conecte-se conosco



Cuiabá

Gestão fiscal responsável resulta em avanços na infraestrutura de Cuiabá

Publicado

em

Alinhando responsabilidade fiscal com a aplicação de recursos na execução de importante obras, a Prefeitura de Cuiabá tem promovido uma verdadeira transformação na infraestrutura urbana. Com a missão de garantir que a Capital siga no merecido caminho do desenvolvimento, o Executivo segue um planejamento, que busca sempre contemplar toda as regiões da cidade.

Em pouco mais de três anos, o Município tirou do papel projetos que tanto melhoram a mobilidade urbana, como pavimentação e levantamento de viadutos, quanto fortalecem o turismo regional, como a revitalização de espaços tradicionais. Além das que já estão em andamento, o Executivo ainda trabalha para que novas ações sejam colocadas em prática, avançando ainda mais no processo de estruturação.

“Com toda certeza, vamos entregar Cuiabá muito melhor do que recebemos. E isso é o que nos causa tanto orgulho. Conseguimos, nesse período à frente da gestão, colocar em prática projetos que vão melhorar a qualidade de vida do cuiabano. Isso é fruto de um trabalho sério, planejado e responsável. Somente dessa forma uma administração consegue ter a credibilidade necessária para trazer os investimentos para a cidade”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

VEJA AS PRINCIPAIS OBRAS EM ANDAMENTO

VIADUTOS – Entre as obras em pleno vapor sendo executada pela Prefeitura de Cuiabá estão as construções dos viadutos Murilo Domingos e José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”. O primeiro, por exemplo, recebe o investimento de R$ 13.992.929,79 e é levantado na Avenida Manoel José de Arruda (Av. Beira Rio). Com a fase de superestrutura iniciada, o trabalho no local está concentrado, neste momento, na fixação das vigas de concreto.

Já na Avenida Edna Maria Albuquerque Affi (Av. das Torres), é edificado o viaduto José Maria Barbosa – Juca do Guaraná “Pai”, com investimento de R$ 16.340.726,63. Também na etapa de superestrutura, o elevado já recebeu a instalação das vigas de concreto previstas e também a colocação das pré-lajes. Agora, os operários avançam com o serviço de armação das ferragens para concretagem das lajes.

ORLA DO PORTO II – Um dos espaços que passam por uma completa transformação para se tornar um novo ponto turístico da Capital é a segunda etapa da Orla do Porto. Na área, situada à margem de Rio Cuiabá, a construção do chamado “muro de gabião” alcançou 90% da execução. Paralelamente, os maquinários atuam na compactação do solo para a construção do calçamento, que deve ser iniciado ainda neste mês de junho. O projeto recebe o investimento de R$ 3,7 milhões.

Ao longo de mais de 600 metros de extensão serão executados os trabalhos de implantação de calçadão para caminhada e contemplação, ciclovia, iluminação, arborização e adequação de acessibilidade. Além disso, o espaço contará com esculturas de personalidades regionais, área coberta por lonas tensionadas destinadas a feiras locais, espaço com aparelhos para atividades físicas ao ar livre e estacionamento.

CONTORNO LESTE – O Município também deve iniciar nas próximas semanas a maior obra de infraestrutura dos últimos 50 anos, em Cuiabá. Com 17,3 quilômetros, a Avenida Contorno Leste passará por três diferentes regiões, abrangendo mais de 40 bairros e beneficiando mais de 200 mil habitantes. O novo corredor de mobilidade recebe o investimento de R$ 125 milhões e terá pista dupla, ciclovia, calçada, canteiro central, iluminação de LED.

MINHA RUA ASFALTADA – Seguindo na área da mobilidade urbana, o programa Minha Rua Asfaltada beneficia cerca de 50 bairros com obras de rede de drenagem de águas pluviais e pavimentação. No total, são 212 quilômetros de malha viária, somando trabalhos concluídos, em execução e licitações em andamento. O Município ainda garantiu a chegada de um recurso no valor de R$ 100 milhões, para atender mais 20 comunidades.

Também dentro do programa, é executado o trabalho de recuperação da malha viárias. Conforme levantamento, de 2017 a 2019, mais de 270 quilômetros de vias foram alcançadas com recapeamento. Neste período, já foram beneficiadas avenidas como a Historiador Rubens de Mendonça, Fernando Corrêa da Costa, Profª Alice Freire, Edgar Vieira, Antártica, Mário Palma, Jurumirim, Coxipó Mirim, Pau Brasil, e outras 30 da região central.

MERCADO DO PORTO – A Prefeitura também atua na melhorias de toda estrutura do Mercado Varejista Antônio Moisés Nadaf (Mercado do Porto). A obras está dividida em dois tipos de contrato, sendo um para ampliação e outro para revitalização. Atualmente, o trabalho está concentrado na fase de fundação. No total, é aplicado o valor cerca de R$ 10,5 milhões para a ampliação e R$ 2.548.017,77 para realização da etapa de revitalização.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Pinheiro suspende rodízio de veículos, atendimento por CPF, e apresenta na segunda-feira (6) projeto de barreiras sanitárias

Publicado

em

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, decidiu nesta sexta-feira (3) que suspenderá, neste primeiro momento, as medidas de rodízio no tráfego de veículos e limitação, por CPF, nos atendimentos presenciais realizados por bancos, lotéricas, supermercados e distribuidoras de bebidas. As normas constam no decreto nº 7.975, que foi assinado pelo chefe do Executivo nesta quinta-feira (2), e passariam a valer a partir de segunda-feira (6).

Além disso, Pinheiro definiu que, na próxima segunda-feira, irá apresentar o projeto para a instalação de barreiras sanitárias na Capital. A medida cumpre com a decisão judicial imposta pelo juiz José Luiz Leite Lindote, da Vara da Fazenda Pública de Várzea Grande, em atendimento ao requerimento do Ministério Público do Estado (MPE).

As duas medidas suspensas serão discutidas com os segmentos da sociedade civil organizada e avaliada nas deliberações do Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus. O prefeito reconhece que, por ser ações que resultam em grandes impactos na rotina da população, é necessário que elas sejam melhores debatidas para que, se necessário a implantação, isso aconteça da forma mais tranquila possível.

“Entendo a reação e sei que não é fácil mudar os nosso hábitos, mas está na hora de cada um de nós refletir sobre nosso papel nessa luta. Só vamos vencer essa guerra, se cada um fizer sua parte, caso contrário não adianta só exigir do poder público e não agir com responsabilidade, querer viver como se estivesse tudo normal. Não há decreto no mundo que dê jeito, se não tiver o apoio da população. Cada um fazer a sua parte, exige sacrifícios temporários, como nestes casos que eram apenas de 15 a 17 dias”, comenta o prefeito.

Seguem valendo, até o dia 20 de julho, a ampliação do toque de recolher, das 20h às 5h; regime de trabalho no sistema home office para servidores municipais; proibição da utilização de refeitórios e restaurantes nos hotéis e hospedarias; suspensão do funcionamento de motéis; suspensão das as atividades presenciais nas unidades de ensino públicas e privadas; transporte coletivo com funcionamento total da frota.

Além disso, seguindo a decisão judicial, continua vedada a abertura ao público dos shoppings centers e congêneres, permitida tão somente o funcionamento das atividades essenciais mediante sistema delivery. Também está permitida a comercialização de produtos oriundos das atividades essenciais pelo sistema de entrega e retirada de produtos (delivery e passe e pegue), desde seguida todas as medidas de biossegurança.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana