conecte-se conosco



Várzea Grande

Alunos participam de encerramento da Semana da Árvore no Várzea Grande Shopping

Publicado

em

Em comemoração alusiva ao Dia da Árvore, celebrada em 21 de Setembro, as Secretarias de Educação, Cultura, Esporte e Lazer e Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável realizaram uma programação cultural, artística e de conscientização relacionada ao ‘Dia’, no Várzea Grande Shopping,  com alunos da Rede Municipal de Ensino. O objetivo da programação diversificada foi de chamar a atenção para a árvore e para a sua importância no meio ambiente. A programação é uma idealização do projeto “Arborização Consciente: por uma Várzea Grande mais Verde”.

As apresentações de encerramento dos alunos das Escolas Municipais de Educação Básica (EMEBs), no espaço cultural da Praça de Alimentação do Shopping fazem parte da programação que teve início na segunda-feira, (17), na EMEB “Professora Líbia da Costa Rondon”, onde alunos, professores e gestores receberam os representantes das Secretarias de Educação, Meio Ambiente e EMPAER para a realização de palestra e roda de conversa sobre o projeto “Arborização Consciente: por uma Várzea Grande mais verde”, além da apresentação da peça teatral com as personagens ‘Flora e Fada’, e plantio de mudas de Ipês no entorno da escola.

“A nossa principal missão é levar para todos os lares o conhecimento acerca da importância do meio ambiente para a vida. A forma mais simples e rápida de fazer isso é trabalhar a Educação Ambiental, principalmente com crianças, que acabam levando para casa a alegria e o novo mundo que acabam descobrindo ao plantar uma árvore, ao participar de palestras, teatro e rodas de conversa, entre outros. A criança carregará esse conhecimento adquirido para o resto de sua vida e ainda multiplicará as informações à comunidade, parentes e as futuras gerações”, destacou o secretário de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Silvio Fidelis.

A secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural e Sustentável, Helen Farias disse que na Semana da Árvore foi promovido nas Unidades Escolares teatro, palestras, roda de conversa e plantação de muda de ipês.

“Nesta data especial foi uma oportunidade de se lançar o projeto ‘Rolê Sustentável’, que é uma ação de práticas sustentáveis desenvolvidas pelo Várzea Grande Shopping. Esse foi um momento impar da idealização do projeto onde estudantes puderam fazer um tour sustentável pelo shopping, conheceram  projeto de gestão ambiental, visitaram a horta verde no telhado do empreendimento e o processo de triagem de resíduos da coleta seletiva da praça de alimentação, além do processo de reaproveitamento da água da chuva que o shopping possui. A semana foi dedicada a estudo mais aprofundado sobre a importância do cuidado de cada cidadão com o meio ambiente, e da sustentabilidade, visando um mundo melhor para as gerações futuras. As ações de sustentabilidade aliadas a arborização contribuem para que os ambientes tornem-se agradáveis para se viver, melhorando a qualidade de vida da sociedade e das espécies”, explicou a secretária.

Durante a semana, alunos da EMEB “Juvenília Monteiro de Oliveira”, localizada a 600 metros do Rio Cuiabá, realizaram aula de campo, acompanhados pelo engenheiro florestal Celso Brandão, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, onde identificaram 22 espécies arbóreas como Lixeira, Gonçaleiro, Orelha de Negro, Ingá, Acuri, Jatobá e Sarã. Os alunos pesquisaram as utilidades das espécies para os animais e seres humanos, assim como benefícios que elas trazem ao meio ambiente.

A EMEB “Tenente Abílio da Silva Moraes” do Bairro XV de Maio, apresentou o espetáculo com o tema “A importância da Água”, que foi destaque na Semana do Meio Ambiente, realizada no mês de junho.

Alunos da EMEB “José Estejo de Campos”, do Bairro Vitória Régia, apresentaram números teatrais e musicais de iniciativa dos próprios estudantes, com temas relacionados à árvore como o grande símbolo da natureza e uma das maiores riquezas naturais do planeta.

Fechando as comemorações da Semana da Árvore, os alunos ainda assistiram ao espetáculo “Arborização Consciente” com as personagens Flora e Fada, interpretadas pelas professoras Alice Ferreira e Elizza Soares.

No encerramento, os alunos da EMEB “Senhora Dirce Leite de Campos” do Jardim Itororó, se apresentaram no Shopping, com a fanfarra, que foi a primeira colocada na edição 2018 – Copa Centro Oeste de Banda e Fanfarras na categoria Corpo Coreográfico Infantil, realizada no município de Sorriso.

As EMEBs “Professora Líbia da Costa Rondon”, “Juvenília Monteiro de Oliveira”, “José Estejo de Campos”, “Tenente Abílio da Silva Moraes”, “Senhora Dirce Leite de Campos”, “Professora Lúcia Leite Rodrigues”, “Maria de Lourdes Toledo Areias”, “Vereador Zeno de Oliveira” também participaram da Semana da Árvore, que propiciou aos estudantes várias maneiras de reflexão e ações pedagógicas sobre a importância da arborização tanto no meio urbano como nas áreas rurais.

Por: Fred Nogueira – Secom/VG

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Várzea Grande

Decreto estabelece retomada de aulas nas unidades de ensino públicas e privadas em Várzea Grande

Publicado

em

A Prefeitura de Várzea Grande estuda a adoção de medidas mais endurecidas para conter o avanço dos casos da COVID 19, já que por estar localizada na região metropolitana, a cidade é constantemente procurada para atendimentos médicos e de exames especializados de pacientes de outras cidades, Estados e até mesmo países que fazem fronteira com o Brasil.  A cidade ultrapassou nos últimos meses o percentual de 50% dos atendimentos na Rede Pública Municipal de pacientes de outras localidades.

“Não precisamos de novas medidas burocráticas e sim fazer cumprir com aquelas que constam do último decreto publicado em 19 de janeiro. Estamos atrás de resultados, de efetividade e de conscientização de todos, população e governantes de que a COVID 19 está aí e temos que manter a mesma sob controle para podermos levar a vida dentro de uma nova realidade, uma nova normalidade”, disse o prefeito Kalil Baracat.

De acordo com o último decreto n° 06, de 19 de janeiro, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus – Covid-19, definiu novas estratégias de enfrentamento e prevenção à Covid-19 para o município e teve o cuidado de atender as demandas pela Educação Privada e Pública.

O novo  Decreto  permite à retomada das atividades presenciais nas unidades de ensino privadas do município, no que se refere à educação infantil, observada 50% da capacidade máxima das salas de aula e respeitado o limite de até 15 alunos por turma. Nas demais modalidades de ensino privado: fundamental, médio e superior, fica autorizada a retomada, a partir de 01 de fevereiro, de forma remota, sendo que o ensino híbrido, deverá ser implantado a partir de 01 de março no ensino superior e demais modalidades a partir de 05 de abril. O ensino híbrido é composto por parte dos alunos presencialmente, parte acompanhado de forma virtual, em casa.

No que tange ao ensino nas unidades da Rede Pública Municipal, as aulas deverão ser iniciadas em 1 de março de forma remota e híbrida a partir de 5 de abril, respeitando os limites de alunos por sala de aula. “Após meses de paralisação por causa da pandemia de Covid-19, as escolas da rede privada de ensino estão autorizadas a retomarem as aulas e demais atividades presenciais do número de alunos matriculados. A autorização é válida para unidades educacionais de educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e superior”, destaca o secretário de Educação, Cultura, Esportes e Lazer, Silvio Fidelis.

O texto do decreto estabelece que todas as instituições de ensino que retomarem as atividades presenciais terão como obrigação adotar os protocolos sanitários específicos para o setor de educação, aprovados pelo Ministério da Saúde.“Quando o município passar para a fase amarela, o limite de alunos nas salas de aula será ampliado para 70% do número de matriculados. O índice de 100% só será aceito com o município na fase verde”, explica Fidelis.

Os cursos de idiomas, oficinas, cursos de pós-graduação e aulas práticas de ensino superior e técnico, aulas nos cursos ou “cursinhos” preparatórios, estes só podem atuar com turmas de, no máximo, 50% da capacidade de alunos por sala de aula.

Conforme o secretário, ensino público municipal, será retomado, de forma remota, a partir de 01 de março, sendo que o ensino híbrido deverá ser implantado a partir de 05 de abril.  As datas, poderão ser reanalisadas de acordo com o controle ou a evolução do combate ao Covid-19.

“Depois de todo esse período atípico, a volta às aulas presenciais também representará outra grande mudança na vida das crianças e jovens. Portanto, uma readaptação à realidade com distanciamento social e outras orientações sanitárias será necessária para o convívio da comunidade escolar”, frisa o secretário.

O Ministério da Educação (MEC) elaborou protocolo de biossegurança que traz orientações sobre medidas de prevenção individual e coletiva, como aferição de temperatura, limpeza e ventilação de ambientes, uso de máscara, disponibilização de álcool gel 70% e respeito às regras de etiqueta respiratória e de distanciamento social. Também deve ser feito o escalonamento do acesso de estudantes a refeitórios e praças de alimentação.

Todas as novas diretrizes a serem seguidas no município estão disponíveis na íntegra no Boletim Oficial do Município – COVID – 19 -, publicado no site oficial da Prefeitura de Várzea Grande.

 

Da redação

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana