conecte-se conosco



Cuiabá

Emanuel propõe linha de financiamento para recuperar economia local

Publicado

em

Dando continuidade às reuniões virtuais com os candidatos a prefeito, a Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) conversou na noite desta terça-feira (26.10) com Emanuel Pinheiro (MDB), atual prefeito e candidato à reeleição. O encontro debateu assuntos de interesse do comércio e serviços e da sociedade cuiabana.

“Esse espaço tem o propósito de ser um ambiente agradável para que o candidato apresente soluções e propostas para gerir Cuiabá nos próximos anos. Também queremos ouvir o que eles têm a dizer aos empresários sobre o futuro da Capital”, reiterou o presidente da entidade, Jonas Alves.

Emanuel respondeu indagações dos diretores da entidade sobre a economia local, saúde, comércio informal, mobilidade urbana, situação de moradores de rua, eventuais parcerias público privadas, dentre outros assuntos, e apresentou novas propostas, caso seja reeleito.

Respondendo ao diretor da ACC, Osvaldo Martinello, ele destacou que para a recuperação da economia na pós-pandemia, muito prejudicada no período, pretende lançar uma linha de financiamento para as micro, pequenas e médias empresas que acabaram fechando as portas na crise.

“Para a reestruturação econômica, nossa proposta é isentar o IPTU e o alvará dessas empresas que fecharam e lançar o Qualifica Comércio para atendentes, balconistas, vendedores e aqueles que trabalham no setor do comércio e também para a qualificação de jovens que serão inseridos no mercado de trabalho. Também vamos lançar uma linha de crédito de até R$ 35 milhões para micro, pequenas e médias empresas”, completou.

O atual prefeito ainda respondeu que durante a pandemia manteve o diálogo com os comerciantes e redigiu decretos com apoio das entidades de classe, ao ser questionado pelo diretor Manuel Gomes. “Muitas das decisões foram tomadas em conjunto com as instituições. Durante a pandemia, fiquei entre a cruz e a espada, mas tínhamos que tomar decisões amparadas pela Organização Mundial da Saúde e se não tomássemos, os estragos poderiam ter sido maiores”, justificou.

Emanuel explicou ainda sobre a situação dos moradores de rua da Capital, uma das indagações do presidente Jonas Alves. “Para minimizar essa situação, fortalecemos os tratamentos médicos para que eles tenham a dignidade de ser atendidos, abrimos discussões com o MPE e durante a pandemia alugamos hotel para tirá-los das ruas”, contou o candidato à reeleição. “Existem vários problemas, a legislação diz ainda que eles têm que ser socializados onde estão inseridos”, completou.

A reunião por videoconferência, mediada pela jornalista e assessora de imprensa da entidade Luciane Mildenberger, foi transmitida pelo Facebook/ACCuiaba e contou ainda com participação do público e internautas. Antes de Emanuel, a Associação Comercial de Cuiabá já se reuniu com os candidatos Gisela Simona (PROS), Roberto França (Patriota), Julier Sebastião (PT) e Abílio Júnior (Podemos).

Participaram do evento o vice-presidente da ACC, Edson Luiz Ribeiro da Silva, os diretores Mariza Bazo, Osvaldo Martinello, Valdemir Canevari, Manuel Gomes, Raul Homem M. de Carvalho, Roque Edu Alves Silva, Roberto Peron e Arnaldo Felício, além da gerente da ACC, Samanta Fernandes, da executiva da Facmat, Rita Matos e a assessora de Marketing, Mariana Pirani.

Da Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Repórter do Cadeia Neles registra BO contra colega após ameaça

Publicado

em

O repórter Franciel Almeida da TV Vila Real e o colega Giovane Júnior do SBT, se desentenderam durante uma pauta, na noite desta quinta-feira (04).

Profissionais de emissoras renomadas na capital, se desentenderam e um boletim de ocorrência foi registrado.
Franciel acusa Giovane de ameaça, injúria e difamação. Repórter da Vila Real, ele diz ter sido ameaçado e agredido pelo colega de profissão.
Ambos foram conduzidos para Central de Flagrantes após se desentenderem.
A confusão começou quando Giovane, chegou para uma reportagem e não gostou da forma como Franciel olhava e apontava para o veículo da TV.

Em seguida as ameaças verbais e palavrões foram desferidos, tudo foi testemunhado pelo Tenente Marcos de Melo.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana