conecte-se conosco



Cuiabá

Bloqueios e alterações nas linhas de ônibus garantem realização da Corrida de Reis

Publicado

em

Todo o efetivo de agentes das diretorias de trânsito e transporte da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), atuará durante a 35ª Corrida de Reis, no domingo (6). A largada será dada às 7h da manhã na Ponte Sérgio Mota, em Várzea Grande, seguindo pelas Avenidas Beira-Rio, Tenente Coronel Duarte, Avenida Historiador Rubens de Mendonça (CPA), até a Praça das Bandeiras, no Centro Político Administrativo.

De acordo com a Pasta, os bloqueios começaram na quarta-feira (2), na Avenida do CPA sentido bairro/Centro, na altura da Praça das Bandeiras.  Assim, os motoristas quem passam por ali estão  contornando a região pelo Centro Político Administrativo. Na quinta-feira (3), às 22h a mesma via foi bloqueada nas proximidades do viaduto da Secretaria de Estado de Fazenda.

Neste sábado (5) os agentes interditarão a Ponte Sérgio Mota, sentido Cuiabá/Várzea Grande, a partir de 8h. Já no domingo, as avenidas por onde passam os competidores serão fechadas às 6h30 da manhã e devem ser liberadas até por volta de 12h. As vias devem ser liberadas a medida que o pelotão de corredores da retaguarda for passando por elas.

A corrida divide Cuiabá em duas partes. Assim, quem quiser passar de um lado para o outro durante a disputa, precisa usar a Avenida Miguel Sutil, que atravessa a Avenida do CPA por cima, ou aguardar sua finalização. É importante destacar que na Avenida Beira Rio a corrida vai ocupar as duas pistas até as proximidades do Atacadão. Depois deste ponto a disputa é afunilada para apenas uma das mãos, no sentido Porto/Centro.

Transporte coletivo

No domingo, os ônibus que vem do Coxipó farão dois percursos. O primeiro virá do Coxipó até o Centro, até a esquina da Santa Casa, de onde retornarão. Já no  segundo sairão do Centro e seguirão rumo aos bairros, como Santa Isabel ou Colorado. Sendo assim, os usuários precisarão caminhar da Praça Maria Taquara até a Estação Alencastro e Alencastrinho, onde trocarão de veículos.

O mesmo irá  acontecer com a linha 103, que sai do bairro Cidade Verde rumo ao Jardim Imperial. Além disso, os coletivos que saem do CPA desviarão pelo Centro Político Administrativo, chegando ao Centro da cidade pelo trajeto que passa pela Rodoviária, tanto na ida, quanto na volta.

Em todos esses pontos haverá agentes informando os passageiros e motoristas.

Fonte: Assessoria

Cuiabá

Mato Grosso registra 207.747 casos e 4.954 óbitos por Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (23.01), 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 4.954 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 980 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 207.747 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.593 estão em isolamento domiciliar e 193.143 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 285 internações em UTIs públicas e 316 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 70,93% para UTIs adulto e em 36% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (45.348), Várzea Grande (13.809), Rondonópolis (13.798), Sinop (10.964), Tangará da Serra (9.129), Sorriso (9.046), Lucas do Rio Verde (8.375), Primavera do Leste (6.345), Cáceres (4.836) e Nova Mutum (4.372).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 177.488 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 436 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na última sexta-feira (22), o Governo Federal confirmou o total de 8.753.920 casos da Covid-19 no Brasil e 215.243 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 8.697.368 casos da Covid-19 no Brasil e 214.147 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de sábado (23).

Recomendações

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

DOWNLOAD 

  • Painel Epidemiológico 321

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana