanuel Pinheiro, o secretário de Saúde de Cuiabá Luiz Antônio Possas de Carvalho e os promotores, Mauro Poderoso de Souza, responsável pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa e Alexandre Guedes do Núcleo de Cidadania do Ministério Público de Mato Grosso.
O grupo visitou dezenas de ambientes, entre eles o das UTIs, consultórios, ambulatórios, salas de exames e cirurgia, isolamento, semi-intesivo, entre outros.
“O Ministério Público como parte da ação está preocupado com o funcionamento do Pronto Socorro, com os servidores que irão operacionalizar este hospital. O que desejamos é que a estrutura funcione o mais rápido possível dentro das condições técnicas adequadas para isto”, ressaltou o promotor Alexandre Guedes. Ele também reforçou a preocupação com um plano adequado de transferência dos serviços do antigo Pronto Socorro para o futuro prédio e que seja feito de forma adequada.
Secretário Municipal de Saúde de Cuiabá, Luiz Antônio Possas de Carvalho afirmou que todas as providências estão sendo tomadas para a liberação da obra. “Precisaremos de uma logística clínica e de contratação de pessoal pra poder efetivamente começar. Assim que tivermos a liberação iniciaremos a parte ambulatorial e em seguida daremos andamento às outras etapas. Pretendemos até o dia 8 de Abril gradativamente transferir os pacientes para este novo prédio”.
“Como cuiabano e prefeito da cidade vi as pessoas com brilho nos olhos. Estamos cumprindo todas as etapas e ansiosos para colocar o Pronto Socorro a serviço da população”, concluiu o prefeito.
Por Ranniery Queiroz
Fonte: Coordenadoria de Comunicação do TJMT

Cuiabá

Operação: “ Pente Fino” será de 22 a 26 de fevereiro em Cuiabá e Várzea Grande

Publicado

em

De 22 a 26 de fevereiro a fiscalização do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (Crea-MT) realizará a Operação: “Pente Fino” em Cuiabá e Várzea Grande.

A ação tem como alvo as obras civis, postos de combustíveis, comércio de defensivos, industrias, viveiros, laudo de parcelamento de solo em loteamento, Sistema de Tratamento de Água e Esgoto.

Interior do estado- A equipe de fiscalização do Crea-MT também fará  ações de rotina nos  municípios de: Diamantino,  Chapada  dos Guimarães,  Planalto da Serra, Nova  Brasilândia, Jauru , Indiavaí, Figueirópolis  D’ Oeste, Vale de São Domingos, Denise, Nova Olímpia, Barra do Bugres,  Sorriso, Sinop, Vila Bela da Santíssima Trindade, Pontes e Lacerda, Nova Lacerda, Conquista D’Oeste, Nova Xavantina, Campinápolis, Querência, Ribeirão Cascalheira, Bom Jesus do Araguaia, Dom Aquino, Juscimeira, Rondonópolis, Jaciara, Guiratinga, São José do Povo, Tesouro, Novo Santo Antônio, Serra Nova Dourada e nos distritos de Deciolândia  e Ponte de Pedra. Checando cultivos, armazenagem manutenção, secadores, balanças e receituário agronômico.

O gerente de fiscalização do Crea-MT, Jakson Paulo da Conceição explica que nas ações fiscais sempre será averiguada a presença de profissionais registrados no Sistema nos empreendimentos, bem como a verificação dos registros das Anotações de Responsabilidades Técnicas (ART) pelos serviços de Engenharia prestados nesses locais. Serão  verificados ainda, denúncias registradas junto a Ouvidoria do Crea-MT nos municípios fiscalizados.

“ Um dos principais objetivos do Conselho é coibir o exercício ilegal da profissão e garantir que as atividades da engenharia sejam desenvolvidas por profissionais legalmente habilitados.

Esse trabalho visa garantir a segurança da sociedade. Vale ressaltar que a equipe de fiscalização realiza todos os trabalhos em obediência das normas do Ministério da Saúde contra o Coronavírus (COVID-19), no uso de máscara, álcool e distanciamento social”, explanou Jakson.

Cristina Cavaleiro/ Gerência de Relações Públicas, Marketing e Parlamentar (GEMAR)

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana