conecte-se conosco



Variedades

Detran aumenta em 1.658% o número de veículos leiloados e recicla mais de 11 mil

Publicado

em

Com foco na limpeza dos pátios e na preservação da saúde pública e do meio ambiente, o Governo do Estado, através do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), aumentou em 1.658% o número de veículos leiloados em 2019 em relação ao ano de 2018. Foram seis leilões e 4.694 veículos leiloados, superando o ano passado, quando foram leiloados 283 veículos e realizado apenas um leilão.

Os seis leilões aconteceram de janeiro a novembro deste ano limpando os pátios de 45 municípios, com a arrecadação líquida para o Estado de R$ 8,6 milhões. Entre os veículos arrematados estavam motocicletas, automóveis, caminhonetes e ciclomotores.

O leilão é a regra para a venda de automóveis com direito a documentação, referentes aos veículos retidos em ações de fiscalização e abandonados pelos proprietários nos pátios da autarquia em todo Estado, por mais de 60 dias, conforme Resolução nº 623/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) e Lei nº 13.160, de 25 de agosto de 2015.

Paralelo ao leilão, outra medida para a limpeza dos pátios da autarquia é a reciclagem dos veículos inservíveis, que não estão aptos a voltar a circular pelas vias públicas.

Em 2019 foram reciclados 11.267 veículos em 61 municípios de Mato Grosso. Em 2018 o Detran-MT reciclou em torno de 10 mil veículos.

“Este ano mantivemos a média de veículos reciclados, como um serviço continuado da autarquia com vistas a permanência da limpeza dos pátios”, disse o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Somente na sede do Detran-MT, em Cuiabá, foram reciclados e leiloados 100% dos veículos, totalizando 1.236 automóveis e motocicletas que, durante anos, se acumularam nos pátios da autarquia.

Com a limpeza do primeiro pátio, que fica próximo ao bloco das diretorias de Veículos e Habilitação, já estão disponíveis 51 vagas a mais de estacionamento, aumentando de 260 para 311 a quantidade de vagas na sede do Detran.

“Com essas ações, além de limparmos os pátios, colaboramos para a preservação do meio ambiente e da saúde pública, eliminando prováveis criadouros de insetos”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

Redação

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Variedades

Câmara pode votar nesta quarta resolução sobre prisão em flagrante de deputados

Publicado

em

As regras sobre prisão em flagrante de parlamentares são o primeiro assunto na pauta da sessão do Plenário prevista para as 13h55 desta quarta-feira (24). Os deputados podem votar o requerimento de urgência para o Projeto de Resolução (PRC) 12/21, da deputada Soraya Santos (PL-RJ), que altera a apreciação da prisão em flagrante de crime inafiançável.

A revisão dos procedimentos relativos à manutenção da prisão em flagrante de deputados foi anunciada pelo presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), na sessão que confirmou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL-RJ).

De acordo com o PRC 12/21, após a prisão em flagrante do parlamentar por crime inafiançável ele será encaminhado à Câmara, permanecendo sob a custódia da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) até que o Plenário decida sobre a manutenção da prisão. A proposta prevê ainda que a CCJC se reúna imediatamente para proferir parecer prévio a respeito da manutenção da prisão. Em seguida, o Plenário delibera, exigindo-se, para a manutenção da prisão, o voto da maioria absoluta dos Deputados.

Outro pedido de urgência que pode ser votado trata do Projeto de Lei 558/21, da deputada Celina Leão (PP-DF), que estabelece que o relator do inquérito não poderá atuar como relator da instrução em processos de competência originária de tribunais.

A pauta inclui ainda a discussão de uma proposta de emenda à Constituição para dispor sobre as prerrogativas parlamentares. De autoria do deputado Celso Sabino (PSDB-PA), o texto ainda não foi apresentado formalmente.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana