conecte-se conosco



Polícia

CRIME AMBIENTAL – Madeira totalmente proibida para corte é apreendida por fiscais do Indea em Cuiabá

Publicado

em

Fiscais do Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea) em conjunto com servidores da Secretária de Fazenda, apreenderam na tarde desta segunda-feira (09.12), uma quantidade considerável de corte totalmente proibido em território nacional. Trata-se da Swietenia macrophylla, mais conhecida popularmente por mogno.

De acordo com os fiscais que detectaram o transporte ilegal, a prancha de mogno estava escondida no meio da carga transportada, porém, através do trabalho minucioso dos profissionais do Indea a irregularidade foi constatada.

A apreensão ocorreu no Posto de Identificação de Madeira de Cuiabá, localizado na Br 163. A carga era proveniente da cidade de Sinop com destino ao Estado do Paraná.
“Essa espécie de madeira é totalmente proibida para corte, inclusive consta em uma normativa do Ibama. É complicado vermos que ainda tem madeireiros que insistem em infringir a lei visando lucros. Felizmente nós temos uma equipe de profissionais sérios, éticos e preparados para esse tipo de trabalho no Indea, e que buscam barrar esse tipo de crime ambiental”, comentou a presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap), Rosimeire Ritter.

A presidente do Sintap/MT também ressaltou a importância do trabalho em parceria com outros órgãos como PRF, Sema, Sefaz, Polícia Ambiental e Ibama. “O trabalho dos nossos servidores é essencial para se combater essa prática aqui em Mato Grosso e somando esforços com esses outros órgãos o trabalho fica ainda mais eficaz”, afirmou ela.

De acordo com o responsável pela equipe de fiscais, Jean Carlo Boaventura, após os procedimentos realizados no Posto de Identificação de Madeira, a carga foi encaminhada para a Delegacia Especializada em Crimes Ambientais (DEMA).
Por Assessoria

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Polícia

PM prende cinco motoristas por embriaguez, quatro deles depois de provocarem acidentes

Publicado

em

Cinco motoristas foram presos pela Polícia Militar nas cidades de Rondonópolis, Cuiabá e Pontes e Lacerda por embriaguez ao volante, três deles depois de provocarem acidentes de trânsito. As prisões ocorreram no final de semana, entre a noite de sexta-feira (18.01) e o domingo (19).

Em Rondonópolis (212 km de Cuiabá), foi preso um homem de 53 anos que dirigia embriagado. Ele é o principal suspeito do atropelamento de uma pessoa. A ação ocorreu na noite de sábado, por voltas das 20h30, no bairro Padre Lothar.

O suspeito dirigia um Ford Fiesta que trafegava em ziguezague quando a guarnição do 5º Batalhão da PM o flagrou. O veículo estava danificado, com o pára-choque e o retrovisor danificados. Havia a suspeita de esse carro ter se envolvido em acidente, o que foi confirmado pela entrada de uma vítima de atropelamento na UPA. O local e as características do carro do atropelado são similares as do veículo do motorista detido.

Na madrugada de domingo, por volta das 2h30, no bairro Portal das Águas, também em Rondonópolis, ocorreu a detenção de uma mulher de 23 anos. Ela foi conduzida à delegacia depois que o carro que diria chocou-se em um poste da rede elétrica. Conforme narrativa dos policiais, a suspeita estava embriagada, não tem careteira de habilitação e se negou a fazer o teste de alcoolemia. Ela sofreu ferimentos leves.

Em Cuiabá, na madrugada de sábado, 1h, policias da 4ª Cia da PM do Araés prenderam um rapaz que conduzia uma caminhonete Hilux. Ele estaria embriagado e a perceber que seria abordado saiu em alta velocidade pela Avenida Miguel Sutil, sendo alcançado e detido no Jardim Cuiabá. A PM havia recebido informações de que minutos antes o mesmo veículo já havia provado acidente e fugido da Avenida Getúlio Vargas, área central. Nessa colisão não houve vítima, somente com danos materiais.

Já em Pontes e Lacerda (448 km de Cuiabá), na noite de sábado (18), as 21h30, um motoqueiro que estaria pilotando em visível estado de embriaguez e trafegando na contramão acabou detido por uma equipe do 18º Batalhão da PM. Isso ocorreu depois que chocou a moto na parede de vidro do um estabelecimento comercial. Ele perdeu o controle do veículo ao passar por uma lombada. Além de não ser habilitado, o motoqueiro não aceitou o teste de alcoolemia e ainda tentou resistir à prisão.

Na noite anterior, outra equipe da mesma unidade militar já havia detido um homem que dirigia uma caminhonete que ficou presa sobre um bloco de concreto do canteiro central de uma das principais avenidas da cidade. O homem estaria embriagado, tentou cruzar o canteiro com o veículo, porém não conseguiu.

Em todos os casos os policiais o conduziram os motorista para plantões de delegacias da Polícia Civil, como determinada a legislação.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana