conecte-se conosco



Interior

Bandidos são mortos em confronto com a polícia em Arenápolis

Publicado

em

Dois bandidos foram mortos no início da manhã desta segunda-feira, 14, após reagirem com tiros a uma abordagem policial na cidade de Arenápolis.

De acordo com as informações, a Polícia Militar foi acionada para atender uma situação de furto, onde a denunciante, dona de uma loja de confecções, havia conseguido rastrear e localizar uma motocicleta levada da empresa.

Moto furtada foi recuperada

De acordo com o site Atual MT, a localização apontava para o lixão de Arenápolis.

Policiais foram ao local e foram recebidos a tiros pelos bandidos.

A guarnição reagiu a injusta agressão dos elementos.

Rapazes mortos no confronto com a polícia

Um deles foi morto no local e o outro, baleado, foi socorrido, mas morreu quando era encaminha para o Pronto Atendimento da cidade.

No local do fato, a PM encontrou 3 mochilas com roupas e perfumes, uma motocicleta Honda Fan, furtada da loja, além de uma pistola Beretta 9mm, com carregador para 13 munições.

Um dos mortos, identificado a princípio como Luanzinho, fugiu recentemente da Cadeia Pública de Arenápolis.

 

Por Atual MT

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Interior

Pleno faz determinações à Prefeitura de Sorriso sobre folha de pagamento

Publicado

em

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) julgou procedente Representação de Natureza Externa (RNE) movida pela Controlaria-Geral do Município de Sorriso, que apontou supostas irregularidades relativas à folha de pagamento dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento do município, constatadas em auditoria realizada em 2018. O julgamento foi realizado na sessão ordinária remota do dia 29.

Conforme o relator, conselheiro João Batista de Camargo, após análise do relatório técnico de fiscalização do TCE-MT e do parecer do Ministério Público de Contas (MPC), ficou evidente a procedência de nove irregularidades referentes ao pagamento de horas extras a servidores da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento.

Entre elas, o pagamento de horas extras sem prévia autorização e justificativa e sem comprovação da situação emergencial, exigida na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) quando ultrapassado o limite de gasto com pessoal fixado na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Em seu voto, aprovado por unanimidade, o relato apontou ainda o pagamento de adicional de insalubridade sem prévia emissão de laudo técnico, o pagamento de incentivos financeiros aos servidores da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento sem previsão legal e a contratação de pessoal por tempo determinado para cargos existentes no quadro permanente de pessoal e sem a comprovação da necessidade excepcional.

Frente ao exposto, o Pleno expediu nove determinações à Prefeitura de Sorriso, dentre elas a de que, caso não tenha sido implementado o sistema eletrônico de controle de frequência no âmbito do Poder Executivo, seja feito o controle manual. Do contrário, que utilize o controle manual apenas nas hipóteses de falha no sistema eletrônico. Foi determinado também que a atual gestão promova ajustes na despesa com pessoal, a fim de promover a regularização do limite atual para percentual menor que 51,30%.

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana