conecte-se conosco



Várzea Grande

Farmácia de manipulação deseja expandir para a cidade de Várzea Grande

Publicado

em

Já com 46 pontos distribuídos pelo Brasil, sendo 24 franquias e 22 lojas próprias, a rede Farmácia Artesanal deseja agora expandir suas atividades para a cidade de Várzea Grande. A rede ultrapassou os R$ 70 milhões de faturamento em 2017.

“Nossa meta é alcançar 50 unidades franqueadas nos próximos dois anos. Estamos há 37 anos no mercado e queremos oferecer nossos serviços para os mato-grossenses. Nosso objetivo está em atender as necessidades particulares de cada pessoa. Possuímos processos tecnológicos modernos e eficazes, além de matéria-prima de qualidade e com procedência certificada”, conta Evandro Tokarski, presidente da Farmácia Artesanal.

Atualmente, a rede está presente nos estados de Goiás, Tocantins, Pará e em Minas Gerais. A Farmácia Artesanal oferece todo o suporte para a abertura e gestão de uma farmácia de manipulação. Os interessados não precisam necessariamente ser do mercado da saúde. “Nós oferecemos toda a nossa experiência de anos no mercado. Estamos aptos a construir empreendedores de sucesso”, diz Tokarski.

A rede oferece ao franqueado o direito ao uso da marca, treinamento teórico e prático, projeto arquitetônico exclusivo da loja e do laboratório, linha exclusiva de produtos Marca Própria e o acompanhamento de Consultoria de Campo que dá toda a orientação na implantação e execução dos padrões e estratégias da rede.

Além disso, a rede conta com um modelo de Franquia de Conversão de Marca, onde é possível transformar uma farmácia de manipulação já existente no mercado, no modelo Farmácia Artesanal. Neste caso, é um modelo de investimento voltado para empresários que já possuem um negócio em operação. De acordo com Tokarski, essa é a modalidade mais rápida e de menor custo de investimento. “O empreendedor continua sendo o dono do seu negócio. Ele vai mudar a bandeira, fachada, processos e a gestão no modelo Farmácia Artesanal. Isso, com certeza, vai alavancar seus resultados e a rentabilidade do negócio”, finaliza.

A Farmácia Artesanal está inserida no segmento de Saúde, Beleza e Bem-Estar, que teve o melhor desempenho no setor de Franchising, de acordo com pesquisa realizada pela ABF (Associação Brasileira de Franchising). O segmento cresceu 12,10% em relação ao levantamento divulgado em 2017, enquanto a rede Farmácia Artesanal cresceu 29,80% no mesmo período.

MODELOS DE FRANQUIA *

RAIO X – NOVA LOJA

Investimento total: A partir de R$ 350.000,00

Taxa de franquia: A partir de R$50.000,00 (incluso no investimento total)

Prazo de retorno do investimento: a partir de 28 meses

Faturamento médio mensal: de R$50.000,00 a R$200.000,00

Lucro mensal: Acima de 20%

Capital de giro: A partir de R$30.000,00 (incluso no investimento total)

Taxa de royalties: 5%

Taxa de marketing: R$ 750,00 mensal

RAIO X – CONVERSÃO

Investimento Total: A partir de R$110.000,00

Taxa de franquia: A partir de R$50.000,00 (incluso no investimento total)

Prazo de retorno do investimento: a partir de 10 meses

Faturamento médio mensal: de R$ 50.000,00 a R$200.000,00

Lucro mensal: Acima de 20% Taxa de royalties: 5%

Taxa de marketing: R$ 750,00 mensal

Fonte: Michel A. Gildin Acherboim -Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Eleição da mesa: Vereadores desobedientes podem ser expulsos por partidos

Publicado

em

A disputa pela Mesa Diretora da Câmara Municipal de Várzea Grande, movimenta os bastidores e promete alguns embates internos em siglas que ainda pretendem debater o assunto.

Em conversa com dirigentes partidários, a informação é que alguns parlamentares, tomaram decisão isolada ao declarar apoio ao atual presidente, que é candidato à reeleição, vereador Fábio Tardin, o Fabinho (DEM).

O rumo tomado por veteranos e novatos pode ser um “tiro no pé” para alguns vereadores que já se comprometeram com a chapa de Tardin.

Presidentes de partido, já falam em sanções aos que não seguirem as orientações partidárias.
Segundo informações, outra chapa encabeçada pelo vereador Pablo Pereira (DEM), pode vingar, se conseguir reverter a decisão de alguns parlamentares, o que é praticamente impossível, já que o acordo feito com o grupo dos 12, parece ser inviolável.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana