conecte-se conosco



Política MT

Jayme defende representações locais para governo atender demandas dos municípios

Publicado

em

Com dimensões territoriais maiores que em muitos países da Europa, Mato Grosso vai necessitar de representações regionais que consigam contemplar as ações de uma administração governamental levando em consideração as peculiaridades de cada uma das diversas regiões.

Este foi um dos compromissos que o candidato ao Senado pela Coligação Prá Mudar Mato Grosso, Jayme Campos formalizou a quem chamou de futuro governador do Estado, Mauro Mendes.

Eles percorreram nesta quinta e sexta-feira, os municípios de Rondonópolis, Pedra Preta, Juscimeira, São Pedro da Cipa, Jaciara, Dom Aquino e Campo Verde.

Na oportunidade, Percival Muniz que já havia declarado apoio à candidatura de Jayme Campos e 18 dos 21 vereadores de Rondonópolis, maior município da Região Sul de Mato Grosso, declararam apoio à candidatura de Mauro Mendes ao Governo de Mato Grosso.

“Temos que olhar de forma diferenciada, pois enquanto temos um município com uma prosperidade elevada, mas que mesmo assim necessita do suporte do Governo do Estado, como é o caso de Rondonópolis, temos outros municípios que precisam de atenção especial e mais investimentos para elevar a qualidade de vida com serviços essenciais de saúde, educação, segurança, social e principalmente obras que permitam o desenvolvimento local”, disse Jayme Campos cobrando a definição de um estrutura que contemple as cidades com serviços públicos de qualidade, por parte do Governo do Estado.

O candidato a senador assinalou que Mauro Mendes tem chances de realizar um grande governo se ouvir a experiência de políticos como Percival Muniz entre outros, pois todos estão prontos para ajudar o Estado e contribuir com uma gestão que seja realmente voltada para atender a população.

Jayme Campos avaliou que caberá ao futuro governador Mauro Mendes, com a ajuda de todos os demais eleitos, inclusive ele, definir políticas de atuação voltadas para contemplar a população, priorizando aquelas com mais necessidade de ver suas prioridades atendidas pelo Governo do Estado.

“Volto a insistir. Até agora Mato Grosso já arrecadou mais de R$ 17 bilhões brutos pagos através dos impostos recolhidos pela população, o que representa dizer que até o final do ano, deverá superar os R$ 25 bilhões, recursos que se corretamente aplicados poderiam solucionar muitos dos problemas hoje enfrentados na quase totalidade dos 141 municípios”, pontuou o candidato a senador pelo DEM.

Jayme Campos que já foi governador de Mato Grosso, senador da República e prefeito de Várzea Grande sinalizou que a demanda é grande pelas políticas públicas, mas a receita do Governo do Estado vem seguidamente crescendo, ou seja, dá para resolver muitos problemas, como a gravidade do setor de saúde, a questão da segurança pública, o setor educacional e de políticas sociais onde estão os principais problemas de Mato Grosso.

CANDIDATOS DA COLIGAÇÃO PRÁ MUDAR MATO GROSSO PERCORRERAM 710 KM ENTRE CUIABÁ, RONDONÓPOLIS, PEDRA PRETA, JUSCIMEIRA, SÃO PEDRO DA CIPA, JACIARA, DOM AQUINO E CAMPO VERDE ATÉ RETORNAR A CAPITAL.

Fonte: Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Deputados votam 34 vetos, derrubam cinco e mantém 29

Publicado

em

Reunidos em sessão ordinária na quarta-feira (2), os deputados fizeram um mutirão e limparam a pauta de vetos em tramitação no Parlamento. Os deputados estaduais votaram 34 vetos do governador Mauro Mendes (DEM) a projetos e mensagens. Destes, apenas cinco vetos foram derrubados.

A pauta estava sobrestada por conta dos vetos que estavam em tramitação na Casa de Leis. Foram três sessões ordinárias para limpar a pauta de vetos e votar os projetos que estavam represados no Parlamento.

Os vetos derrubados foram o veto 86/20, veto 92/2020, veto 75/2020, veto 72/2020 e veto 90/2020.  O veto 86/2020, de autoria do deputado Dr. Gimenez, é veto total aposto ao Projeto de Lei nº 491/2020, que obriga as escolas da rede pública ou privada do Estado de Mato Grosso a adotarem medidas de prevenção a disseminação do coronavírus (Covid-19) em suas instalações, quando do retorno as aulas presenciais.  Outro veto derrubado, o veto 72/2020, de autoria do deputado Faissal, dispõe sobre a constituição do direito de uso de cadeiras cativas na Arena Pantanal. O Veto 75/2020, do deputado Thiago Silva, também derrubado, institui o Programa Cidadão da Paz, no âmbito do Estado de Mato Grosso.

Os vetos mantidos foram: Veto 47/2020, 56/20, 58/2020, Veto 60/2020, Veto 61/2020, Veto 63/20200, Veto 64/2020, Veto 65/2020, Veto 66/2020, Veto 67/220, Veto 68/2020, Veto 71/2020, Veto 74/2020,Veto 76/2020, Veto 77/2020, Veto 78/2020, Veto 79/2020, Veto 80/2020, Veto 81/2020, Veto 82/2020, Veto 83/2020,Veto 84/2020, Veto 85/2020, Veto 87/2020, Veto 88/2020, Veto 89/2020, Veto 91/2020, Veto 93/2020, Veto 73/2020 e Veto 62/2020.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana