conecte-se conosco



Várzea Grande

Guarda Municipal atua na segurança cidadã contra a violência

Publicado

em

Uma das atuações de maior destaque da Guarda Municipal de Várzea Grande atualmente, é o combate aos crimes.Recentemente foram divulgados dados do Mapa da Violência de Cuiabá e Várzea Grande, onde registrou queda em homicídios e roubos. A Guarda Municipal hoje integra as forças de segurança do Estado, o que tem elevado às atribuições da instituição, de não só servir como guardiã do patrimônio público, bem como a de orientar o trânsito, fazer patrulhamento em áreas comerciais e rondas nas escolas, além de reforçar o trabalho das polícias Judiciária Civil e Militar.

De acordo com os dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP), de janeiro a junho de 2018, foram registrados no município de Várzea Grande 39 homicídios, sendo que neste mesmo período do ano anterior foram computados 66.  Foram registrados 1.461 roubos, no mesmo período do ano passado totalizaram 4.060. Já com relação ao furto foram registrados nestes seis primeiros meses do ano 1.922 ocorrências, sendo que neste mesmo período do ano passado foram registradas 4.855.

“A presença da Guarda Municipal tende a evitar a ocorrência de crimes, contribuindo para que os moradores se sintam mais seguros, é o que ocorre com as rondas policiais nas áreas de grande comércio e escolas. São esses dados que direcionam o patrulhamento preventivo e ostensivo realizado pelas forças de segurança, com a presença da Guarda Municipal, dia a dia, nestes locais e principais corredores de ônibus. A parceria e ações integradas entre as policias civis e militares tem sido um dos responsáveis pelos resultados. Nós intensificamos o policiamento e aumentamos a nossa área de atuação”, explicou o secretário interino de Defesa Social, Evandro Homero Dias.

Evandro Homero Dias, alerta que mesmo comprovado a redução do índice de criminalidade o esforço dobra para diminuir ainda mais os registros de ocorrências de homicídio, furto e roubo na cidade. “ Não estamos em uma situação confortável, temos muitos problemas a enfrentar, no combate a criminalidade. Adotando também estratégias próprias na prevenção de violências e crimes.Cada vez mais implementamos políticas públicas de segurança no município na prevenção de crimes contra a vida e contra o patrimônio público. O trabalho diário realizado no trânsito, nas ruas, na proteção de estudantes com a programa ronda escolar, na segurança de eventos públicos, ou naqueles que solicitam a nossa atuação também são fatores que contribuíram na diminuição dos índices de violência em Várzea Grande. Somos parceiros ainda em vários projetos sociais com intuito de diminuir as desigualdades sociais, promovendo e incentivando ações de prevenção e combate a violência”, completou.

Homero explica que a gestão municipal possui estudos e conhecimento dos problemas de segurança da cidade. “Estamos em plena elaboração do Plano Municipal de Segurança Pública, que norteia nossas  ações. O município com esta ferramenta de trabalho planeja, implementa, monitora e avalia projetos que tenham o objetivo de prevenir o crime e reduzir o sentimento de insegurança dos nossos munícipes.Temos o levantamento estatístico produzido pela própria corporação. Os planos de ação são elaborados semanalmente, que resultam em operações constantes, no combate à criminalidade”.

O Plano Municipal de Segurança Pública segundo ainda Homero prevê a aplicação da segurança cidadã, política de combate ao crime, segundo a qual a ação se dá simultaneamente nas áreas de educação, saúde, assistência social e policiamento, o que forma a Rede de Proteção à família.

“Na emergência se faz repressão, é dada enfâse à força policial. Mas tem que pensar numa estabilidade posterior e levar conhecimento e cidadania. A segurança é um bem comum. Por isso já desenvolvemos várias ações como exemplo o Teatro de Fantoche nas escolas, onde são abordados temas de forma lúdica, contra drogas, violência, transito e respeito ao meio ambiente, integramos a  Rede Maria da Penha, o Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD, Ronda Escolar entre outras políticas de prevenção  que abre  diálogo permanente entre a “Escola, a Guarda Municipal e a Família”, para debatermos questões correlatas à formação cidadã de crianças e adolescentes, e que possam ajudá-los a desenvolver habilidades que os permitam conduzir suas vidas de maneira segura e saudável. De fato é a aplicação da política de prevenção a violência”, explicou o secretário interino de Defesa Social, Homero Dias.
 

Por: Da Redação – Secom/VG

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Várzea Grande

MT registra morte de mulher de 35 anos e mais 30 pessoas por Covid-19 em 24 horas

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (19.01), 202.125 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.846 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.991 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 202.125 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.649 estão em isolamento domiciliar e 187.566 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 280 internações em UTIs públicas e 345 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,84% para UTIs adulto e em 39% para enfermaria adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (44.549), Várzea Grande (13.610), Rondonópolis (13.484), Sinop (10.791), Tangará da Serra (8.948), Sorriso (8.831), Lucas do Rio Verde (8.207), Primavera do Leste (6.217), Cáceres (4.687) e Nova Mutum (4.235).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 171.126 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 387 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última segunda-feira (18.01), o Governo Federal confirmou o total de 8.511.770 casos da Covid-19 no Brasil e 210.299 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.488.099 casos da Covid-19 no Brasil e 209.847 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de terça-feira (19.01).

Recomendações

Já existe uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, no entanto, ainda é importante adotar medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana