conecte-se conosco



Interior

Homem é preso ao deixar amigo morrer afogado em MT

Publicado

em

Um homem foi preso acusado de negar socorro ao amigo que morreu afogado na noite de quarta-feira (18), na praia do Praia do Daveron (219 km de Cuiabá). A vítima estava embriagada quando resolveu se jogar na água.

De acordo com a Polícia Militar, a ocorrência foi registrada por volta das 23h quando o homem aproveitava a noite com um amigo. Ambos entraram na água, contudo, em dado momento o rapaz começou a se afogar.

 

Em entrevista aos policias, o suspeito explicou que os dois haviam consumido bebida alcoólica antes de entrar na água.

Testemunhas disseram aos policiais que chegaram a ver o homem se afogando, e avisaram ao amigo que também estava na água que socorresse a vítima. Porém, o amigo da vítima em visível estado de embriaguez dizia a todo instante ela já estava morta.

 

Da Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Gaeco realiza operação “Afeto” em Primavera do Leste

Publicado

em

A Unidade Regional do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Rondonópolis deflagrou nesta segunda-feira (23), em Primavera do Leste, a operação “Afeto”. O trabalho conta com o apoio do Gaeco de Cuiabá e busca auxiliar investigação realizada pela 1ª Promotoria de Justiça Cível de Primavera do Leste. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência e no gabinete de um vereador do município, nas empresas Nova Service e Top Service, além da estação e almoxarifado onde são guardados os veículos e maquinários das empresas investigadas.

De acordo com o Gaeco, a investigação apura fraudes em licitação envolvendo empresas registradas em nome da esposa e do enteado do parlamentar investigado. Há indícios de que o vereador atue junto ao município promovendo o direcionamento de licitações, visando o favorecimento de familiares que supostamente operam como “laranjas”.

Entre os anos de 2016 a 2020, as duas empresas alvos da operação movimentaram mais de R$ 4 milhões de verbas públicas por meio de contratos celebrados com o município. Entre os serviços contratados, estão transportes escolares, locações de máquinas e caminhões, varrição, recolhimento de resíduos, obras de engenharia, calçamentos, entre outros.

Segundo o Gaeco, o nome dado à operação realizada nesta segunda-feira é uma alusão aos laços de parentesco e amizade do vereador com as empresas supostamente favorecidas pela prefeitura.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana