conecte-se conosco



Últimas Noticias

Botelho manda polícia barrar entrada de pessoas na Assembleia após protestos; votações transferidas

Publicado

em

Policiais militares cercam a Assembleia Legislativa, esta manhã, impedindo a entrada de servidores públicos que ontem ocuparam o plenário para protestar contra medidas do governo. A ordem partiu do presidente da Assembleia, Eduardo Botelho, e quem não é funcionário público também está sendo barrado.

A Assembleia faria hoje sessão para votar projetos polêmicos do governo do Estado. Mas a mesa diretora resolveu, devido as pressões de servidores para que a próxima legislatura vote os projetos, transferir as votações para amanhã.

Uma fila de pessoas se formou. Algumas delas buscam por serviços prestados na Assembleia como a confecção de documentos. David Santos relatou que estava com seu filho “desde às 6h30 aqui para fazer o documento do meu filho. A escola está pedindo. Eles falam (policial militar) que não vai deixar entrar por causa da manifestação que está acontecendo lá dentro”.

Alguns servidores amanheceram no plenário e seguem convocando mais trabalhadores para reforçar a mobilização contra projetos de lei do governo Mauro Mendes (DEM) que muda a concessão do RGA – Reajuste Geral Anual- para o funcionalismo, extinção de 6 empresas públicas e demissões de 3 mil comissionados. Eles cogitam fazer greve geral.

O juiz Paulo Márcio Soares de Carvalho, da 4ª Vara Especializa da Fazenda Pública de Cuiabá, concedeu liminar à presidência da Assembleia Legislativa para retirar os servidores que ontem ocuparam o plenário evitando a realização de sessão. Contudo, o magistrado indeferiu o pedido de uso de força policial.

 

Fonte: Só Notícias

Últimas Noticias

Golpistas simulam agendamento de vacina contra covid-19 e clonam dados

Publicado

em

Em plena pandemia, com todo mundo contando os dias para o início da vacinação, ainda aparece quem queira aproveitar o momento para aplicar golpe nas pessoas.

O alerta sobre essa tentativa de golpe foi feito pelo próprio Ministério da Saúde, por meio de nota publicada em seu site.

O golpe estaria funcionando assim: alguém liga para o celular da vítima e pede dados pessoais para agendar a vacinação. Para isso, claro, pede para a pessoa confirmar os dados.

É a oportunidade de os criminosos clonarem seus dados e o número do seu aplicativo de mensagens. Por isso, fique atento e não caia nessa!

A vacinação contra a covid vai ser igual às outras, como a da gripe ou da febre amarela, por exemplo. A pessoa vai aos postos de saúde, ou pontos utilizados em campanhas de imunização, e lá será identificada e cadastrada na hora.

Não precisa cadastro prévio no posto de saúde, nem no aplicativo Conecte SUS Cidadão. O aplicativo só facilita a identificação no momento de tomar a vacina.

Então, se você receber ligações ou mensagens pelo celular, com promessa de agendamento de vacinação, e solicitando dados pessoais ou outras informações, não forneça qualquer dado e denuncie a autoridades competentes.

 

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana