conecte-se conosco



Interior

Chapada recebe Festival de Blues no mês de novembro.

Publicado

em

Geodésica in Blues Festival 3ª Edição é uma semente que foi plantada no terreno fértil e etílico do Sítio monjolinho, localizado no Vale da Bêncão, município de Chapada dos Guimarães, centro geodésico da América do Sul.
Batizado com o homônimo da cachaça artesanal, orgânica, produzida dentro da propriedade, durante uma conversa entusiasmada sobre blues, eventos, amigos e alguns shots do néctar local, eis que a ideia começa a ser desenvolvida.

Inicialmente em pequena escala, para poucos apreciadores, começa a ser produzido ali, no mesmo local onde a Cachaça Geodésica é fabricada, um evento de blues, intimista, e com aquele sabor musical apurado, com todo o cuidado na produção, e com o resultado que não poderia ser outro: sabor de “mais uma dose”.

O evento então começa a sair além das porteiras do sítio, e oferece uma versão um pouco maior, para mais pessoas apreciarem e curtirem o que o blues tem a oferecer, e, na segunda edição o guitarrista Fábio Brum, já reconhecido no cenário do blues do centro-oeste e atuando em São Paulo com grandes nomes do blues, aceita o convite, vem até a Chapada, faz um show ao lado de outras atrações locais (Brand Blues e Alligators Blues Band). Mais uma vez a Cachaça Geodésica brindou com sabor e qualidade a todos os presentes com o melhor do blues, desta vez no centro da cidade no Espaço Pomodori.

Agora, a semente que foi plantada, começa a germinar, e pretende dar bons frutos. Sendo semeada com um pouco daquilo que temos de melhor no blues local, regional e nacional.
Uma versão totalmente aberta ao público, para que mais pessoas, cada vez mais possam apreciar e saborear o que o blues tem para oferecer em emoção e qualidade musical.

A 3ª edição traz os artistas Renato Mendes & Rick Bérgamo (MS), Décio Caetano (PR), que dispensam apresentações pelo tamanho de suas representatividades ao cenário do blues nacional. São mais de 20 anos de carreira, muita bagagem e muitos caminhos percorridos até chegarem ao nosso destino em Chapada dos Guimarães, pra trazer aquilo que sabem fazer de melhor pelo mundo a fora.
Somando ainda para enriquecer o festival, os nomes do blues local que já são conhecidos: Allan Regis & Mississipi Jr., Stone Flower Blues, e a grande revelação do blues cuiabano SilverGuy

Além disso, ainda haverá uma apresentação surpresa, que fará uma homenagem à um grande nome do blues nacional. Inciando assim nesta edição: o homenageado do evento, que terá seu nome lembrado durante toda a programação e cerimonial do Festival.

Assim, aquela semente que foi plantada no solo fértil da plantação de cana-de-açucar, onde é fabricado o néctar chamado Cachaça Geodésica, começa a dar resultado também no blues do Mato Grosso. Geodésica in Blues Festival, pretende fazer parte do calendário oficial de eventos do município de Chapada dos Guimarães, e, tem como objetivo maior entrar para o Circuito Nacional de Blues, assim quem sabe, se tornar um evento internacional.

Esta é a historia até o momento… vamos desfrutando deste sabor, apreciando esta emoção.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Governo conclui pavimentação de 26,7 km da MT-110

Publicado

em

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), concluiu a pavimentação de 26,79 quilômetros da MT-110, entre os municípios de Alto Garças e Guiratinga, na região Sudeste de Mato Grosso. Falta somente a execução de serviços de sinalização ao longo de todo o trecho para a finalização e entrega definitiva da obra à população.

Esse trecho faz parte do primeiro lote de obras executadas para interligar as cidades de Alto Garças e Guiratinga por via asfaltada. Foi pavimentado o trecho entre a BR-364, em Alto Garças, até o entroncamento da MT-461, já no perímetro de Guiratinga. O investimento realizado foi de R$ 21,3 milhões nessa obra, que estava paralisada e foi retomada pela atual administração do Governo do Estado.

Com a conclusão desse segmento, faltarão somente 41, 42 quilômetros para a interligação asfáltica definitiva entre os municípios. A execução dessa obra, que faz parte do lote 2, no trecho que compreende o entroncamento da MT-461 até o entroncamento da MT-270/340, na sede de Guiratinga, já está dentro da programação para ser executado.

Governo conclui pavimentação de 26,7 km da MT-110

Para o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, a retomada e conclusão da obra nessa rodovia põe fim a um problema antigo de logística da região, além de atender uma grande demanda dos moradores das cidades que esperam há décadas pelo tão sonhado asfalto.

Outras obras

Além dessa pavimentação, o Governo do Estado já concluiu duas importantes obras de infraestrutura rodoviária nessa região. Foi finalizada e entregue, no ano passado, a pavimentação da MT-110 no trecho compreendido entre o entroncamento de Guiratinga até o município de Tesouro, totalizando de 41,4 quilômetros.

Também foi concluída a ponte de concreto na MT-110, sobre o rio Batovi, localizada entre as duas cidades. Foram investidos aproximadamente R$ 60 milhões nas duas obras.

Esse trecho faz parte do 1º lote de obras executadas para interligar as cidades de Alto Garças e Guiratinga por vias asfaltadas. 

Projetos em licitação

E mais obras estão por vir. Está no planejamento a execução da pavimentação de 61,20 quilômetros da MT-110, no trecho que compreende o fim da pavimentação urbana do município de Tesouro até o entroncamento da BR-070. A elaboração do projeto de pavimentação desse trecho já está em fase de licitação.

Com a conclusão de todas as obras citadas, o Governo do Estado vai interligar a BR-364 até a BR-070, através da MT-110, por via asfaltada e, por consequência, ligar a região do Vale do Araguaia até o Sudeste do Estado.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana