conecte-se conosco



Cultura

Festival de Rock, programação infantil, teatro, festas, tudo que rola em Cuiabá neste final de semana

Publicado

em

JULIA MILHOMEM

Divulgação

Clique para ampliar

Tendo como meta a valorização da cultura e eventos que acontecem na Capital aos finais de semana, a Secretaria de Inovação e Comunicação destaca as principais atrações. Festival de Rock, teatro, exposição e shows prometem animar o fim de semana em Cuiabá.

O que não faltam são opções para todos os gostos, estilos e idades. O coral da UFMT recebe nesta sexta-feira (28), Deise Águena e Henrique Maluf para uma série de apresentações musicais que fazem parte da história de todos.

Para os amantes do Rock, a programação deste sábado será o festival 100% Rock, com apresentação do cantor nacional Humberto Gessinger, vocalista da banda Engenheiros do Hawaí. E para a criançada, além de um espaço “Master Chef Júnior”, a Turma da Mônica oficial desembarca aqui em Cuiabá, em dois shoppings da Capital, neste sábado e domingo (29 e 30).

 

Confira a Programação

Shows e Festas:

  1. O que: Jerry Smith – Show Nacional com a sensação do momento! Ele canta funk, sertanejo, e de tudo um pouco. Conquistou o sucesso após a música Bumbum Granada. Atualmente o hit mais pedido e tocado nas rádios é “Não Se Apaixona” com MC Loma e as Gêmeas Lacração.

Quando: Sexta- feira (28)

Onde: Gerônimo West Music

 

  1. O que: Festival 100% Rock – O vocalista da banda de rock Engenheiros do Hawaii, Humberto Gessinger desembarca para o Festival 100% Rock. O evento conta ainda com a participação da banda cover do Legião Urbana. As bandas regionais Heróis de Brinquedo e Banda Lopes também prometem agitar a noite.

Quando: Sábado (29)

Onde: Centro de Eventos do Pantanal

 

  1. O que: Ressaca da Parada – Festa Oficial – A 16° Parada da Diversidade LGBT de Cuiabá passou, mas o movimento LGBT não. As produtoras I Love It e a Evolution prepararam a festa da ressaca para encerrar o ciclo. A noite terá rolha free, música pra todos, glitter e shots.

Quando: Sábado (29)

Onde: Casa Rio (Av. Beira Rio, Porto – 800 metros do Trevo do antigo Anauê Bar).

 

Exposição e Coral:

  1. O que: Exposição “Viver é um Ato Político: Nossa Arte, Nossa Voz”- O objetivo é expor talentos e mostrar à sociedade a arte produzida pela comunidade LGBT mato-grossense. Ao todo, 28 artistas irão expor a sua arte que tem obras contemporâneas das expressões mais variadas, que incluem artes plásticas, esculturas, fotografias, literatura, música, audiovisual, moda, entre outras, pertencentes ao universo LGBT.

Quando: Sexta-Feira (28)

Onde: Museu da Imagem e do Som (MISC)

 

  1. O que: 9ª Roda Vinil – Uma feirinha de compra, venda e troca de LPs irá reunir entusiastas de antiguidades e amantes da boa música. Serão mais de 1.500 discos, vendidos a partir de R$ 3. Além dos anfitriões, a Roda Vinil conta com as presenças do Cara do Vinil e fusca-sebo Rua Antiga.

Quando: Sábado (29)

Onde: Rua Oito, Casa 462, Boa Esperança. Das 10h às 18h.

 

  1. O que: Coral da UFMT- O coral apresenta clássicos como Cálice (Chico Buarque e Gilberto Gil), Kikiô (Geraldo Espíndola), Disparada (Geraldo Vandré e Théo Barros), Ponteio Edu Lobo e Capinam, entre outras.

Quando: Sexta-feira (28) e domingo (30)

Onde: Teatro Universitário (UFMT), às 20h.

 

Teatros e Festival de Pipa

  1. O que: Almerinda Governadora – O público terá a oportunidade de assistir ao último showmício da candidata ao governo, Almerinda Lowsbi, personagem interpretada pelo ator André D’Lucca, sua polêmica plataforma de governo “Por um Estado mais Rico!”. Entre as propostas estão o projeto “Feiura Zero”, “Bolsa Botox”, “Piscina para Todos”, e também, a implantação do ICF (Imposto Contra Feiura).

Quando: Neste sábado (29) e domingo (30)

Onde: Cine Teatro, a partir das 20h.

 

  1. O que: Montagem Coletiva: Criame – Os grupos Cia Pessoal de Teatro e In Próprio Coletivo se unem em novo espetáculo que conta a história de Clara e Solange. Duas trabalhadoras domésticas que planejam dia após dia a morte de sua patroa, a senhora. A peça é inspirada na obra “As criadas”, de Jean Genet, cujo mote norteador é a discussão sobre a luta de classe. Uma massificação capitalista na sociedade.

Quando: Sexta-feira (28) e sábado (29)

Onde: Metade Cheio (Rua Comandante Costa, 381, Centro Norte). Em duas sessões, às 20h e 21h30.

 

  1. O Que: 7º Festival de Pipas – Com o tema “Resgatando a alegria de brincar”, conta com oficina de confecção e soltura das pipas. Além também de disputas nas categorias de maior pipa, pipa artística e pipa corte recorte.

Quando: Sábado (29), a partir das 7h30.

Onde: Ginásio de Esportes da UFMT

 

Eventos para as Crianças

  1. O que: Turma da Mônica oficial – A Mônica, o Cebolinha, a Magali e o Cascão irão distribuir toda a alegria do desenho, criado por Maurício de Sousa. Para participar do encontro é preciso retirar uma pulseira, a partir das 13h, que permitirá a entrada de até quatro pessoas por vez para a sessão de fotos, que começa às 15h e segue até às 18h30. As fotos serão feitas por duplas de personagens: Mônica e Cebolinha seguido por Cascão e Magali.

Quando: Sábado (29) e Domingo (30)

Onde: Espaço Fun (2º piso)- Goiabeiras Shopping.

 

  1. O que: ‘Espaço MasterChef Júnior Brasil’- Crianças de até doze anos poderão se divertir e se sentir um chef de cozinha. No espaço, as crianças de  5 a 12 anos vão conhecer curiosidades deste universo gastronômico, por meio de algumas estações temáticas: “Como se tornar um chefe”, “O look do chef”, “Conheça os Indispensáveis”, “Os facilitadores”, “Descobrindo o mundo de aromas e sabores”, “As vedetes da cozinha” e, no fim, após passarão por um labirinto divertido, onde vão conhecer e preparar algumas delícias na famosa e desejada cozinha MasterChef. Os mais novos, de 1 a 4 anos, terão à sua disposição uma área baby, com diversos acessórios e utensílios da linha MasterChef Junior, como fogão, micro-ondas, torradeira, batedeira, liquidificador e panelinhas, para incentivar os pequenos a serem grandes chefes de cozinha.

Quando: Sexta- Feira (28) a 28 de Outubro

Onde: Pantanal Shopping – Praça de eventos, 2º piso.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Projetos contemplados em edital de Literatura oferecem ações de fomento à leitura

Publicado

em

Projetos contemplados no edital de Literatura Estevão de Mendonça já começaram a ser executados, ajudando a fomentar a leitura e a democratizar conhecimentos. Ações de contação de histórias, formação de mediadores, mediação de leitura e de oficina literária têm proporcionado o acesso a capacitações e conteúdos que divulgam livros e a cultura popular mato-grossenses.

Realizada pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), a seleção pública premiou 13 projetos de fomento à leitura e mais 17 obras de literatura com valores de R$ 10 mil e R$ 20 mil. Após o recebimento do recurso financeiro, que foi pago em parcela única a partir de setembro, os autores e proponentes premiados têm até 90 dias para executar as ações.

Confira os projetos já executados ou em andamento.

Mediador da literatura indígena

Denilson Baniwa

Naine Terena – Foto por: Denilson Baniwa

De 16 e 26 de novembro, a oficina Mediação de Leitura e a Lei 11.645/08 oferece aprendizado  sobre a história da literatura indígena no Brasil, incluindo escritores e algumas obras, a profissionais de diferentes áreas de atuação. O projeto premiado na categoria ‘Mediador de Leitura’ pretende ainda envolver os educadores para o cumprimento da Lei 11.645/08, que articula a presença da história e cultura indígena nas escolas do país.

De acordo com a realizadora da oficina, a doutora em Educação Naine Terena de Jesus, a repercussão da iniciativa foi tão grande que as vagas se esgotaram logo no início da divulgação sendo necessária a abertura de uma segunda turma.

“Foram abertas 40 vagas e tivemos cerca de 120 inscritos. Diante da grande procura, conseguimos abrir uma segunda turma e ampliar a prática da mediação das autorias indígenas. A ideia é aproximar o público dessa literatura, e dessa forma, incentivar e auxiliar na compreensão e leitura pública das obras”, explica Naine.

Oficina de dramaturgia pessoal

Divulgação

Nesta segunda (23.11), tiveram início as aulas da segunda turma da oficina de dramaturgia pessoal com a atriz e diretora teatral Juliana Capilé. Direcionada a maiores de 60 anos, a capacitação técnica de escrita incentiva a utilização de elementos da própria experiência de vida para o desenvolvimento de dramaturgia textual de teatro ou roteiro de cinema.

O projeto foi contemplado na categoria ‘Oficina Literária’ e ofertou vagas para duas turmas, ambas online. A primeira edição ocorreu de 16 a 20 de novembro e a segunda segue até a próxima sexta-feira (27.11).

“É uma oficina de escrita dramatúrgica para quem tem o que contar. Voltada exclusivamente para participantes acima dos 60 anos, a oficina investe em uma fase da vida na qual muitas histórias já se acumularam, alegres e tristes, que precisam ser registradas e transformadas em teatro ou cinema”, destaca Juliana.

Mitos e lendas do Rio Cuiabá ao Pantanal

Divulgação

Em outubro, a atriz Alicce Oliveira realizou quatro apresentações do espetáculo de contação de histórias ‘Mitos e Lendas do Rio Cuiabá ao Pantanal’ em suas redes sociais. O projeto foi contemplado na categoria contação de histórias.

As apresentações contaram com canções inspiradas nas manifestações folclóricas regionais, dentre outros artifícios que levarão o público a reconhecer as belezas desta região.

“Há muito tempo ouve-se falar nas histórias, mitos e lendas que povoam a memória dos povos ribeirinhos e de várias comunidades de Cuiabá em Mato Grosso. A presença de monstro em forma de serpente, seres fantásticos e história de pescador são condutores das narrativas apresentadas ao público através deste projeto” expõe Alicce.

Montagem de acervo e disponibilização da literatura de Ricardo Dicke

O projeto integra as edições do evento ‘Literatura e Cultura em Mato Grosso’ que acontece pela internet como curso a alunos do ensino médio de escolas públicas. Contemplado na categoria de formação de mediadores, a ação teve como proponente a professora doutora Madalena Machado, da Unemat de Pontes e Lacerda.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana