conecte-se conosco



Cultura

Bruno De Luca desvenda o Aussie Way do Outback no quinto episódio da série OutBackstage

Publicado

em

Boa tarde.

Segue release, para possível divulgação.

Bruno De Luca desvenda o Aussie Way do Outback no quinto episódio da série OutBackstage

Em novo filme da minissérie, apresentador encara um quiz para testar seus conhecimentos sobre como a temática australiana está presente nos restaurantes da rede

 

O Outback lançou ontem, 11 de fevereiro, o episódio Aussie Way, o quinto da minissérie OutBackstage – Por trás de um dia mais Outback. No novo filme, o ator e apresentador Bruno De Luca, descobre como a inspiração australiana está presente na marca e em seus restaurantes. No episódio, Bruno acompanha o Drover, um Outbacker especial que tem a missão de difundir a cultura australiana no restaurante. Nessa jornada, eles desvendam curiosidades, imagens e diversos pontos da decoração que remetem a cultura, flora e fauna do país.

 

Dentre as curiosidades, eles mostram como um quadro formado por centenas de fotos das redes sociais que, visto de longe, forma o monte Uluru, uma das montanhas mais famosas do território australiano. Além disso, Bruno conhece mais sobre o instrumento musical Didgeridoo e sobre o monte The Olgas, formação rochosa que aparece na marca Outback.

 

Ao final da viagem, De Luca participa de um quiz divertido pra descobrir a origem dos nomes dos pratos amados do Outback: o aperitivo Kookaburra Wings que ganhou esta nomenclatura em homenagem ao pássaro símbolo da Austrália, o Kookaburra. O mesmo para a margarita frozen do Outback, a Gold Coast Rita, que faz menção a cidade litorânea Gold Coast. A sobremesa icônica da rede, Cinnamon Oblivion, que representa um cartão postal de Sydney. Os morangos, que decoram o prato, imitam o formato emblemático do edifício da Ópera de Sydney.

 

“A minissérie tem sido um grande sucesso e recebemos um feedback muito positivo dos nossos fãs. Desde o primeiro capítulo, já mostramos segredos surpreendentes para o público como a rotina da nossa equipe até o preparo de pratos icônicos. Neste quinto filme, revelamos detalhadamente como o nosso país do coração, a Austrália, está presente nos nossos restaurantes de diversas maneiras”, afirma Laura Godoi, gerente de Marketing institucional do Outback Brasil.

 

O vídeo pode ser visto aqui: https://www.youtube.com/watch?v=pQj4peAMcuw&feature=youtu.be. Com criação das agências Santa Clara e Ionz, o filme será veiculado em todo Brasil por meio de mídias sociais e cinema. A estratégia de relações públicas é liderada pela Jeffrey Group.

 

 

Sobre o Outback Steakhouse

O Outback Steakhouse possui 102 restaurantes no Brasil e está presente em 43 cidades, 16 estados brasileiros e Distrito Federal. No mundo está em 23 países nas Américas, Ásia e Oceania. O primeiro restaurante no país foi inaugurado na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, em 1997. Com seus cortes de carne especiais e aperitivos icônicos como a Bloomin’ Onion, o Outback caiu no gosto do brasileiro pela qualidade e sabor marcante da sua culinária, somados à descontração no atendimento e às instalações aconchegantes. Inspirado na Austrália, o restaurante enfatiza vários aspectos da cultura australiana, como esporte, pontos turísticos, paisagens icônicas, tradições e lazer. Além disso, a marca oferece uma experiência única, divertida e de altíssimo padrão que, no Brasil, ficou conhecida como #MomentoOutback. A rede Outback Steakhouse pertence ao grupo Bloomin’ Brands, que ainda conta com a marca Abbraccio no país.

 

 

Atenciosamente,

Equipe YOD Comunicação
(65) 9 9987-3230 / 9 9983-4274

Twitter: @YODcomunicacao
Instagram: @yodcomunicacao

www.facebook.com/yodcomunicacao

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Secel orienta sobre etapas do cadastramento para solicitar renda da Lei Aldir Blanc

Publicado

em

Profissionais da cultura de todos os municípios mato-grossenses precisam finalizar as fases do cadastro para requerer o auxílio emergencial

Até a manhã desta quinta-feira (17.09), pouco mais de mil trabalhadores da cultura acessaram a plataforma disponibilizada pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) para credenciamento. Deste total, cerca de 270 profissionais finalizaram o cadastro com a solicitação da renda emergencial prevista na Lei Aldir Blanc. O restante realizou somente o cadastramento geral de acesso à plataforma. O prazo para inscrição é o dia 24 de outubro.

“Não sabemos quais foram os motivos para os cadastros não terem sido finalizados. Talvez seja porque muita gente preferiu deixar pra concluir depois ou não tinha os documentos digitalizados no momento. De qualquer forma, ressaltamos que é necessário ir até o final para que o pedido da renda emergencial seja analisado”, comenta o secretário adjunto de Cultura da Secel, José Paulo Traven.

Para requisitar o auxílio, o interessado deve prosseguir para as próximas etapas de preenchimento do formulário de solicitação, que inclui a aceitação do termo de autodeclaração de que está apto a receber o benefício. Os dados inseridos no primeiro cadastro irão se completar automaticamente, sendo necessário ainda preencher os campos novos e inserir os documentos digitalizados.

Traven também destaca que ficou a cargo da Secel a transferência do auxílio diretamente aos trabalhadores da cultura afetados pela pandemia em todo o estado. Por isso, mesmo que tenha preenchido algum levantamento municipal, o profissional precisa se cadastrar na plataforma Estado do Amanhã para requerer a renda emergencial.

“Aqui em Mato Grosso, o cadastro providenciado pela Secel é o único em que se pode fazer a solicitação do auxílio emergencial. Os trabalhadores e trabalhadores do setor cultural de todos os municípios mato-grossenses precisam se cadastrar nessa plataforma específica”, reforça o adjunto.

O sistema da Secel possui formulário que atende os requisitos regulamentados pelo Governo Federal para verificação da elegibilidade da solicitação, com dados necessários às checagens de validação e confirmação do perfil exigido pela Lei Aldir Blanc. O resultado da análise do primeiro lote de cadastramento será divulgado a partir do dia 09 de outubro e o pagamento dos aprovados, em 19 de outubro. Os lotes posteriores de cadastros analisados e aprovados serão pagos em 27 de outubro e 20 de novembro.

Os trabalhadores da cultural, que solicitarem o auxílio e que atendam aos critérios da lei, irão receber três parcelas no valor de R$ 600,00. Em Mato Grosso, o pagamento será feito em parcela única de R$ 1.800,00.

Para ajudar na hora no cadastramento, uma equipe de apoio fica disponível das 8h às 00h para tirar dúvidas pelo chat da plataforma. Foram preparados também materiais orientativos, como a cartilha para pessoas físicas com informações sobre os critérios e operacionalização da renda emergencial e tutoriais, escrito e em vídeo, de como acessar e preencher o cadastro.

Serviço:

Plataforma de cadastro: www.estadodoamanha.com.br

Critérios para renda emergencial: cartilha 

Tutorial Cadastro: cartilha

Tutorial Cadastro: vídeo

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana