Várzea Grande quer implantar Comitê para enfrentar estiagem e prevenir queimadas

Getting your Trinity Audio player ready...

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável de Várzea Grande (SEMMADRS), preocupada com o período de estiagem que se aproxima, declarado crítico pela Agência Nacional de Águas (ANA) por meio da Resolução nº 195, de 13 de maio de 2024, vai propor a criação de um comitê de ações integradas para mitigar os efeitos da estiagem prevista para este ano no município.

O encontro de trabalho ocorrerá na sala de reuniões do gabinete do prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, nesta quinta-feira, 27 de junho, às 09h. O evento contará com a participação de secretarias municipais, Corpo de Bombeiros Militar, Batalhão Ambiental e Ministério Público, através da 4ª Promotoria de Justiça Cível da Comarca de Várzea Grande – Defesa do Meio Ambiente e da Ordem Urbanística.

De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural Sustentável, Jean Lucas Teixeira de Carvalho, o objetivo do comitê será para estabelecer um cronograma de ações do Programa PREVQUEIMADAS; dar publicidade aos atos do município; trabalhar com educação ambiental para prevenir focos de queimadas urbanas; e, tratar da punição de responsáveis por queimadas, entre outros.

“A criação deste comitê é fundamental para enfrentarmos a estiagem severa que se aproxima e, consequentemente, as queimadas urbanas que tendem a aumentar. Nossa intenção é unir esforços de diversas instituições para implementar ações efetivas de prevenção e combate. A conscientização da população também será uma prioridade, visando reduzir os focos de incêndio e preservar nosso meio ambiente”, pontuou o gestor.

Jean Lucas também afirmou que as medidas adotadas serão para garantir a segurança e o bem-estar da população de Várzea Grande.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *