conecte-se conosco



Polícia

Investigação sobre decapitações avançam na Delegacia de Homicídios

Publicado

em

Passados 5 meses da decapitação de 2 homens, gravada em vídeo por membros do Comando Vermelho (CV), Polícia Civil diz que investigação avança. As vítimas são Reinaldo Ribeiro de Barros, 38, e o vendedor Rubens Eloi da Silva, 53, executados na noite de 25 de fevereiro. Até hoje os corpos não foram localizados. Foi para a família de Reinaldo que membros da facção encaminharam os vídeos onde inicialmente ele aparecia com vida e, em seguida, mostraram as imagens do momento em que era decapitado.

Equipes da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já realizaram várias incursões em regiões de mata, apontadas por meio de denúncias anônimas, como locais onde os 2 corpos teriam sido enterrados. Mas, até agora, não conseguiram localizá-los.

 

A delegada Alana Cardoso comanda as investigações e assegura que o inquérito policial vem sendo priorizado e as investigações estão adiantadas. Elas acontecem simultaneamente à investigação do brutal assassinato da jovem Viviane da Silva Ângelo, 18, grávida de 7 meses e que foi executada no dia 16 de fevereiro na região da ponte de ferro.

A ligação entre os crimes fica clara quando no vídeo em que mostra Reinaldo sendo interrogado por membros da facção, pouco antes de ser morto, é questionado sobre a participação na morte de Viviane. Ele nega alegando que como mototaxista apenas levou a vítima para um encontro no local em que ela foi executada.

Um dos suspeitos de integrar o bando que praticava os crimes a mando da facção é o criminoso Kelves Gonçalves da Silva, 28, o “Kelvinho”, que foi morto em confronto com a Polícia, no dia 26 de fevereiro. Kelvinho era apontado como o homem que degolou o extaxista Douglas da Silva Dantas, 34, no dia 8 de agosto do ano passado, também a mando da facção.

Fonte: Gazeta Digital

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Polícia

Homem fica nervoso com presença de viatura e é pego com pistola

Publicado

em

Uma equipe da 22ª Companhia de Força Tática em Tangará da Serra (a 239 km de Cuiabá) prendeu na noite deste sábado (23.01), um homem por tráfico de droga e porte ilegal de arma de fogo, no bairro Jardim São Domingos.

Os policiais realizavam patrulhamento e perceberam o suspeito na frente da sua casa e que ele ficou nervoso com a presença da viatura. Devido à atitude, foi iniciado o procedimento de abordagem e os policiais encontraram em sua cintura uma pistola e uma porção de maconha no bolso.

Questionado, ele disse que teria mais droga em uma mochila dentro da residência. Na vistoria, foram encontradas um tablete de pasta base de cocaína, um tablete e meio de cocaína, porções menores de maconha, cinco munições .40,  uma balança, além de cadernos com anotações do controle do tráfico de droga e dinheiro.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana