conecte-se conosco



Cultura

Artistas buscam alternativas de sustento durante a pandemia

Publicado

em

Em função da crise sanitária provocada pela covid-19, eventos culturais de grande porte, que acabam movimentando a economia dos locais onde são realizados, foram adiados, alguns sem anunciar nova data. A organização do Festival de Cinema de Gramado, um dos principais do país, resolveu manter quase inalterada a programação, somente transferindo o evento de agosto para setembro. Mais cautelosa, a 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que recebe, em média, 600 mil visitantes a cada edição, ficou para 2022.

Ao mesmo tempo em que os espaços culturais precisam adotar o fechamento como medida de combate à covid-19 e eventos são adiados pelo mesmo motivo, artistas têm tido dificuldade de encontrar uma fonte de renda. Por essa razão, estão recorrendo às redes sociais para passar o chapéu (como se denomina, no meio artístico, a prática de recolher contribuições voluntárias após uma apresentação).

Em um clique, encontram-se diversas postagens de artistas que, individual ou coletivamente, pedem doações ou realizam lives (transmissões online, ao vivo) para arrecadar recursos. O perfil é bastante heterogêneo. São artistas iniciantes e outros mais consolidados, como os do Teatro Oficina Uzyna Uzona, companhia que completa 62 anos de existência, este ano, e foi fundada por José Celso Martinez Corrêa, mais conhecido como Zé Celso, um dos ícones da tropicália.

Para amparar os trabalhadores do setor, o Senado Federal aprovou, em 4 de junho, o projeto de Lei Aldir Blanc (PL nº 1075), que prevê a concessão de benefício no valor de R$ 600, além de possibilitar a distribuição de quantias para garantir a manutenção de empresas e espaços culturais. Segundo o texto, a quantia que será repassada da União, por meio do Fundo Nacional de Cultura, para estados, Distrito Federal e municípios totaliza R$ 3 bilhões. A proposta, apresentada pela deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), segue agora para sanção do presidente Jair Bolsonaro.

 

Redação

Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Cultura

Atrações de diversas linhagens artísticas compõem programação do Cine Teatro Cuiabá

Publicado

em

Entrevista, filmes, shows de vários estilos musicais, projetos autorais, stand ups, teatro, dança e até quadrilha junina diversificam a programação online do Cine Teatro Cuiabá. Além de oferecer diferentes opções culturais à população durante a quarentena, a agenda semanal é também uma forma de dar visibilidade aos mais variados trabalhos de artistas mato-grossenses.

Desde o início da pandemia da Covid-19 no país, a programação online do equipamento cultural da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) conecta artistas regionais com o público em casa.  A agenda de transmissões vai de segunda a domingo e disponibiliza atrações diversas nas plataformas digitais do Cine Teatro Cuiabá.

Às segundas-feiras, o programa Cine Teatro Convida entrevista especialistas, conhecedores e gestores da área de teatro, literatura, dança e música. O programa é apresentado pela jornalista Helô Godoy e é transmitido ao vivo na rede social instagram (cineteatrocba), às 19h30.

Nesta segunda (06.07), o entrevistado é o maestro Fabrício Carvalho, diretor artístico da Orquestra Sinfônica da Universidade Federal de Mato Grosso e, atualmente, Secretário de Articulação e Relações Institucionais da mesma universidade.

Às terças-feiras, a Temporada de Filmes integra a programação online disponibilizando o acesso a curtas metragens, a partir das 19h30, na página de Facebook do Cine Teatro Cuiabá. Nesta semana, os filmes compartilhados são: Fronteiras, Menire Karõ, e Movimento Refúgio Zumbis, além do clipe musical Quarteto: o Sentido da Vida.

Na quarta-feira (08.07), o projeto Identidade, de Jeff Rosa, será reapresentado no canal de YouTube do Cine Teatro. Lançada no Festival Cultura em Casa da Secel, a atração traz composições e canções do diretor artístico do grupo Flor Ribeirinha.

Já na quinta-feira (09.07), o público poderá curtir muito pop rock com a banda mato-grossense Heróis de Brinquedo. Trazendo vasto repertório musical, o show exibido ao vivo em maio por um pub de Cuiabá, será reapresentado no YouTube, às 19h30.

A emoção e alegria das festas juninas poderão ser revividas na sexta-feira (10.07), às 19h30, também pelo YouTube. Com o tema Diversidade e Suas Quatro Maravilhas, o grupo Junina Caipiras de Plantão, do distrito de Progresso em Tangará da Serra, apresentará repertório e coreografias que mostram a importância cultural da dança folclórica coletiva.

No sábado (11.07), Flauta Mágica In Concert In Vienna encanta o público com o concerto realizado em uma das três turnês internacionais do grupo formado por crianças e jovens da periferia de Cuiabá. Considerado um dos mais importantes projetos sociais do Brasil, o Instituto Flauta Mágica apresenta o espetáculo gravado no museu Weltmuseum Wien, em Viena na Áustria.  O concerto será apresentado pelo YouTube, às 19h30.

E, finalizando a programação da semana, no domingo (11.07), a violinista Lindi Mariane interpreta a peça Rondo Capriccioso de Camile Saint Saens com regência de Fabricio Carvalho. Lindi é musicista profissional, aluna do Instituto Fernando Pereira e toca há nove anos, tendo já participado de quatro festivais internacionais, dentre eles o de São Petersburgo, na Rússia, e de Mississipi, nos Estados Unidos.

Como fazer parte da programação 

Para integrar a programação online do Cine Teatro Cuiabá, os artistas interessados podem entrar em contato e agendar a participação pelo telefone 65 99946-1268.

Segundo a presidente da Federação Mato-grossense de Quadrilhas, Rosa Dilma da Silva, está sendo fundamental usar as ferramentas que o Estado oferece para aumentar a visibilidade do segmento.

“Temos a oportunidade de mostrar o mundo junino de Mato Grosso por todo o estado e fora dele.  Principalmente neste ano, que o Festival de Quadrilhas Juninas não pôde ser realizado, essa programação tem sido muito importante. Além da divulgação, é uma forma de integração entre os participantes das juninas de todas as regiões mato-grossenses, todos ficamos muito felizes”, ressalta Rosa Dilma.

Três espetáculos juninos já fizeram parte da programação online do equipamento cultural. A próxima apresentação será na sexta (10.07) com o grupo Junina Caipiras de Plantão, de Tangará da Serra.

A proposta é manter a programação online diversificada até a reabertura física do espaço.

 

Redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana