conecte-se conosco



Polícia

Estelionatário usa foto de policial civil para aplicar golpes em sites de venda da Internet

Publicado

em

A Polícia Civil de Mato Grosso alerta sobre golpes de estelionato aplicados através de site de compra e venda na internet, em que o suspeito se passa por um policial civil para ganhar a confiança e obter vantagem ilícita da vítima.

Os golpes são aplicados em negociações de compra/venda de veículos e outros produtos adquiridos pelo site OLX.  Para aplicar o golpe, o suspeito usa um perfil falso, com a fotografia do policial, se passando pelo servidor público, que também é vítima do estelionatário.

O golpista utiliza um número de telefone de Mato Grosso, porém, a conta utilizada para depósito do dinheiro adquirido nos golpes é de uma agência bancária de Minas Gerais.

Qualquer dúvida durante uma transação comercial, a orientação é que a vítima denuncie através do número 197 ou procure uma unidade da Polícia Civil.

 

Da Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

GAp prende homem com arma de fogo e descobre dois mandados de prisão em aberto

Publicado

em

Em Peixoto de Azevedo (691 km de Cuiabá), policiais do Grupo de Apoio (GAp) do 22º Batalhão de Polícia Militar prenderam um homem de 46 anos por porte ilegal de arma. Ele levava na cintura um revólver calibre 38 com seis munições intactas.

A abordagem dele, ocorrida no estacionamento de um posto de combustíveis da principal avenida da cidade, a Lions Internacional, levou a descoberta de dois mandados de prisão em aberto. Ou seja, esse suspeito estava sendo procurado pela Justiça e tinha duas prisões decretadas conta ele.

Os dois mandados foram confirmados por meio do Banco Nacional de Mandados de Prisão(BNMP), órgão do Conselho Nacional de Justiça(CNJ), todavia os policiais não descobriram quais os crimes que levaram aos decretos de prisão. Em Peixoto de Azevedo, conforme narrativa da equipe do GAp, esse suspeito tem diversas passagens criminais.

O preso e a arma que portava foram entregues no plantão da Delegacia da Polícia Judiciária para demais providências, entre as quais a atuação em flagrante por ilegal de arma de fogo.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, pelo 190 ou, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana