conecte-se conosco



Esportes

Com partidas em 12 ginásios, Manaus recebe etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude

Publicado

em

A segunda etapa regional dos Jogos Escolares da Juventude 2018 vai agitar a capital amazonense a partir desta quarta-feira, dia 19, data do desembarque das delegações. Os 16 torneios classificatórios de basquete, futsal, handebol e vôlei (masculino e feminino, em duas categorias de idade – 12 a 14 e 15 a 17 anos) começam na quinta-feira, dia 20, em 12 ginásios. As semifinais da maior competição estudantil do país, organizada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), acontecem sábado e as finais no domingo. Participam da etapa escolas de oito estados (os sete da região Norte e Mato Grosso) mais o Distrito Federal.

Esse é o primeiro ano em que o COB implementou o novo modelo dos Jogos Escolares, com três etapas classificatórias regionais e uma etapa nacional. Na semana passada, Natal (RN) recebeu a primeira das etapas regionais. Depois de Manaus, a competição segue para Joinville (SC) para a classificatória dos estados do Sul, Sudeste e dois do Centro-oeste (Goiás e Mato Grosso do Sul). Os campeões e vice-campeões de cada torneio regional conquistam a classificação para a etapa nacional dos Jogos Escolares, que acontece entre 12 e 25 de novembro, em Natal (RN), com a participação de todos os estados do país.

– Essa é a primeira vez que a gente está desenvolvendo esse novo formato, bem dinâmico, e esperamos que a competição aqui iguale ou até supere o nível de qualidade do evento de Natal. Além da revelação de talentos para o esporte olímpico brasileiro, o objetivo dos Jogos Escolares da Juventude é contribuir para a inserção social e o fortalecimento da cidadania de todos os jovens participantes, criando oportunidades para os alunos/atletas conhecerem novas cidades e culturas – afirmou o coordenador geral dos Jogos Escolares, André Mattos.

Duas equipes indígenas participarão do evento, ambas no futsal feminino para alunos atletas de 12 a 14 anos. O time do Centro Educacional Fé e Alegria Frei Antônio, da Aldeia Salto, etnia Xerente de Tocantins e outro da etnia Uapixana da comunidade do Ticoça, município de Uiramutã, Roraima – Escola Estadual Indígena Tuxaua Lauro Melquior –, que no ano passado conquistou a medalha de bronze. Tocantins e Roraima irão competir com as 16 equipes em busca da vaga na competição nacional. A delegação de Roraima, inclusive, é a maior de todas, com 171 pessoas.

Rondônia e Pará também terão equipes em todos os torneios. Na delegação paraense, duas equipes se destacam: o time feminino de handebol da Escola Municipal Professora Odizia Correia Farias, de Breves, município do arquipélago de Marajó, e o futsal masculino 12 a 14 anos do Colégio Estadual João Paulo I, da cidade de Bragança, que também estreia na maior competição escolar do país. Já o Distrito Federal terá 13 equipes, uma vez que três delas já estão com o passaporte carimbado para Natal.

Celeiro de talentos para o esporte nacional, os Jogos Escolares vêm a cada ano contribuindo mais e mais com as delegações multiesportivas organizadas pelo COB em competições internacionais. Da delegação composta por 465 atletas do Time Brasil nos Jogos Olímpicos Rio 2016, um total de 52 haviam participado dos Jogos Escolares, entre eles Mayra Aguiar e Sarah Menezes, do judô, Raulzinho, do basquete, Ana Cláudia Lemos, do atletismo, e Hugo Calderano, do tênis de mesa. Até uma medalhista em Jogos Paralímpicos. Bruna Alexandre, também do tênis de mesa – já passou pelos Jogos Escolares da Juventude.

No próximo mês, em Buenos Aires, o Time Brasil será representado por 81 atletas nos Jogos Olímpicos da Juventude. Destes, 33 competiram nos Jogos Escolares entre 59 possíveis em 11 modalidades. No atletismo, por exemplo, que terá 21 atletas, quase 80% passaram pelos Jogos Escolares.

Os Jogos Escolares da Juventude são organizados e realizados pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), correalizados pelo Ministério do Esporte e Grupo Globo, com patrocínio da Coca-Cola e parceria do Governo do Estado do Amazonas.

Etapa regional Norte dos Jogos Escolares da Juventude, ocorrerá em Manaus — Foto: Wander Roberto/Exemplus/COBFonte: Globoesporte

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Esportes

Cruzeiro evita queda na Série B

Publicado

em

Sem chances de retornar à Série A em 2021, o Cruzeiro, pelo menos, livrou-se matematicamente de qualquer possibilidade de rebaixamento na Série B do Campeonato Brasileiro. Nessa quarta-feira (20), a Raposa venceu o Operário-PR por 2 a 1 no Estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 36ª rodada da competição. O tropeço, por sua vez, praticamente tirou o Fantasma da briga por vaga na próxima temporada da primeira divisão nacional.

Os mineiros subiram para o 13º lugar, com 47 pontos, não podendo mais serem alcançados pelo Figueirense, 17º colocado e primeiro time na zona de rebaixamento, que tem 39 pontos e só pode chegar aos 45 pontos. Os paranaenses caíram para a nona posição, com 51 pontos. A duas rodadas do fim da Série B, a equipe de Ponta Grossa (PR) está cinco pontos atrás do CSA, que aparece em quarto e fecha a zona de acesso à próxima Série A.

 

Da Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana