conecte-se conosco



Cuiabá

Cidadão Fiscal recebe denúncias de todas as regiões do país

Publicado

em

O aplicativo Cidadão Fiscal, desenvolvido pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) já recebeu denúncias das cinco regiões do país. Eleitores de 13 unidades da federação utilizaram a ferramenta para denunciar possíveis irregularidades nas campanhas eleitorais.

Este é o segundo pleito em que a OAB-MT oferece ao eleitorado a oportunidade de fazer denúncias, inclusive de forma anônima, por meio de mensagens, fotos e vídeos. Nas eleições municipais, em 2016, o aplicativo foi utilizado por mais de 2 mil eleitores em todo o país.

Naquele ano, as denúncias realizadas no dia da votação representaram 14% do total, mostrando a atenção do eleitorado a ações vedadas pela legislação, como a prática de boca de urna.

Disponível para download gratuito em qualquer smartphone, o Cidadão Fiscal também deixa ao alcance do eleitor, de forma rápida e simples, toda a legislação eleitoral vigente para consulta.

Até esta quinta-feira (04), 74% das denúncias encaminhadas por meio do aplicativo apontam possíveis propagandas irregulares. Mas os eleitores também têm se mostrado atentos e vigilantes à compra de votos e divulgação de fake news.

As denúncias de eleitores mato-grossenses correspondem a 22%. Todo o material recebido por meio do aplicativo é encaminhado aos órgãos fiscalizadores para adoção das providências necessárias e às seccionais da OAB do estado correspondente à autoria da informação prestada.

O aplicativo Cidadão Fiscal é uma iniciativa da OAB-MT que integra a campanha “Voto não tem preço, tem consequência”, que tem como objetivo conscientizar os eleitores e eleitoras sobra sua importância no processo eleitoral.

“Um aplicativo como este é uma ferramenta importantíssima. Deve ser hoje baixado em todos os telefones, devemos andar com ele no bolso para votarmos com consciência e responsabilidade, porque voto não tem preço; voto tem consequência e a consequência de uma escolha mal feita é exatamente essa crise ética e moral sem precedentes que estamos vendo aí”, declarou o presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, durante o lançamento do Cidadão Fiscal em Cuiabá.

Além da ferramenta, a OAB-MT promoveu o debate entre os candidatos ao Governo de Mato Grosso no dia 20 de setembro, realizado num formato que privilegiou a apresentação de propostas e a participação de representantes da sociedade.

“O cidadão e a cidadã têm que saber que são os protagonistas deste processo. Precisam ter a consciência de que são os atores principais e não os coadjuvantes da democracia e é justamente no momento do voto que isso se materializa. É o momento em que todos os brasileiros têm o mesmo peso, o peso que define o futuro dos nossos estados e país”, destacou o presidente da OAB-MT, Leonardo Campos.

Para a votação deste domingo (7) a OAB-MT designou uma comissão que acompanhará o processo de apuração dos votos junto à Justiça Eleitoral.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cuiabá

Após imprensa, Abílio agora ataca Justiça e até Polícia Federal

Publicado

em

candidato Abílio Junior (Podemos) votou às 11 da manhã,  no Colégio José de Mesquita, no Bairro do Porto e, já na chegada ligou sua metralhadora verborrágica e atacou a Justiça Eleitoral e, pasmem, a Polícia Feferal, hoje a instituição mais respeitada no país.

Segundo Abílio, as entidades não combateram as fake news.  durante a campanha. “Eu vi pouca ação da Polícia Federal e do Poder Judiciário.

Eu vi tanta propaganda do Tribunal Superior Eleitoral de que haveria ações da Polícia Federal, Judiciário, para combater as fake news.

Nós provamos que era mentira. Teve nota da igreja, nota de vários outros. Até padrasto falso arrumaram para mim, mas a gente conseguiu vencer na Justiça todas essas mentiras.

Mas ainda assim trouxe um prejuízo porque no Whats e nos outros grupos a gente não conseguiu mostrar para todo mundo”, disse.

 

Por Repórter MT

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana