conecte-se conosco



Cuiabá

Cuiabá empossa 60 conselheiros tutelares

Publicado

em

Vocês conselheiros tutelares terão que ter o dom ou aprender a ter, para lidar com crianças e adolescentes que se encontram em vulnerabilidade, essa é uma tarefa árdua, mas com certeza uma das mais gratificantes”, observou o procurador-geral do Município, Marcus Brito, na noite desta quinta-feira (9), quando deu posse para os 60 novos conselheiros tutelares.

Nesse novo quadriênio (2020/2023), os 30 conselheiros titulares e 30 suplentes vão atuar nos Conselhos dos bairros Planalto, CPA, Coxipó, Cidade Alta, Pedra 90 e Centro, com mandato até 2023. Dentre outras funções, eles vão auxiliar o Município na condução da rede de proteção das crianças e adolescentes de Cuiabá.

A secretária-adjunta de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Hellen Janayna Ferreira de Jesus, ressaltou a parceria que existe entre a Secretaria e os conselheiros tutelares e pontuou sobre a primeira capacitação que aconteceu nos dias 8 e 9 de janeiro. “Estamos à disposição para o diálogo, para construirmos juntos políticas públicas voltadas para as nossas crianças e adolescentes. O trabalho é feito em conjunto, por isso a nossa preocupação em qualificarmos e fazermos o acompanhamento destes profissionais para que eles atuem de forma séria até o fim do mandato”, afirma.

Os novos conselheiros deverão garantir os direitos e deveres relativos às crianças e adolescentes da Capital, para que sejam preservados e pautados de acordo com o Estatuto da Criança e Adolescente, o ECA.

Segundo a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Marildete Maciel de Melo, um dos principais pontos é estar atento e atuante para não permitir que essas crianças sejam expostas a riscos, tenham lesões que possam acarretar sequelas para toda vida.

A eleição aconteceu no dia 6 de outubro de 2019, todo processo de eleição dos novos conselheiros foi realizado pela Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, juntamente com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente e fiscalizado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, pela 19ª Promotoria da Infância e da Juventude.

Oniel Carlos de Brito, foi o mais votado entre todos os conselheiros que participaram do pleito, para ele a responsabilidade em exercer este trabalho é ainda maior já que 552 pessoas deram este voto de confiança. “Espero trabalhar em parceria com a comunidade e estar à disposição para ajudar crianças e adolescentes que estão passando por algum tipo de abuso”, afirma.

Pela terceira vez Wagner Vinícius Lima foi eleito como conselheiro tutelar, ele explica que ser conselheiro tutelar é gratificante, pois dá a oportunidade de zelar, proteger e lutar pelos direitos da criança e do adolescente.

Para o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro, ser conselheiro tutelar é uma missão. “O conselheiro tutelar tem que conviver com crianças e adolescentes que geralmente estão enfrentando dificuldades muito grandes na vida. É importante ter o olhar humanizado para cada caso e essas pessoas aqui possuem esse dom. Parabéns aos eleitos e que Deus possa orientar os passos de cada um de vocês”, finalizou.

Participaram da posse o presidente da Câmara de vereadores, Misael Galvão, os vereadores, Adevair Cabral, Mário Nadaf, Orivaldo da Farmácia, Marcos Veloso, o secretário de Governo, Lincoln Sardinha, secretária de Gestão Ozenira Félix, secretária de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento, Débora Marques, entre outras autoridades.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Sintep/MT e Fórum Sindical realizam carreata contra a votação da Reforma da Previdência

Publicado

em

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) junto com o Fórum Sindical realizam nesta quarta-feira (12.08) uma nova carreata no Centro Político Administrativo (CPA) da Capital. A concentração será a partir das 7h30, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), onde será colocada para votação a Reforma da Previdência de Mauro Mendes, ou o Projeto de Emenda Constitucional (PEC) nº 06.

Com o lema “Deputados se o governo não abrir a negociação, votem não”, o Fórum Sindical (composto por mais de 30 sindicatos e associações) pressiona os parlamentares de Mato Grosso a revogarem a PEC nº 06, ou PEC da Morte.

O projeto do governo, que até então tem a maioria dos parlamentares apoiando, irá fazer com que os servidores trabalhem mais tempo, ampliando a idade mínima para a aposentadoria. Desconta contribuições maiores, para na aposentadoria receberem menos. Será o fim da integralidade e paridade dos salários com os trabalhadores da ativa. Além de todos as perdas citadas, soma-se o confisco de 14%, conforme a Lei 654/2020, sobre aposentadorias acima de R$ 3.001,00.

Para o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira, a luta é para conseguir que o número de votos parlamentares favoráveis, seja revertida a favor dos servidores e que esses deputados, em maioria, rejeitem a PEC nº 06. “É injustificável essa medida, já que não existem provas de que a Previdência de MT é deficitária”, destaca.

O Sintep/MT reforça a participação dos servidores públicos do estado para continuarem pressionando os deputados a respeitarem os direitos à aposentadoria. “É importante que todos colaborem enviando mensagens para os parlamentares pelas redes sociais, pressionem cada representante de sua região e, também os vereadores e candidatos apoiados pelos deputados. Temos que lembra-los que o maior combate será feito nas urnas, nas próximas eleições”, concluiu.

Serviço

O quê – Carreata contra a Reforma da Previdência, em tramitação na ALMT

Onde – concentração na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (Centro Político de Administrativo de MT)

Quando – 12/08/2020 – a partir das 7h30

Assessoria/Sintep-MT

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana