conecte-se conosco



Cultura

Cachaça Cabaré entra no mercado de drinks prontos e chega a Cuiabá

Publicado

em

Reconhecida no mercado de cachaça extra-premium, a Cabaré aposta no segmento de drinks prontos. A marca lança a Cabaré Ice, uma bebida alcoólica mista à base de saquê, vodka e cachaça Cabaré Prata. Extremamente refrescante, a Cabaré Ice tem sabor limão, com embalagem de 275ml (longneck) e teor alcoólico de 5%.

O lançamento complementa o portfólio da empresa e a consagra como fabricante de bebidas, além de apenas cachaça. Nossa equipe de inovação analisava os mercados em que atuamos e percebemos a oportunidade de entrar na categoria de bebidas mistas. O setor é um dos que mais crescem no país, com grandes chances de ampliar o trabalho e visibilidade da Cabaré”, explica Giovanni Tápparo.

No Brasil, a categoria de bebidas mistas surgiu na década passada e tomou um grande crescimento desde o ano anterior. De acordo com dados da consultoria Euromonitor International, o segmento cresceu, em média, 10,8% ao ano entre 2013 e 2018. Até 2023, o aumento estimado é de aproximadamente 8,9% por ano. “É um mercado que movimenta em torno de R$ 4 bilhões por ano”, complementa Giovanni.

A Cabaré Ice chega ao mercado a partir de julho. Inicialmente, o produto estará disponível em todo o país em autosserviços, redes de conveniência, no e-commerce Bom de Beer e Dom Tápparo com planos de ampliação de rede de distribuição nos próximos meses. A fabricação e o envase serão feitos na fábrica do Grupo Petrópolis em Boituva, São Paulo.

CACHAÇA CABARÉ – Criada em 2015, a Cachaça Cabaré é produzida no Engenho Dom Tápparo, de Mirassol, na região de Rio Preto (SP). Com quatro estilos, a marca foi premiada com medalha de ouro na categoria Melhor Cachaça”, no Concurso Mundial de Bruxelas 2018.

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Projeto literário “Contos do Mato - Arena literária 300 anos” ganha versão virtual

Publicado

em

O 3º “Contos do Mato — Arena literária 300 anos” ganha versão virtual no período de 01 a 06 de setembro de 2020. O projeto aprovado em edital Municipal FUNDO/2019, da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e foi adaptado em razão da pandemia do novo coronavírus e será transmitido por diferentes redes sociais.

Para a pedagoga e atriz Alicce Oliveira, que assina o projeto, os desafios surgem para serem superados. “Nos instiga e faz acreditar que é possível se superar. Como realizar um evento virtual? Não tinha a mínima ideia. Confesso que, diante de uma pandemia e uma crise sem precedentes, me senti meio impotente frente a situação. De que forma realizar este projeto em meio ao caos? Quantas incertezas”, desabafa.

O evento ocorreria no mês de março na Biblioteca Estadual Estevão de Mendonça, em Cuiabá, mas em respeito às normas de biossegurança no combate a COVID-19, ele passou por uma reestruturação, que contou com a aprovação do Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer e do agora Conselho Municipal de Política Cultural.

“Essa avalanche de positividade, me fez enxergar uma luz de esperança, de união entre as pessoas, de apoio, de compreensão e pensar que sem essa equipe empenhada em realizar o evento, nada disso seria possível. Só tenho a agradecer, também, aos parceiros e ao público fiel que nos dá força, nos acompanham, nos motivam, acreditam e respeitam o nosso trabalho, esse evento é para vocês”, disse Alicce.

O projeto reúne artistas, escritores e editoras em um momento de fomento a literatura produzida no estado e no país, com programação que ocupará mais de 8 horas diárias. Segundo a organização, serão utilizadas as redes sociais facebook, instagram e youtube para a transmissão de contações de histórias, mesas redondas e shows.

A programação oficial começa no dia 01 de setembro com o lançamento do Projeto, com cerimônia de abertura e um show da Banda ¡Tchá Por dios!. No segundo dia, será a vez do Piquenique Literário com Natália Górtz e apresentações de Teatro Lambe-Lambe com o Coletivo Caixas no Caminho (MT). Essas atividades acontecem todos os dias nos períodos matutino e vespertino.

Os Espetáculos narrativos iniciam às 9h e seguem até o fim da tarde. No período noturno, a partir das 20h ocorre a Arena Literária, que reúne escritores e editores de Mato Grosso para dialogar sobre a cadeia do livro.

A Escritora carioca Ana Claudia Ramos, realiza uma palestra no dia 05 de setembro, trazendo ao público questões como: Qual a bagagem literária do escritor? O escritor é um leitor? Que caminhos um escritor precisa para publicar? Como se forma uma carreira e o que deseja um escritor ao ser publicado? Uma vez publicado, que trabalhos vêm depois? E como se tornar um mediador de leitura visando formar novos leitores? Uma palestra cheia de perguntas e muitas possibilidades. Quais serão os caminhos de cada um nesta formação?

No último dia, 06 de setembro, a Umanos editora oferece o curso Oficina Escrita Criativa das 8h às 12h. Já as às 17h, uma Batalha de Poesia realizada pelo Núcleo de Slam (MT) entra nas telas do expectador. Às 19h, uma Maratona de Histórias com Narradores Convidados encerra a programação.

Participam do 3º Contos do Mato: Mato Maurício Ricardo (MT), Cia Mapinguary (SP), Theatro Fúria (MT), Vinícius Rangel (MT), Cia Malas Portam (SP), Danilo Furlan (PR), O Tapete Voador (PE), Keydson Costa (PA), Jujuba E Ana (RJ), Natália Górtz (MT), Coletivo Caixas No Caminho (MT), os escritores Neusa Baptista, Lorenzo Falcão, Lucinda Persona, Lívia Bertges, Caio Ribeiro, Angela Coradini, Daniela Freire, Santiago Santos, Wuldson Marcelo, Aclyse de Mattos, Ivens Scaff, Niara Terena e; Rommel Kunze e Maria Teresa Carrión Carracedo, da Tanta Tinta e Entrelinhas respectivamente; Waldinéia Ribeiro pela SECEL/SEBPMT/BPEEM, Eliane Quinhone pela SME e Anna Claudia Ramos (RJ), além de outros convidados.

Evento virtualizado

As atividades tem data e horário para entrar nas redes sociais e ficarão disponíveis por tempo indeterminado no facebook, instagram e canal no youtube do evento. As mesas, palestras e shows acontecem ao vivo, com a possibilidade de interação do público através dos comentários e reações possíveis das redes sociais. Os alunos do curso “Seja um contador de histórias” também apresentarão o resultado final das aulas ministradas pela atriz e pedagoga Alicce Oliveira, proponente do projeto. Uma equipe de monitores, acompanhará toda a programação proporcionando a interação e o compartilhamento da programação.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana