conecte-se conosco



destaque

Dupla armada invade hotel no centro de Cuiabá

Publicado

em

Bandidos armados invadiram um hotel na região central de Cuiabá, por volta da 1h40 deste sábado (15), renderam o recepcionista e invadiram o quarto de um dos hóspedes. Eles fugiram com cheques, celulares e joias.

 

De acordo com as informações, um homem chegou ao hotel pedindo por um quarto. O recepcionista fazia o atendimento quando outro homem entrou e juntos anunciaram o roubo.

Eles tomaram o celular do rapaz e ordenaram que o trabalhador os levasse até o quarto do hóspede identificado como Fernando.

Já a outra vítima relatou que estava dormindo quando acordou com alguém batendo em sua porta, dizendo que era da polícia, apesar de não abrir a porta, os bandidos conseguiram arrombar.

 

Por Gazeta Digital

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

destaque

Cães farejadores começam a ser testados para detectar pessoas com coronavírus pelo cheiro

Publicado

em

Foto Divulgação

Cães farejadores já são capazes de detectar odores de pessoas com algumas doenças, como certos tipos de câncer, malária e doença de Parkinson.

Agora, eles foram treinados para detectar pessoas com covid-19 pela instituição de caridade Medical Detection Dogs (Cães de Detecção Médica, em inglês) e começaram a ser testados contra o coronavírus.

A primeira fase dos testes, que estão sendo feitos no Reino Unido, também tem a participação da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres e da Universidade de Durham. O projeto também recebe financiamento do governo britânico.

O ministro da Inovação, Lord Bethell, disse esperar que os cães possam fornecer “resultados rápidos” como parte da estratégia mais ampla de testes do governo.

O teste vai verificar se os cães farejadores — labradores e cocker spaniels — podem detectar o vírus em humanos a partir de amostras de odor antes que os sintomas apareçam.

Ele estabelecerá se os chamados cães de bio-detecção, que podem rastrear até 250 pessoas por hora, podem ser usados ​​como uma nova medida de alerta precoce para detectar a covid-19 no futuro.

A primeira fase envolverá a equipe do NHS (o sistema público de saúde do Reino Unido) nos hospitais de Londres coletando amostras de odores dos infectados com coronavírus e dos que não foram infectados. As amostras de hálito e odor corporal podem vir de várias fontes, incluindo máscaras faciais usadas.

 

Por BBC News

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana