conecte-se conosco



Cultura

Grupo Flor Ribeirinha apresenta no Festival de Montoire na França

Publicado

em

O grupo Flor Ribeirinha participou da abertura do 46º Festival de Folclore de Montoire, cidadelocalizada na região norte, há 200 quilômetros de Paris. O festival que está sendo realizado no período de 9 a 15 de agosto, é um dos mais importantes festivais de arte e cultura da França,organizado pelo Comitê Internacional de Cultura Popular. O Flor Ribeirinha apresentou no palco, o Siriri e  a dança do Boi.

O festival teve início com um desfile pelas principais avenidas da cidade, com algumas apresentações. O objetivo dos desfiles, de acordo com os organizadores é a divulgação do festival nas ruas como atrativo,além da interação com o público, para as pessoas vejam os espetáculos completos no grande palco do festival. Mais uma vez, o Flor  Ribeirinha mostrou o siriri, rasqueado e o samba, que empolgaram o público francês.

O diretor Administrativo do grupo Flor Ribeirinha, Jeferson Guimaraes Rosa, ressaltou que o Brasil, foi escolhido como organizador da apoteose final do encerramento do festival com um intercâmbio entre dançarinos e músicos dos outros países. A abertura foi organizada pela delegação da Costa Rica, com todas as bandeiras dos países participantes do festival de Montoire. “A noite de abertura foi muito especial, com uma coreografia preparada para a ocasião. Um verdadeiro intercambio entre os países e um  momento muito especial para nós que estamos aqui para representar o Brasil e Mato Grosso”, disse ele.

O diretor geral do festival, Philippe Proust, enalteceu a participação do Brasil e de Mato Grosso no evento. Ele frisou que é muito forte a representação da cultura indígena pelo Grupo Flor Ribeirinha na  França, através da dança do Boi Bumbá. “Pudemos ver também a dança regional e o samba. Notamos  uma  cultura alegre e festiva, principalmente quando  mostra uma parte do carnaval brasileiro. Estamos otimistas com a união de culturas de vários países”, salientou Proust.

O 46º Festival de Folclore de Montoire reúne este ano as delegações do Brasil, Colômbia, Costa Rica, Nepal, Palestine, Peru, República de Komis, Rússia, China Kirghizistan e  República Tcheca.

Fotos:Assessoria de Imprensa

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Editais da Cultura têm prazo de inscrição prorrogado e recursos aumentam para R$ 29,35 milhões

Publicado

em

Os editais lançados pelo Governo de Mato Grosso para execução da Lei Aldir Blanc receberam um incremento de R$ 4,35 milhões, totalizando agora R$ 29,35 milhões em recursos. O reforço permitiu que a quantidade de projetos beneficiados subisse de 513 para 588, motivando a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) a prorrogar a data final para inscrição nos editais. Com a retificação do prazo, a apresentação de propostas pode ser feita até a próxima segunda-feira (16.11).

O acréscimo é proveniente da reversão ao Estado da verba destinada a municípios mato-grossenses que não se inscreveram na plataforma +Brasil disponibilizada para execução das ações da lei federal de socorro ao setor cultural.

“Agora vamos aprovar um número maior de projetos, são mais chances para os profissionais da cultura mato-grossense. E pudemos oferecer mais quatro dias de inscrição para que consigam apresentar suas propostas, aproveitando inclusive o fim de semana. É uma oportunidade de retomada do setor que precisa ser aproveitada”, ressalta o titular da Secel, Alberto Machado.

No edital Conexão Mestres da Cultura serão selecionados 70 projetos em vez dos 60 previstos inicialmente. A seleção pública conta agora com R$ 7 milhões para homenagear personalidades mato-grossenses.

O maior de todos os editais, o MT Nascentes, recebeu um incremento de R$ 2,6 milhões para atender mais 55 propostas de vários segmentos culturais.  Com a atualização, estão disponíveis R$ 16,35 milhões que irão beneficiar 445 projetos.

Já no edital Circuito de Mostras e Festivais, a quantidade passou de 28 para 36 projetos beneficiados. Houve um complemento de R$ 650 mil no valor total, que atualmente é de R$ R$ 3,4 milhões.

Para a seleção de propostas na área de economia criativa o reforço permitiu que mais dois projetos de até R$ 50 mil sejam atendidos. No total corrigido, serão investidos R$ 1,6 milhões para impulsionar 32 projetos de criação e desenvolvimento de produtos, serviços e processos inovadores em Mato Grosso.

O único edital que não recebeu alterações foi o Conexão Cultura Jovem, que continua com investimento de R$ 1 milhão para instalação cinco laboratórios de comunicação e cultura (LabCom) em comunidades com índices de vulnerabilidade social.

As inscrições online estarão abertas até a meia noite do dia 16 de novembro na plataforma formularios.cultura.mt.gov.br. Já as inscrições presenciais ou via Correios devem ser protocoladas até esta mesma data na sede da Secel, em Cuiabá, das 8h às 12h ou das 14h às 18h.

Os editais, seus anexos e formulários, bem como as retificações de prazo e valores, estão disponíveis nos sites  leialdirblanc.cultura.mt.gov.br e www.cultura.mt.gov.br/editais.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana