conecte-se conosco



Esportes

Etapa Cuiabá do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra terá briga acirrada pelo título nacional

Publicado

em

O primeiro fim de semana de novembro reserva muita velocidade e emoção em Cuiabá, com a 4ª e última etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra (BRVT), no autódromo Bom Futuro, com entrada gratuita para arquibancada. Para o fechamento do campeonato pelo menos cinco pilotos com chances matemáticas para levar o título deste ano, o que garante uma disputa volta a volta pelo lugar mais alto no pódio.

O piloto mato-grossense, Vanderlei Reck lidera a classificação com 186 pontos, seguido bem de perto pelo tetracampeão brasileiro de BRVT, Celso Mello e o baiano Willian Cancelier, ambos com 182 pontos, um pouco mais distante na briga pelo título vem Adroaldo Weisheimer, com 169 e Lucas Lazzari com 138 pontos.

Além da disputa do título estar em aberto, outro ingrediente que deixará o fim de semana mais atrativo para público que vai prestigiar a competição é o traçado da pista do autódromo Bom Futuro devido as suas características valorizará o piloto mais constante nas duas etapas e saiba cuidar bem do equipamento.

Cada etapa do Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra é composta por duas provas, sendo divididas em duas baterias cada uma, onde são somadas as pontuações para o resultado final da etapa. A programação começa na sexta-feira (01/11) com treinos livres, no sábado (02/11) os treinos de classificação e a primeira prova e finalizando no domingo (03/11), com a prova final do campeonato.

O Autódromo Bom Futuro fica localizado na Avenida florais, s/n no bairro Ribeirão do Lipa. O Campeonato Brasileiro de Velocidade na Terra BRVT conta com o patrocínio da UPL OpenAg e Firestone e a realização da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), BRVT, Federação de Automobilismo do Estado de Mato Grosso (Faemt) e Autódromo Bom Futuro.

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Atletismo: Torneio virtual reúne elite paralímpica do Brasil

Publicado

em

Um exemplo de união e superação no período de isolamento social forçado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19) vem de Santos (SP). No próximo domingo (31), a partir das 11 horas, mais de 40 corredores brasileiros e de outros nove países participam do 1º Troféu Virtual FW Correndo Sobre Rodas, realizado para comemorar os 15 anos da equipe Fast Wheels, uma das mais vitoriosas do paradesporto nacional. As categorias serão elite (cadeiras de corrida), Handbike (bicicleta de mão) e cadeira de rodas de atividade da vida diária (AVD). Totalmente virtual, a competição será disputada pela plataforma de videoconferência Zoom com transmissão pelo perfil do Facebook da própria Fast Wheels.

Segundos os organizadores, com os atletas em locais diferentes, as cadeiras serão colocadas em esteiras adaptadas, nas quais as rodas giram sobre um rolo simulando a rodagem no solo. O evento será participativo, ou seja, sem a definição de campeões, pois não é possível aferir os sensores e rolos. A distância percorrida será de 10 km.

As duas melhores paratletas brasileiras da modalidade estão garantidas. Uma delas é a santista Vanessa Cristina, recordista brasileira na maratona (com a marca de 1h39min46s, obtida em fevereiro em Sevilha, Espanha). “A Fast Wheels é minha equipe. E fazer parte dessa história é algo especial. Estou fazendo o trabalho físico em casa. E, quando fiquei sabendo dessa prova, não perdi tempo. Já corri outras provas virtuais nesse período. A experiência é boa”, declarou a atleta da classe T54, para cadeirantes. A outra é a catarinense Aline Rocha, também da classe T54. “Estamos conseguindo fazer um excelente trabalho nessa pandemia. Mesmo estando dentro de casa estamos bem organizados. Essa prova vai ser boa para termos um parâmetro daquilo que estamos fazendo”, comentou a atleta, que esteve nos Jogos Rio 2016 em três provas.

Outro destaque brasileiro é Ariosvaldo Silva, conhecido como Parré. “Faço o trabalho de pista no CIEF [Centro Integrado de Educação Física] em Brasília. E, como lá é uma escola, está tudo fechado. Venho tentando fazer alguma coisa de esteira em casa. E um pouco de academia aqui em Planaltina [DF], onde moro. Mas está difícil. Sempre que tem alguma chance de estar se movimentando, temos que aproveitar”, disse o tetracampeão parapan-americano da classe T53.

Entre os estrangeiros, o destaque é o americano Daniel Romanchuk, campeão e recordista mundial nas prova dos 5 mil metros em pista, além de vencedor das Maratonas de Boston, Nova York , Chicago e Londres.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana