Polícia

Autor de feminicídio em Peixoto de Azevedo é preso após 4 dias foragido

Wendel Santos teve mandado de prisão cumprido pela Polícia Civil após matar sua companheira com golpes de faca

Na última segunda-feira (15), um ato de violência chocou a cidade de Peixoto de Azevedo, localizada a 691 km ao Norte do estado. Wendel Santos, de 37 anos, tornou-se o protagonista de uma tragédia ao ceifar a vida de sua companheira, Leidiane Ferro da Silva, de 43 anos, com golpes de faca. Após quatro dias de intensa busca, a Polícia Civil conseguiu cumprir o mandado de prisão preventiva contra o acusado, na tarde desta sexta-feira (19).

O crime hediondo ocorreu por volta das 12h40, na residência do casal, situada no centro antigo da cidade. Segundo relatos, Leidiane estava servindo sua refeição na cozinha quando foi brutalmente atacada por Wendel. A filha e o enteado da vítima testemunharam o ato de violência e, desesperados, buscaram ajuda. Infelizmente, os ferimentos foram fatais e Leidiane não resistiu, perdendo a vida no próprio local.

O histórico de violência contra Leidiane não se limitava apenas a esse fatídico dia. Registros anteriores de violência doméstica já existiam, inclusive um vídeo perturbador que veio à tona recentemente, mostrando Wendel estrangulando a vítima até a inconsciência e ameaçando-a com uma faca.

Diante das evidências contundentes e da confirmação da autoria do crime, a delegada Anna Paula Marien solicitou o mandado de prisão preventiva contra o suspeito, medida que foi prontamente deferida pela Justiça. No final da tarde de sexta-feira, Wendel se apresentou na Delegacia de Terra Nova do Norte, acompanhado por seu advogado, momento em que teve o mandado de prisão cumprido.

O suspeito será interrogado sobre os terríveis acontecimentos neste sábado (20) e posteriormente ficará à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *