Sargento da Polícia Militar executado com tiro na cabeça estava trabalhando na UPA para complementar renda

Informações apuradas dão conta que o sargento da Polícia Militar Odenil Alves, de 47 anos, estava trabalhando na UPA Morada do Ouro, em Cuiabá, para complementar a renda. Ele foi baleado na cabeça por um criminoso na terça-feira (28).

Ele prestava serviço na Unidade de Pronto Atendimento no bairro Morada do Ouro quando um motociclista passou pelo local e disparou contra o policial, que foi atingido na cabeça.

Odenil chegou a ser socorrido por populares e levado até a UPA onde recebeu os primeiros atendimentos. Posteriormente ele foi encaminhado para o Hospital Municipal de Cuiabá (HMC).

Ele realizou uma cirurgia de emergência mas não resistiu aos ferimentos.

As forças de segurança deflagraram uma operação ainda na madrugada para iniciar as buscas pelo atirador.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *