conecte-se conosco



Polícia

Jovem morre ao entrar na frente de bala para proteger mãe de assaltantes

Publicado

em

Matheus Lessa tinha 22 anos - Foto: Redes sociais

Um jovem de 22 anos morreu ao tentar proteger a mãe de assaltantes que atacaram o mercadinho da família, na noite desta terça-feira (15), em Barra de Guaratiba, Zona Oeste do Rio. Matheus Lessa foi atingido no pescoço e não resistiu. Os criminosos fugiram.

Dois ladrões chegaram ao estabelecimento, na Rua Francisco Furtado, às 19h30, e exigiram o dinheiro do caixa. Quando a mãe do estudante disse que não tinha mais nada, os bandidos a ameaçaram. Nessa hora, Matheus se jogou na frente da mãe e foi baleado. Ele foi socorrido, mas morreu a caminho do Hospital Municipal Rocha Faria, em Campo Grande.

A família e os vizinhos contam que este foi o segundo assalto ao mercado em dois meses. O mercado não tinha câmeras de vigilância, e o circuito interno dos vizinhos estava desligado.

 

Fonte: Agora MT

Polícia

Cinco motoristas são presos por embriaguez ao volante em Cuiabá

Publicado

em

Cinco motoristas foram presos por embriaguez ao volante durante a 1º edição da Operação Lei Seca, realizada na madrugada deste sábado (16.01), na Avenida Isaac Póvoas, região central de Cuiabá. A primeira operação do ano começou às 2 horas e seguiu até às 3h40.

No período, foram confeccionados 36 Autos de Infração e realizados 41 testes de alcoolemia. Ao todo, 17 veículos, entre automóveis e motocicletas, foram recolhidos e 13 Carteira Nacional de Habilitação (CNH) foram recolhidas.

Do total de autos de infração, nove foram pelo artigo 165 (dirigir sob influência de álcool), oito pelo artigo 165-A (recusa a ser submetido ao teste de alcoolemia), um pelo artigo 162,I (conduzir o veículo sem CNH), dentre outros. Todos os AITs são aplicados com base na Lei Nº 9.503, do Código Brasileiro de Trânsito.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT). Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen).

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70. No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana