conecte-se conosco



Cuiabá

Intercorrências cardiológicas serão tema de capacitação para equipes da urgência e emergência em Cuiabá

Publicado

em

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realizará uma capacitação sobre as principais intercorrências cardiológicas que acometem pacientes atendidos no Sistema Único de Saúde (SUS) em Cuiabá. O treinamento acontecerá nos dias 24 e 25 de janeiro, no auditório da SMS e abordará desde o acolhimento à correta execução de exames de eletrocardiograma – ECG, à identificação de arritmia cardíaca ao Infarto Agudo do Miocárdio (IAM).

De acordo com o secretário adjunto de Assistência em Saúde, Dr. Luiz Gustavo Raboni, o treinamento tem como objetivo ampliar o conhecimento técnico e teórico dos servidores que atuam nas unidades de urgência e emergência, visando, sobretudo, a prestação de assistências em saúde cada vez mais ágeis e qualificadas à população.

“Doenças cardiológicas sempre sinalizam alertas importantes. E quando se trata de atendimentos de urgência e emergência nessa modalidade, o risco de complicação e rápida evolução para morte são ainda maiores. Por esta razão, estamos mobilizando esta capacitação para ampliarmos o conhecimento dos nossos servidores, com vistas em acolhimentos cada vez mais humanizados, céleres e com ainda mais qualidade técnica”, frisou Raboni.

O coordenador especial de Rede Assistencial Geral da Secretaria de Saúde, Kennedy Marques que está à frente da organização, explicou que embora a capacitação tenha como foco principal os enfermeiros e técnicos de enfermagem da Rede de Atenção Secundária, também serão disponibilizadas vagas para os servidores da Atenção Primária, para que as Atenções se conversem.

“Sabendo da gravidade das doenças cardíacas, especialmente das complicações que culminam na internação nas unidades de urgência em emergência, nosso foco maior é a capacitação dos enfermeiros e técnicos de enfermagem da Atenção Secundária. Entretanto, optamos por inserir também a mesma categoria de profissionais que atuam na Atenção Básica para que ambos se conversem, uma vez que os sintomas dessas doenças por vezes podem ser silenciosos ou estar mascarados em outros sintomas. Desconhecendo a gravidade, o paciente pode vir a buscar os serviços em unidades básicas de Saúde e, nestes casos precisamos estar com os procedimentos de acolhimento alinhados para diminuirmos os riscos de morte deste paciente”, finalizou.

 

Por Oziane Rodrigues

Fonte: Prefeitura de Cuiabá

Cuiabá

Pinheiro suspende aumento na tarifa de água e esgoto e proíbe corte no abastecimento

Publicado

em

O prefeito Emanuel Pinheiro assinou nesta sexta-feira (22) o Decreto nº 8.313 suspendendo, pelo prazo de 90 dias, o reajuste anual das tarifas de água e esgoto em Cuiabá, referente ao exercício 2021/2022. A medida também foi adotada pelo chefe do Executivo municipal em 2020, em decorrência dos impactos financeiros ocasionados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Além disso, pelo mesmo período, a concessionária Águas Cuiabá continua proibida de realizar o corte no abastecimento de água para consumidores inadimplentes, mesmo daqueles que já receberam o aviso prévio do procedimento.

O documento deve circular na edição da Gazeta Municipal da próxima segunda-feira (25) e entra em vigor a partir de sua publicação, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2021. No decreto, o prefeito justifica que a adoção das medidas leva em consideração o cenário de pandemia do novo coronavírus (Covd-19) ainda enfrentado na Capital, no qual o fornecimento de água é considerado primordial para a higienização e combate ao contágio do vírus.

Em caso de descumprimento, a concessionária tem o prazo de 24 horas para reestabelecer o fornecimento de água ao consumidor inadimplente. Caberá a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) realizar os estudos necessários para a recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato, caso se mostre necessário e mediante pedido fundamentado da Concessionária.

O ato tem como base legal as leis nº 9.987/95 e nº 11.445/07, que autorizam a adoção de medidas pelo Poder Concedente que repactuem condições do contrato de concessão, a bem do interesse público. “Desde março de 2020 estamos suspensão do reajuste e também a proibição do corte. A água é um bem essência nesse momento e vamos continuar adotando essas medidas enquanto for necessário”, pontua o prefeito.

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana