conecte-se conosco



Cultura

Cartório do 1º Ofício de Cuiabá participa de Dia Mundial da Limpeza

Publicado

em

O Cartório do 1º Ofício de Cuiabá, cuja titular é a tabeliã Glória Aline Ferreira Bertoli, já se mobiliza para participar do Dia Mundial da Limpeza, a ser realizada em vários pontos da capital e em Várzea Grande.

No próximo sábado (15 de setembro), a partir das 8h, os colaboradores estarão na Praça do Porto, onde ocorrerá a concentração dos voluntários.

Eles produziram um vídeo para demonstrar a unidade da equipe e seu apoio em prol da educação ambiental.

O Dia Mundial da Limpeza é uma ação inédita que envolverá diversas cidades para uma limpeza em conjunto, chamando a atenção para o lixo descartado de forma incorreta e que está invadindo o Pantanal.

O movimento Let´s do it! (Vamos fazer isso!) começou na Estônia em 2008 e hoje são 150 países que participam do World Cleanup Day ou Dia Mundial da Limpeza. É a maior ação do segmento no planeta e também já pode ser considerada a maior do Brasil com mais de 350 cidades confirmadas.

(Com informações do site www.teoriaverde.com.br)

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Cultura

Livro infantil explica sobre a importância da vacinação

Publicado

em

por UFMT

 

 

Pesquisadores da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) elaboram livro infantil que explica sobre os aspectos e a importância das vacinas, desde a relação com o sistema imunológico humano até o processo de desenvolvimento e testes. A obra, em formato de e-book, integra a série Pequenos Cientistas, cujo objetivo é produzir conteúdo científico de forma simples, objetiva e acessível ao público infantil.

O conteúdo apresenta conceitos técnicos sobre como funcionam as vacinas, de que forma são produzidas e a segurança da vacinação. O livro foi desenvolvido por docentes com atuação na área de imunologia, responsáveis diretos pela compilação dos dados científicos.

“Neste material a proposta foi apresentar às crianças o que está por trás dessas picadas que eles tanto temem e porque, cientificamente, elas precisam se vacinar. Além disso, compreender que a vacina, como um elemento de saúde pública, faz parte de uma conscientização de convivência social de grande relevância para evitar ou amenizar episódios como o que estamos vivendo com a Covid-19”, explica uma das autoras da obra e professora do Instituto de Ciências da Saúde do Câmpus de Sinop, Gisele Facholi.

A obra foi desenvolvida pelo programa de extensão MT Ciência, que visa popularizar o conhecimento científico por meio de diversas áreas e ações. Para a vice-coordenadora do projeto e também autora, professora Roberta Martins Nogueira, o livro é uma produção que vai além da alfabetização científica das crianças, atuando também como uma importante ferramenta de transformação social. “As vacinas são ferramentas científicas de grande relevância em uma sociedade, mas mesmo assim ainda vivemos ondas antivacina em lugares do mundo, oriundas da desinformação. Então, nosso papel como instituição de ensino é levar a informação a todos”, ressalta.

O projeto já desenvolveu mais de dez livros abordando conteúdos científicos de forma lúdica e objetiva, adaptando a linguagem para o público infantil, além de publicações acadêmicas e técnicas. As docentes destacam que produzir conteúdo para crianças é um desafio, mas que o avanço das atividades de extensão tem possibilitado uma experiência única na produção científica. “O texto sempre é construído de forma que permita a uma criança de cinco anos, em processo de alfabetização, compreender perfeitamente o que está sendo apresentado. Durante a produção, temos uma estratégia, em que pedimos a crianças de diferentes idades que leiam o livro e apontem o que não compreenderam. Por fim, a obra passa por uma análise de uma equipe multidisciplinar com atuação em psicopedagogia e letras para fazer ajustes no material”, ressalta a vice-coordenadora do programa.

Também participaram da produção do livro a profissional com atuação na área de imunologia, Janaína Rigotti Kubiszeski e o docente da área da Biologia, Evaldo Martins Pires. O programa já está desenvolvendo um novo material sobre vacinas destinado ao público adulto, que estará disponível em breve.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana