conecte-se conosco



Esportes

FMF mantem posição e se distancia ainda mais da Federação do Maranhão

Publicado

em

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na tarde desta segunda-feira (9), o Ranking Nacional das Federações de 2020. A FMF manteve a 13ª colocação entre as 27 federações, e ainda viu a distância em pontuação aumentar para a Federação do Maranhão, que ocupa o décimo quarto lugar.

Em 2019, a FMF obtinha 9.065 pontos contra 7.997 do Rio Grande do Norte, com a diferença total de 1.068. Com a nova atualização, a Federação Matogrossense de Futebol consolidou o décimo terceiro lugar com 9.100 pontos, e de quebra, abriu uma vantagem de 1.457 pontos sobre a Federação do Maranhão, que assumiu a décima quarta colocação do ranking.

A CBF também atualizou o Ranking Nacional dos Clubes. Oito representantes de Mato Grosso aparecem no RNC.

Confira:

40º Luverdense – 3.780 pontos

43º Cuiabá – 3.271 pontos

81º Sinop – 924 pontos

119º União – 468 pontos

152º Dom Bosco – 304 pontos

198º Operário Várzea-grandense – 126 pontos

199º Mixto – 125 pontos

204º Araguaia – 102 pontos

Higor Vinicius Ramos / Assessoria FMF

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Esportes

Ferrari retorna à principal categoria das 24 Horas de Le Mans em 2023

Publicado

em

A Ferrari anunciou nesta quarta-feria (24) que retornará à elite das corridas de resistência com um hipercarro em 2023, oportunidade na qual buscará uma vitória nas 24 Horas de Le Mans pela primeira vez em 50 anos.

A escuderia italiana correu na principal categoria de Le Mans pela última vez em 1973, e suas rivais entre as grandes montadoras incluirão Toyota, Peugeot, Porsche e Audi.

A categoria hipercarro substitui a LMP1 nas corridas de resistência.

A Ferrari venceu em Le Mans nove vezes, mas nenhuma depois de 1965, quando disputou uma batalha lendária com a Ford no circuito de Sarthe, no oeste da França. Mais recentemente, a marca teve sucesso na modalidade GT, vencendo a categoria GTE Pro em 2019.

“Com o novo programa do hipercarro de Le Mans, a Ferrari volta a afirmar seu compromisso e determinação esportivos de ser uma protagonista nos grandes eventos globais de automobilismo”, disse o presidente da Ferrari, John Elkann, em um comunicado.

Os nomes do carro e dos pilotos da escuderia italiana ainda não foram anunciados.

A Ferrari vem buscando outras atividades para as quais redirecionar seu pessoal agora que o teto de orçamento da Fórmula 1 entra em vigor, o que fez com que a equipe mais antiga e bem-sucedida da modalidade tivesse que cortar gastos.

Parte do pessoal técnico já foi transferido para trabalhar com a equipe Haas F1, que usa motores Ferrari e tem uma parceria próxima com Maranello.

A Ferrari também tem uma academia de pilotos próspera, e as corridas de resistência são outra arena para eles adquirirem experiência.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana