Vereadora da base ataca gestão Kalil

A vereadora Rosy Prado (União) que faz parte da base do prefeito Kalil Baracat (MDB), resolveu subir o tom contra o gestor, durante a sessão ordinária desta terça-feira (4). A parlamentar usou a tribuna para questionar contrações da gestão municipal para locações de espaços públicos.

O que chamou atenção é que Rosy que foi eleita com o apoio de parte do arco de aliança do prefeito, como a ex-prefeita Lucimar Campos (União), teve uma postura branda em relação ao emedebista na Câmara Municipal. Agora, na reta final do mandato, a parlamentar busca os holofotes, ao criticar a administração de Kalil.

A vereadora só esqueceu que ela também tem telhado de vidro, já que seu sobrinho, que era superintendente de Atenção Secundária da Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, chegou a ser preso pela Operação Fenestra, que investiga um esquema de desvio de medicamentos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Ipase. Somado a isso, o rapaz também já foi preso sob suspeita de ter participado de roubo a gado.

Além disso, outro apadrinhado da vereadora que atuava em cargo comissionado na vigilância sanitária foi exonerado por tentar extorquir um empresário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *