conecte-se conosco



Eventos

ALMT recebe 1º Encontro Estadual dos agentes de saúde

Publicado

em

A Frente Parlamentar em Defesa dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Agentes de Combate a Endemias (ACS) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) promoveu nesta terça-feira (21) o 1º encontro desses profissionais de Mato Grosso no Teatro do Cerrado Zulmira Canavarros. Realizado em parceria com a Escola Estadual de Saúde Pública e com a Fiocruz, o evento contou com palestras, rodas de conversa, sala de cuidado e apresentação do relatório de dois anos de trabalho da frente parlamentar.

Participaram do encontro profissionais de 62 municípios de Mato Grosso, de acordo com o coordenador-técnico da frente parlamentar, Carlos Eduardo Souza dos Santos. “É uma atualização para os ACS e ACE”, explica Carlos Eduardo. O público acompanhou duas palestras no período da manhã e duas à tarde. As atividades contemplavam temas como saúde mental, amamentação e combate ao Aedes Aegypti.

No encontro, também foi apresentado o relatório dos trabalhos da frente parlamentar. Carlos Eduardo destacou diversas ações realizadas pela comissão. “Estivemos em 47 municípios. Em parte ajudamos as prefeituras com a certificação dos agentes junto ao Tribunal de Contas. Algo esperado há 12 anos. Também regularizamos, por meio das prefeituras, o Incentivo Financeiro Adicional em 20% desses municípios” lembra o coordenador-técnico da frente. Ele ainda citou uma indicação feita ao Poder Executivo de criação de um incentivo financeiro estadual a esses profissionais. A frente também trabalhou pela criação de um curso técnico no IFMT para formação desses profissionais, que deve começar a funcionar em janeiro de 2019.

A bióloga da vigilância em saúde ambiental do escritório regional de Rondonópolis, Márcia Veloso, ministrou a palestra “Refletindo sobre a integração e as práticas do ACE e ACS no controle de Aedes Aegypti no território”. Durante a atividade, ela propôs a reflexão sobre trabalho em busca de melhorar e também apresentar estratégias a eles. “Uma das recomendações é trabalhar integrados na equipe de saúde da família”, exemplifica.

As discussões foram bem recebidas pelos participantes. “Foi muito proveitoso. É muito valioso para nós que viemos pela primeira vez ter acesso a esse conhecimento”, afirmou a presidente do sindicato do servidor público de Poconé, Lucimeire Souza. A agente de combate a endemias de Primavera do Leste Karla Nascimento também elogiou a iniciativa. “É muito bom. Com a interação a gente conhece a realidade de cada lugar de Mato Grosso. A gente sai daqui com outra visão do nosso trabalho e com um ânimo a mais”, elogiou Karla.

 

 

Clique para comentar
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Eventos

Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá abre 12 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde Hospitalar para Pacientes com Necessidades Especiais

Publicado

em

Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá abre 12 vagas para Residência Multiprofissional em Saúde Hospitalar para Pacientes com Necessidades Especiais

O Hospital Geral e Maternidade de Cuiabá (HG) está com 12 vagas abertas para o Edital do Processo Seletivo para o Programa de Residência Multiprofissional em Saúde Hospitalar para Pacientes com Necessidades Especiais

As inscrições são realizadas exclusivamente pela internet, até o dia 29 de janeiro de 2021 às 18h (horário de Cuiabá). Para se inscrever o candidato deverá acessar o link: https://bit.ly/3i8O8t6.

Podem concorrer profissionais das áreas de enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, odontologia e psicologia, sendo necessária a graduação por instituições brasileiras reconhecidas em suas respectivas áreas de formação (ou com colação de grau prevista até o final de fevereiro de 2021).

O processo seletivo será realizado em duas etapas, a primeira de forma presencial, composta por prova objetiva, contendo questões de múltipla escolha e dissertativas e a segunda etapa por entrevista e análise curricular presencial. A avaliação escrita, análise de currículo e entrevista são de responsabilidade técnica e operacional do corpo docente-assistencial do programa de residência.

O profissional da saúde residente receberá mensalmente, durante todo o Programa de Residência, uma bolsa no valor de R$ 3.330,43, conforme portaria interministerial nº 3, de 16 de março de 2016.  A oferta de bolsa supracitada, para os candidatos aprovados.

De acordo com a presidente da Comissão de Residência Multiprofissional do HG, Carla Meliso, a residência visa promover o desenvolvimento de profissionais de saúde para atuarem na atenção ao paciente com necessidades especiais.

Clique aqui para baixar o edital.

Soraya Medeiros

Continue lendo

Artigos

Polícia

Política MT

Várzea Grande

Cuiabá

Mais Lidas da Semana