conecte-se conosco



Política MT

Com aval de Avalone, Rogerinho ingressa no PSDB

Publicado

em

O deputado estadual Carlos Avalone abonou a ficha de filiação do vereador Rogério França Martins, o Rogerinho da Dakar, na manhã desta terça-feira (24).

Rogerinho, disputará a reeleição com apoio da cúpula tucana no município, que pretende eleger de três a quatro vereadores no município.

Dakar revelou que foi convidado pelo presidente do diretório municipal, Willian Cardoso e prontamente aceitou o desafio de ingressar na sigla que hoje tem dois representantes no legislativo, os vereadores Miguel Angel e Joaquim Antunes.

“Estou muito feliz e confiante, estar em um partido que trabalha para fortalecer a militância, ao lado de parceiros de longa data, que conhecem a necessidade de cada um dos filiados e procura o crescimento coletivo é fundamental para construir uma base sólida”, declarou.

Segundo o deputado Avalone, o parlamentar terá  o apoio do PSDB, para alavancar o projeto de reeleição e autonomia para tomar decisões conjuntas com a direção na cidade, sobre o rumo que devem seguir em relação a disputa pela sucessão da prefeita Lucimar Campos.

 

 

Foto  por Joacir  luis Site MT de Fato

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Justiça devolve mandato para vereador Jânio Calistro

Publicado

em

O desembargador do Tribunal de Justiça Gilberto Giraldelli revogou a medida cautelar de suspensão e afastamento do exercício do mandato eletivo imposta ao vereador de Várzea Grande. Jânio Calistro (PSD).

 

Em decisão proferida nesta sexta-feira (27), o magistrado disse que ” não sendo evidenciado o nexo causal entre a suposta prática do crime de associação ao tráfico de drogas, que é imputado ao paciente, com o exercício do mandato de Vereador do Município de Várzea Grande/MT, ou que estivesse se aproveitando das suas atribuições no Poder Legislativo Municipal para tumultuar a produção probatória, concluo que a fundamentação despendida pela d. autoridade acoimada de coatora para a aplicação da medida de suspensão/afastamento do exercício da vereança apresenta-se de todo deficiente”, diz trecho da decisão.

 

Calistro ingressou com um habeas corpus contra decisão do Juízo da 3ª Vara Criminal da Comarca de Várzea Grande, que lhe impôs a medida cautelar de suspensão/afastamento do exercício da função pública de vereador municipal. O parlamentar argumentou que o afastamento “carece de fundamentação idônea”, uma vez que afirma que não ficou demonstrado o nexo causal entre o exercício do cargo de vereador e a conduta ilícita pela qual foi denunciado, “haja vista a ausência de circunstâncias fáticas aptas a demonstrar o justo receio da utilização do mandato eletivo para causar desordem social ou tumultos à aplicação da lei penal, ou mesmo à regularidade da instrução criminal”.

 

Ao analisar o caso, o desembargador observou que o Juízo da 3ª Vara aplicou o afastamento a Calistro por entender que as atribuições inerentes lhe trazem um “empoderamento”, em razão do qual pode perpetuar o cometimento de ilícitos. Contudo, Giraldelli destacou que o magistrado “não cuidou de descrever as situações concretas que demonstram o justo receio externado, sendo insuficiente a mera cogitação teórica da possibilidade de sua ocorrência

Fonte: Gazeta Digital

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana