Casal que entregou doces que causaram intoxicação em crianças é preso

Um homem e uma mulher responsáveis por entregar guloseimas fora de condições de consumo e que resultaram na intoxicação de cerca de 15 crianças no município de Guarantã do Norte (715 km ao norte de Cuiabá) foram presos em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (6), logo após as vítimas serem encaminhadas para o hospital da cidade.

Os dois suspeitos, que trabalham como catadores de materiais recicláveis na cidade, confessaram que pegaram os alimentos no descarte de uma loja e foram autuados em flagrante por crime contra a saúde pública.

Logo depois de tomar conhecimento dos fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as diligências e oitivas de testemunhas, conseguindo chegar aos responsáveis por entregar os alimentos às crianças.

Interrogados, os suspeitos disseram que pegaram diversos alimentos, como bolachas, chocolates e balas, descartados por uma empresa e quando pararam em uma lotérica, algumas crianças vieram pedir as guloseimas e eles acabaram entregando os doces para os menores.

As crianças que pegaram os doces dividiram com colegas na escola, que após o consumo do produto, começaram a passar mal, com vômitos, diarreia, dores de cabeça e rigidez no estômago. As vítimas foram encaminhadas para o hospital, sendo posteriormente diagnosticadas com intoxicação em razão do material vencido.

Segundo o delegado responsável pelo caso, Waner dos Santos Neves, a princípio não há indícios de que os suspeitos tiveram a intenção de envenenar ou causar algum tipo de mal às crianças.

“Os suspeitos foram autuados em flagrante por crime contra a saúde pública, tendo em vista que não tiveram intenção de envenenar ou lesionar ninguém, entretanto também podem responder por lesão corporal culposa, em caso de representação feita pelos pais ou responsáveis das vítimas”, disse o delegado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *