conecte-se conosco



Cuiabá

Ex-presidente da Câmara recebeu diárias indevidas

Publicado

em

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso manteve o apontamento de irregularidade na Representação de Natureza Interna que detectou recebimento indevido de diárias pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Nova Xavantina, vereador Ney Weliton do Nascimento. No entanto, acompanhando o voto do relator do processo nº 374750/2017, conselheiro interino Moises Maciel, a referida câmara excluiu penalidade de multa, em razão de Nascimento estar cumprindo Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público Estadual, que prevê a devolução dos recursos recebidos irregularmente.

O ex-presidente do Legislativo de Nova Xavantina descumpriu a Lei Municipal 1698/2013, que criou verba indenizatória de R$ 2 mil para vereadores e de R$ 3 mil para o presidente da Câmara, para custeio da despesas com locomoção do parlamentar, passagens, hospedagem, combustível e lubrificantes, alimentação e manutenção do veículo nas atividades externas, para compensar o não recebimento de diárias.

Contudo, atendendo a determinação da Promotoria de Justiça de Nova Xavantina, o ex-presidente da Câmara firmou Termo de Ajustamento de Conduta (nº 16691/2018), no valor de R$ 45.367,00, divididos em 46 parcelas, sendo uma de R$ 367,00 e 45 de R$ 1 mil, todas depositadas na conta bancária: agência 1322-6, conta-corrente 15.406-7 – PMNX- reserva – Banco do Brasil. O MPE encaminhou ao TCE um e-mail confirmando que o ex-gestor está cumprindo o TAC.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Diego Guimarães vai concorrer à presidência da Câmara Municipal

Publicado

em

Diego Guimarães (Cidadania) que foi o vereador mais votado da Capital e principal apoiador de Abílio Júnior (Pode) e Felipe Wellaton (Cidadania) disse que vai buscar a presidência da Casa para garantir a independência do Legislativo municipal.

De acordo com ele, a renovação na Câmara e a votação expressiva de Abílio foi um recado do eleitor aos vereadores eleitos, de que a Câmara precisa ser independente e com isso mudar a imagem ruim que passa para a população.

“Antes estávamos focados na eleição do Abílio, não planejava isso, mas com a vitória do atual prefeito eu coloco meu nome na disputa porque queremos representar os mais de 129 mil votos que Abílio recebeu dos cuiabanos e cuiabanas que não concordam com uma Câmara Municipal que é submissa ao Poder Executivo”, disse o vereador.

O parlamentar explica que deve conversar com todos os colegas, até os da base do prefeito para explicar sobre a importância de um parlamento atuante e que não apenas cumpre ordens da prefeitura. Ele que já concorreu anteriormente e não obteve êxito, uma vez que a oposição era minoria dentro do parlamento, ressalta que a disputa deve ser pautada no fortalecimento e resgate da imagem do Legislativo Municipal.

“Vou procurar cada um dos 24 vereadores para falar sobre essa necessidade de mudar como a Câmara é vista e a necessidade de ter um parlamento verdadeiramente independente. As urnas mostraram que aqueles que conduziram o parlamento nos últimos quatro anos, que fizeram o legislativo submisso foram reprovados. Nossa ideia é compor uma Mesa mais representativa possível com uma proposta de fortalecimento e resgate da imagem da Câmara Municipal”, concluiu o parlamentar.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana