conecte-se conosco



Várzea Grande

Integrante de facção criminosa envolvido em chacina é preso em área rural

Publicado

em

A Força Tática prendeu na tarde desta quarta-feira (24.10) um dos integrantes da chacina ocorrida no início deste mês no bairro Água Limpa, em Várzea Grande. Donato Silva Nascimento, 24 anos, estava na comunidade Figueiral, zona rural de Nossa Senhora do Livramento, onde estaria morando e vendendo drogas. Ele tem quatro passagens criminais, duas por roubo, uma por homicídio e uma por porte ilegal de arma de fogo.

Também conhecido por ‘Neguinho’, o suspeito foi abordado e com ele encontrado três porções de maconha e R$ 100,00 em dinheiro. Sobre a denúncia do envolvimento na chacina, ocasião em que foram mortas quatro pessoas, sendo dois homens e duas mulheres, Donato Silva Nascimento disse que realmente faz parte de uma facção criminosa, mas nega ter cometido o crime

Ele foi encaminhado para a delegacia de polícia para as providências legais e registro do boletim de ocorrência.

Crimes

A tentativa de chacina também ocorreu numa quarta-feira (03.10), na Rua Miguel Leite, no bairro Água Limpa, região central de Várzea Grande, quando três criminosos encapuzados e armados invadiram uma residência e efetuaram vários disparos, vitimando fatalmente dois homens, e outros dois que foram socorridos ao Pronto Socorro da cidade.

O segundo crime, na manhã do mesmo dia, aconteceu na região do bairro Carrapicho, quando duas mulheres foram encontradas amarradas dentro do Rio Cuiabá.

A Polícia Judiciária Civil investiga o caso.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Liminar estabelece prazo para regularização de cemitérios em VG

Publicado

em

A Justiça acolheu pedido liminar efetuado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso e estabeleceu o prazo de 180 dias para regularização das atividades desenvolvidas em cinco cemitérios localizados em Várzea Grande. A obrigação deverá ser cumprida pelo Município, em relação aos cemitérios São Francisco, Capela do Piçarrão, Recanto da Saudade e Costa Verde, e pela empresa Betânia Empreendimentos Imobiliários Ltda, mantenedora do cemitério Recanto da Paz.

De acordo com a decisão, os requeridos deverão obter junto ao órgão ambiental competente as licenças ambientais dos cemitérios. Terão ainda que apresentar análises das águas subterrâneas para verificar a ocorrência de contaminação, devendo as amostras serem coletadas a montante e a jusante do fluxo de escoamento preferencial da superfície freática, além de elaborar e implementar programa de monitoramento do lençol freático.

A comprovação do cumprimento integral das determinações fixadas na decisão deverá ocorrer no prazo de 180 dias, sob pena de pagamento de multa diária no valor de R$ 1 mil. A liminar foi concedida ao Ministério Público Estadual nesta terça-feira (01), pelo juiz Rodrigo Roberto Curvo.

Segundo o MPMT, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso (CREA) realizou visita preventiva nos cinco cemitérios e constatou várias irregularidades, entre elas, a operação sem as devidas licenças ambientais e a falta de monitoramento do lençol freático.

“É incontroverso que a ausência de licenciamento ambiental dos cemitérios ativos gerenciados pelo tanto pelo Município de Várzea Grande, quanto pela Betânia Empreendimentos Imobiliários Ltda acarretam inúmeros riscos ao meio ambiente. O Município de Várzea Grande é responsável pela tutela do meio ambiente, de modo que não pode se omitir no licenciamento ambiental dos cemitérios públicos”, destacou a promotora de Justiça Maria Fernanda Corrêa da Costa, em um trecho da ação.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana