conecte-se conosco



Várzea Grande

Educação divulga calendário de matrícula e rematrícula para a rede pública de Várzea Grande

Publicado

em

A Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer, através da Gerência de Legislação e Normas reuniu na quinta-feira, 5, no auditório do Anexo I da SMECEL, profissionais gestores dos Centros Municipais de Educação Infantil – CMEI, para repassar as orientações sobre os processos de rematrícula e matrículas de novos alunos da rede municipal de Ensino de Várzea Grande.

De acordo com a gerente de Legislação e Normas da SMECEL, professora Creonice de Oliveira Barbosa, durante a reunião foram repassadas aos profissionais das unidades de ensino as informações sobre a sistematização dos processos de matrícula e rematrícula para o ano letivo de 2020.

O período de rematrícula para os alunos que já frequentam as escolas da rede municipal será entre os dias 11 a 13 de dezembro. A rematrícula não poderá ser feita automaticamente, os profissionais deverão fixar cartazes na escola em local visível, informando as datas e entrar em contato com pais ou responsáveis para o comparecimento na escola. “O pai de aluno que perder a rematrícula não terá a vaga assegurada, poderá fazer no período da matrícula para alunos novos, isto é, concorrerá a vaga”, explicou.

A data de matrículas para novos alunos ficou estabelecida de 13 a 15 de janeiro de 2020. Creonice explica que no dia 13, a partir das 7h serão distribuídas as senhas para a efetivação da matrícula de acordo com o número de vagas disponíveis.

A mudança que ocorre no processo da rematrículas para o próximo ano letivo ficou por conta do cadastro de reserva. Antes o cadastro reserva era feito no mesmo dia da matrícula, o que ocasionava tumulto. Para 2020, os pais que não conseguirem efetivar a rematrícula de seus filhos deverão retornar na escola no dia 15 de janeiro para preencher o cadastro de reserva. Segundo a gerente, o preenchimento do cadastro não significa que a vaga estará garantida. “A escola vai chamar os alunos de acordo com a abertura de vagas conforme elas forem ocorrendo por conta de desistência ou por transferências de alunos já matriculados”, informou.

Segundo o secretário Silvio Fidelis, a procura por novas vagas na rede municipal de Várzea Grande deverá continuar em alta para o próximo ano letivo por conta da melhoria tanto nas estruturas das escolas municipais como também na elevação do nível do ensino/aprendizagem e os avanços alcançados pelas práticas pedagógicas, aliada a múltiplas atividades desenvolvidas pelos alunos dentro e fora da sala de aula. “Nossos esforços para promover uma educação de alto nível tem apresentado resultados positivos comprovados pelo aumento expressivo da demanda por vagas para novos alunos a cada ano”, declarou.

Por: Fred Nogueira 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Prefeitura entrega reforma da unidade de estratégia de saúde da família

Publicado

em

O atendimento preventivo à saúde ganhou mais um reforço em Várzea Grande. Na manhã de hoje (20), a prefeita Lucimar Sacre de Campos e o secretário de Saúde, Diógenes Marcondes, entregaram as obras de reforma geral das novas instalações da Estratégia Saúde da Família (ESF), ‘Maria Galdina da Silva’, localizada no bairro Vila Arthur. A unidade atende a uma microrregião de 12 mil pessoas, sendo cerca de 3,5 mil famílias.

Em 2019 a Saúde Pública Municipal executou 29 obras entre grandes, médias e pequenas intervenções, tudo para melhorar a estrutura de atendimento à população. Com mais de R$ 7,6 milhões em investimentos e mais o concurso público realizado que elevou o número de profissionais na área de saúde, o Município avançou na atenção básica que se resume no primeiro atendimento aonde são solucionados em média 90% dos problemas daqueles que procurar o Sistema Único de Saúde – SUS.

Para a moradora Maria Rosa Vieira, 68 anos, o reforço no atendimento de saúde primário têm feito muita diferença no controle de sua diabetes. “A gente sabe que não tem cura (a diabetes), somos obrigados a aprender a viver com ela e com toda a atenção do doutor Arthur Canavarros, que é o nosso médico da família, consigo viver com qualidade. Ter atendimento perto de casa ajuda muito no tratamento”.

A ESF, antiga unidade do PSF, tem como objetivo promover a qualidade de vida da população e intervir nos fatores que colocam a saúde em risco, como falta de atividade física, má alimentação e o uso de tabaco. Com atenção integral e contínua, a ESF se fortalece como uma porta de entrada do Sistema Único de Saúde (SUS). Como destacou a prefeita, o reforço na Atenção Primária de Várzea Grande, não apenas com novas estruturas e profissionais, mas com suprimentos e insumos, “tem reduzido de forma considerável as filas por atendimento mais complexo nas unidades de urgência e emergência, como nas UPAS e no Hospital Pronto-Socorro. Esse trabalho preventivo com resolutividade é que faz a diferença no dia-a-dia da nossa população”.

A prefeita fez questão de dizer ainda que a resolutividade é resultado de um tripé: estrutura/pessoal/insumos. “Temos filas no SUS? Sim, temos. E temos por que aqui em Várzea Grande o Sistema Único de Saúde funciona de portas abertas e sem cobrar nada, totalmente gratuito. Atende a todos. Atende quem mora em Várzea Grande, quem mora na Baixada e quem mora no Estado e até fora dele. E quem precisa da nossa saúde recebe atendimento do começo ao fim, é medicado, faz exames em aparelhos de última geração e em casos de consultas de rotina, tem remédios na farmácia à disposição. Não é fácil manter uma estrutura dessas, pois quanto mais eficientes somos, maiores demandas surgem”.

A saúde municipal, como fez questão de lembrar a prefeita, fechou o exercício 2019, conforme dados avalizados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), aplicando mais de R$ 79,76 milhões de sua receita própria na Pasta. As cifras representam em valores absolutos mais de R$ 34 milhões se considerados os percentuais constitucionais que exigem um mínimo de 15% da receita própria em investimentos em saúde. No exercício 2019, Várzea Grande superou o preconizado pela Constituição, e atingiu 26,16% dos recursos próprios voltados à saúde.

“Para este primeiro semestre ainda, outras três unidades de saúde serão entregues à população em todas as regiões da cidade. Uma no Manaíra, outra na Passagem da Conceição, mais uma na Manga e outra na comunidade do Limpo Grande”, completou a prefeita.

O secretário Diógenes lembrou que foram dois meses de obras na unidade do Vila Arthur e que durante este período toda a comunidade foi atendida na unidade do Jardim Glória. “Temos uma estrutura funcional resolutiva atualmente, graças a um corpo clínico e profissional engajado e motivado, por isso bons resultados estão sendo contabilizados. Nessa engrenagem todos dão sua cota de dedicação, do mais humilde servidor, passando pelos profissionais da enfermagem e da medicina, tudo para atender à população”.

Representando a Câmara de Vereadores, o vereador Cleyton Nassarden Guerra (Sardinha), disse que o atendimento público de saúde é um dos diferenciais entre os serviços prestados pelo Município. “Os investimentos ocorrem a olhos vistos, obras, equipamentos novos, distribuição de medicamentos e materiais nas unidades. Isso traz dignidade à população e resgata a credibilidade do serviço público”, ponderou o parlamentar.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana