conecte-se conosco



Cidades

Conselho fiscaliza mais de 1.300 obras em Mato Grosso

Publicado

em

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Mato Grosso (CAU/MT) realizou no ano de 2018 a fiscalização in loco em mais de 1.300 obras em 51 municípios pelo estado. As ações fazem parte do “Projeto CAU na Estrada” que tem por objetivo fiscalizar o exercício da profissional visando a segurança da sociedade.
“As fiscalizações contribuem para valorização da profissão e colaboram na garantia – à sociedade – de serviços de arquitetura e urbanismo de qualidade, com as condições de segurança e bem-estar à altura de suas necessidades, a serem prestados por profissionais habilitados com a devida formação acadêmica e qualificação técnica, em conformidade com as legislações vigentes”, explica a coordenadora Técnica do CAU/MT, Thatielle Badini.
Os municípios visitados em 2018 foram: Água Boa, Alta Floresta, Apianças, Araputanga, Aripuanã, Barra do Bugres, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Campinápolis, Campo Novo do Parecis, Canarana, Castanheira, Colíder, Colniza, Comodoro, Confresa, Carlinda, Diamantino, Guarantã do Norte, Jangada, Jauru, Juara, Juruena, Lucas do Rio Verde, Matupá, Mirassol D’Oeste, Nobres, Nova Canaã do Norte, Nova Mutum, Nova Olímpia, Nova Xavantina, Paranaíta, Peixoto de Azevedo, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Querência, Ribeirão Cascalheira, Rosário Oeste, Santa Terezinha São Félix do Araguaia, São José do Rio Claro, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Tapurah, Terra Novo do Norte e Vila Rica
Além da fiscalização, o projeto atuou na gestão junto aos Poderes Executivo e Legislativo municipal, com ações de orientações em 30 prefeituras do Estado. Os esclarecimentos foram voltados para as atribuições privativas dos arquitetos e urbanistas; assim como orientações quanto ao registro do setor de análise de projetos da Prefeitura no CAU, e outras resoluções vigentes.
Em 2018 foram apuradas 86 denúncias encaminhadas por fontes externas e outras 74 irregularidades levantadas por meio de investigações interna. Qualquer pessoa pode registrar uma irregularidade junto ao Conselho. Acesse o site do CAU/MT (www.caumt.gov.br) e clique no menu “Serviços Online”, e “Denúncia”, você será redirecionada para uma nova página com um formulário. Anexe à denúncia os documentos que fundamentam a solicitação para análise.
Em 2019 o projeto CAU na Estrada terá continuidade, com previsão de visitar no 1º semestre aproximadamente 30 municípios. Além disso, irá intensificar as ações de fiscalização em condomínios verticais e horizontais, com foco na área de arquitetura de interiores, promovendo ações educativas e preventivas com intuito de coibir o exercício ilegal da profissão.

Comunicação CAU/MT

Cidades

Começa hoje pagamento do Bolsa Família

Publicado

em

Começa hoje (20) o pagamento de janeiro do Bolsa Família para os beneficiários cujo Número de Identificação Social (NIS) termina em 1. O número vem impresso no cartão do programa. Quem tem cartão com final 2 pode sacar o benefício no segundo dia de pagamento, e assim por diante, até o dia 31.

Em fevereiro, os primeiros pagamentos serão feitos no dia 12 e seguem até 28. De acordo com o Ministério da Cidadania, serão repassados R$ 2,5 bilhões para mais de 13 milhões de famílias em todo o país. O valor médio do benefício é de R$ 191.

Criado em 2003 como programa de distribuição de renda, o Bolsa Família atende a famílias em situação de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 85 por pessoa, e de pobreza, com renda mensal entre R$ 85,01 e R$ 170.

No caso das famílias pobres, têm acesso ao benefício aquelas com gestantes, crianças e adolescentes entre 0 e 17 anos. Os beneficiários recebem o dinheiro mensalmente e, em contrapartida, cumprem compromissos nas áreas de saúde e educação.

Para fazer parte do programa, o responsável pela família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou um posto de atendimento do Bolsa Família no município. É necessário levar documentos de identificação pessoal, como carteira de identidade ou carteira de motorista e certidão de nascimento de todas as pessoas que vivem na residência.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana