conecte-se conosco



Cultura

Exposição retrata 20 anos da Igreja Batista da Paz de Cuiabá

Publicado

em

Nesta semana, os visitantes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso podem aproveitar para apreciar a exposição fotográfica sobre os 20 anos de fundação da Igreja Batista da Paz de Cuiabá, lançada nesta terça-feira (11), no saguão principal da Casa de Leis. Além da mostra, o presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), também realiza sessão especial nesta quinta-feira (13), às 19 horas, no Plenário das Deliberações Deputado Renê Barbour, como forma de reconhecimento ao trabalho desenvolvido pela igreja, sob o comando do presidente da IBPAZ, pastor Isaías Pereira da Silva, composta por cerca de 1,2 mil membros.

Botelho destaca os serviços de grande alcance social. “Começou pequena, hoje é grande e presta importante serviços trazendo às pessoas a Palavra de Deus, retirando as pessoas das ruas, das drogas, do vício. Então, essa homenagem é o reconhecimento da Assembleia pelo trabalho maravilhoso que a Igreja Batista da Paz realiza”, afirmou o presidente, durante lançamento da exposição.

Com sede no bairro Verdão, a Batista da Paz, também tem unidades em outros bairros de Cuiabá e Várzea Grande. A mostra, preparada em parceria com o Instituto Memória da ALMT, apresenta a trajetória da igreja com fotos do 1º Festival Mato-grossense de Arte e Cultura Gospel; Retiro de Carnaval; Ministério Teen; Atitude Teen; grupo de Teatro Identidade, dentre outros eventos que marcaram os 20 anos da fundação.

Outros destaques sociais incluem o Judô da Paz, que treina 20 alunos carentes do bairro Parque do Lago, em Várzea Grande. O Taekwondo, com alunos carentes do bairro Santa Isabel, em Cuiabá. Além do trabalho da Casa de Recuperação, na estrada da Guia, e grupo de dança, em Campo Novo do Parecis.

“Nosso trabalho de alguma maneira foi reconhecido. Começamos há vinte anos, num momento em que Cuiabá passava por uma grande transformação, é muito satisfatório contribuir com essa história, para nós é honroso, gratificante. O Poder Legislativo é o representante do povo, então recebemos essa homenagem dos próprios cidadãos, um privilégio”, agradeceu o pastor Isaías. Diversos membros da igreja participaram da abertura da exposição, dentre eles, os pastores Ricardo Melo e Jairo Ishikawa, da IBPAZ do Jardim das Américas, e a superintendente do Instituto Memória, Mara Visnardi.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Instituto Moinho Cultural realiza intercâmbio virtual com a Orquestra Ouro Preto

Publicado

em

Para mostrar que a força da arte não tem barreiras, o Programa Vale Música uniu a musicalidade da Orquestra Ouro Preto e a vitalidade da dança do Instituto Moinho Cultural, em um vídeo especialmente gravado durante o período de distanciamento social. A música “La Muerte del Ángel”, do compositor argentino Astor Piazzolla (1921-1992), foi escolhida fazer essa ponte entre Ouro Preto-MG e Corumbá-MS. O vídeo pode ser acessado nas redes sociais e no canal da Orquestra Ouro Preto no YouTube.

De casa, o Maestro Rodrigo Toffolo, os músicos da Orquestra e os bailarinos, da Cia. de Dança do Pantanal gravaram suas interpretações e mostraram a beleza desse intercâmbio artístico como uma forma de amenizar e acalentar o coração do público nesses dias de incertezas. O desafio era fazer algo inédito que trouxesse o movimento da dança para ilustrar toda a dramaticidade da música do compositor argentino. O resultado é um vídeo cheio de vida, inspiração e que abre os olhos para novas perspectivas.

“Essa troca de experiências entre as instituições é um intercâmbio rico e complementar, que trouxe traduções interpretativas diferentes e cheias de personalidade. Um encontro fértil entre partes distintas, que demonstra com clareza que a união, por meio do fomento cultural, acelera o desenvolvimento artístico, humanístico e, consequentemente, o social. E toda jornada tende a ser mais prazerosa em boa companhia”, destacou o Maestro Rodrigo Toffolo.

Com patrocínio da Vale, a Orquestra Ouro Preto atua, por meio do Programa Vale Música, na formação musical de crianças e adolescentes nos estados do Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Pará. A Cia. de Dança do Pantanal é um projeto do Instituto Moinho Cultural que atua com crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade e risco social, tendo já beneficiado mais de 20 mil pessoas.

 

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana