conecte-se conosco



Várzea Grande

Centro de Especialidades Médicas realiza exames de imagem com novos equipamentos de última geração

Publicado

em

O Centro de Especialidades Médicas inicia a operação de 4 novos equipamentos destinados ao diagnóstico por imagem de última tecnologia. Foram destinados R$ 500 mil para a aquisição dos aparelhos de ultrassonografia (2), ecocardiograma (1), cardiotocógrafo (1), o que vai possibilitar executar cerca de 350 exames/mês por aparelho. As máquinas completam o Centro de Diagnóstico por Imagem do Centro, que se encontra em fase de expansão, visando tornar-se referência no atendimento de alta complexidade por imagem.

Para o secretário de Saúde,  Diógenes Marcondes, a atuação dentro do sistema de saúde em que o digital tem participação importante não para de crescer. “Os progressos na gestão de fluxos de trabalho do SUS, com os equipamentos digitais e interligados, contribuem para um diagnóstico preciso,  isto é, a  interação do paciente com o sistema de saúde no momento em que ele recebe a prestação de serviço? – seja no centro cirúrgico, na unidade de terapia intensiva, no laboratório ou no  centro de exames de imagem?-?onde  as intervenções  se tornam mais rápidas e precisas, levam mais  segurança ao paciente. Os pacientes saem do Centro de Especialidades já sabendo o diagnóstico, e muitas vezes com a solução para o seu caso de Saúde. Na Rede SUS, Várzea Grande, implantou em uma única unidade de saúde, estes aparelhos, onde possui  especialista e equipamentos para diagnóstico, evitando assim, ter que regular o paciente para outras unidades”.

A diretora do Centro de Especialidades Médicas, Maria das Graças Metelo, disse que estes investimentos eram necessários para a unidade de saúde, visto que ela atende por mês 18 mil usuários do Sistema Único de Saúde. “É uma unidade com grande capacidade de atendimento em especialidades médicas, fora os especialistas, atendemos pequenas cirurgias, fazemos exames de biópsias, colposcopia, exames laboratorias em geral, testes do olhinho, orelhinha, pezinho, eletrocardiograma, e agora no sistema interligado com o  Hospital e Pronto Socorro e Upa do Ipase, e estes novos exames da alta complexidade em imagem. É um grande avanço para a Saúde Pública do município”, explicou a diretora, lembrando que para ter acesso a estes exames o paciente é regulado pelo Sistema Nacional de Regulação – Sisreg, que é um  sistema on-line, criado para o gerenciamento de todo Complexo Regulatório indo da rede básica à internação hospitalar, visando à humanização dos serviços, maior controle do fluxo e otimização na utilização dos recursos.

Já para o médico do Centro Rodrigo Vieira, os exames por imagem são seguros, não funcionam com emissão de radiação, como o raio-X, e sim por meio de ondas sonoras e possibilita visualizar todos os órgãos. “Os exames com estes equipamentos de ultima geração nos dão maior eficiência no atendimento emergencial, melhora na performance do médico. Com a Rede Interligada  já é possível avançar nos fluxos de trabalho do serviço prestado, porque disponibiliza  dados e informações médicas para que tanto o diagnóstico quanto o tratamento sejam pensados integradamente por todos os especialistas envolvidos.Traz eficiência para o sistema de saúde público e eficácia para o paciente”, disse ele.

“Não menos importante, uma conquista destes anos frente à Administração Municipal, a área da saúde tem sido minha prioridade. Ano a ano fomos garantindo a população cada vez mais serviços e acesso ao SUS. O Ministério da Saúde se mostrou um grande parceiro, bem como os parlamentares do nosso Estado, que juntos estamos reconstruindo um SUS melhor, com medicamentos e insumos necessários de saúde em todas as unidades, implantação de novos serviços, dando ao servidor melhores condições de trabalho. Todas as nossas unidades são importantes, cada uma cumprindo o seu papel de atender de forma humanizada a nossa população. Agora estamos em uma fase nova, investindo em tecnologia de ponta, Um planejamento sério tem sido organizado para que o setor da Saúde conquiste em Várzea Grande patamares dignos de atendimento ao cidadão, com qualidade e cuidado, priorizando o compromisso com as pessoas”, afiançou a prefeita Lucimar Sacre de Campos.

 

 

Por: Da Redação – Secom/VG

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Várzea Grande

Várzea Grande entrega kits merenda escolar

Publicado

em

 

Seguindo determinação da prefeita Lucimar Sacre de Campos e do Comitê de Acompanhamento do Novo Coronavírus – COVID 19, Várzea Grande completou nesta sexta-feira, 27 de novembro, a entrega do quinto lote de Kits Merenda Escolar para os alunos da Rede Pública que estão inscritos nos programas sociais do Governo Federal. Essas cinco etapas somaram 62.500 mil entregas que são realizadas pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer.
A distribuição dos produtos está sendo realizada desde o início da suspensão das atividades presenciais nas unidades escolares. Com a entrega deste lote a secretaria atingiu a marca de mais de 60 mil kits ofertados aos estudantes e seus familiares.
Como explica o titular da pasta, Sílvio Fidelis, o objetivo da ação foi o de manter o alto valor nutricional das crianças e adolescentes que frequentam a rede pública, durante todo esse período da pandemia, além de reforçar o ensino pedagógico através do estudo a distância.
“A nossa intenção foi o de garantir aos estudantes acesso à alimentação balanceada e adequada durante o ano letivo, ainda que estivessem em casa. Muitos alunos dependem da alimentação que é ofertada nas unidades de ensino público de Várzea Grande, e com essa ação, estamos fazendo nossa parte. Este foi mais um compromisso desta gestão no fortalecimento da Educação Pública de qualidade”, destacou o secretário.
Fidelis disse ainda que a secretaria de Educação publicou em Diário Oficial dos Municípios, Nota Técnica com orientações quanto à distribuição dos kits, que é de responsabilidade das Unidades Escolares, que fazem ainda a programação de distribuição, por meio de comunicado aos responsáveis, para não gerar tumulto ou filas Toda a distribuição deve ser registrada conforme protocolo entregue as unidades, no preenchimento de formulário, contendo o nome da unidade escolar, nome do aluno, nº do NIS (Número de Inscrição Social), ano, turno e assinatura por extenso dos pais ou responsáveis.
A Nutricionista e Coordenadora de Alimentação Escolar, Mônica Aparecida Gonçalves, disse que as cestas são confeccionadas com base em orientação nutricional e, as quantidades dos produtos são para 30 dias, conforme o planejamento do cardápio oferecido nas escolas. Os kits são distribuídos para alunos das unidades escolares, além dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), e são para os estudantes de baixa renda e cadastrados no programa Bolsa Família.
O kit é composto por produtos básicos para alimentação, como arroz, feijão, macarrão, óleo, açúcar, farinha de mandioca, leite e biscoito. No caso dos alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil, as antigas creches terão um complemento de 1 kg de carne (bovino ou suíno) ou frango.
O presidente do Conselho de Educação, Adão Eugênio da Silva acompanhou todo o processo de confecção e distribuição dos kits de alimentação dos cinco lotes, e disse que a Administração Municipal cumpriu com o compromisso em ofertar a merenda escolar aos alunos da Rede Pública Municipal, apesar dos contratempos ocorridos durante esse ano, por conta do coronavírus, e da suspensão das aulas presenciais.
“Sabemos que muitos alunos têm na merenda escolar uma refeição principal, por isso é gratificante ver que a Secretaria Municipal de Educação de Várzea Grande, conseguiu suprir essa necessidade, mantendo em dia essa tão importante alimentação. Todo o processo foi realizado de forma eficaz e transparente”, atestou o presidente.
A subsecretária Benedita Ponce esteve na unidade anexa da Secretaria de Educação para acompanhar in loco a separação dos kits alimentação e o carregamento dos produtos que já começam a ser destruídos nas unidades escolares a partir de amanhã.
As primeiras entregas foram nas escolas Júlio Domingos de Campos e Abdala José de Almeida, com maior número de crianças atendidas. As demais entregas serão feitas nas demais unidades escolares, seguindo um cronograma definido pela coordenadoria de alimentação escolar.
Benedita Ponce anunciou que neste último lote – que compreende 12.700 kits alimentação – os estudantes irão receber além dos produtos alimentícios um panetone, que simboliza o período natalino. “2020 foi um ano atípico e os estudantes tiveram mudanças significativas, por isso queremos que eles se sintam abraçados por todos nós, na esperança de que o ano que vem possamos estar todos juntos novamente, e em um ambiente mais acolhedor e no convívio com os colegas e professores”, pontuou.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana