conecte-se conosco



Polícia

Integrantes de quadrilha que roubava motoristas do Uber são presos na região do São Matheus; veja vídeo

Publicado

em

Três suspeitos foram presos em flagrante, na noite desta terça-feira (17), na região do São Matheus em Várzea Grande, após assalto a um motorista de Uber. De acordo com a Polícia a quadrilha agia no município roubando motoristas de aplicativo.

Segundo informações, a viatura da Policia Militar, fazia rondas pela Rodovia dos Imigrantes, quando se deparou com a viatura da Rota Oeste e um motorista que havia sido assaltado. Conforme o homem, o casal levou um Renault Logan de cor branca, placa PYX-8505, uma quantia em dinheiro e o celular da vítima.

A PM mobilizou as demais guarnições e foi até a residência do tio da vitima para verificar o sinal de rastreador, porém já estava desligado.

Durante abordagem no trevo do São Matheus, o casal foi localizado em outro veículo do Uber, que provavelmente seria a próxima vítima, pois os criminosos já haviam dado ordens para que se dirigisse até o fundo  do bairro.

 

Em revista pessoal ao suspeito Amilton Paulo Siqueira, a policia encontrou  um simulacro de arma de fogo tipo pistola, para detê-lo foi necessário uso de força moderada e spray de pimenta.

Motoristas do aplicativo foram ao local, assim que foram comunicados através das redes sociais, tentando fazer justiça com a próprias mãos partindo para cima dos suspeitos desferindo socos e pontapés.

Todos os suspeitos foram encaminhados para a Base da 3ª Cia São Matheus, com  Juliana Vieira Coenga, foi encontrado o celular Samsung J7.

Os suspeitos ainda informaram que todos os aparelhos celulares subtraídos por eles em roubos anteriores, foram vendidos para Elias Souza Abreu, proprietário de uma loja no Jardim Eldorado, que confirmou a informação.

Outros motoristas estiveram na Central de Flagrantes e reconhecerem o casal como autores de outros roubos praticados na região.

O veiculo Renault Logan de cor branca de placa PYX-8505 foi localizado próximo da Upa do bairro Ipase.

 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

Identidade funcional de policiais civis de MT terá padronização nacional

Publicado

em

Assessoria/Polícia Civil-MT

A carteira de identidade funcional dos policiais civis de Mato Grosso passará pela padronização implantada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, conforme  a Portaria nº 885, de dezembro de 2019, que estabeleceu requisitos de qualidade e segurança para os documentos.

A padronização realizada em todo o país faz parte da nova identidade visual unificada conforme orientação do Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil.

Na Polícia Civil de Mato Grosso serão confeccionadas cerca de oito mil novas identidades para servidores ativos e inativos. Para a produção dos documentos serão investidos aproximadamente R$ 350 mil, recurso de Emenda Parlamentar do deputado estadual Delegado Claudinei Lopes, que destinou o valor de R$ 2 milhões à Polícia Civil.

“Meu objetivo desde a campanha sempre foi colaborar com o desenvolvimento da Polícia Civil e fico feliz com investimento de parte do valor da emenda nas identidades funcionais dos policiais que passam a ter o formato padronizado em todo país. O modelo traz mais segurança para identificação do policial, uma vez que já aconteceram vários casos de falsificação de carteiras funcionais”, disse o deputado.

A nova identidade traz uma série de quesitos de segurança que dificultam a falsificação dos documentos policiais, assim como ajudam a identificação dos servidores de segurança em ações integradas ou quando estão fora do seu estado de origem. O padrão de segurança será o mesmo que os utilizados em passaportes e a identidade funcional também será reconhecida como documento oficial em todos os países do Mercosul.

Além da segurança, a padronização trará formalidade e equidade no reconhecimento dos policiais, uma vez que atualmente cada estado possui o seu próprio padrão de identidade, o que dificultava a verificação da autenticidade do documento.

Para o delegado-geral, Mário Dermeval Aravechia de Resende, a nova identidade funcional é mais uma passo na modernização pela qual a Polícia Civil está passando. “Buscamos parcerias e diversos mecanismos de apoio para que pudéssemos fazer frente às necessidades da instituição, da prestação de serviços à sociedade e a modernização em diferentes áreas para nossos profissionais, garantindo uma polícia mais ágil e moderna”, disse Dermeval.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana