Polícia

Desmatamento no Pantanal supera área de 10 municípios do estado

Fazendeiro é responsável pelo maior dano ambiental individual já registrado em Mato Grosso, comprometendo 81 mil hectares.

O desmatamento promovido pelo fazendeiro Claudecy Oliveira Lemes no Pantanal Mato-grossense é tão extenso que supera a área de pelo menos 10 municípios do estado. Investigação conduzida em parceria entre diversas entidades revelou que a área desmatada equivale a 81 mil hectares, ultrapassando regiões como Araguainha, Arenápolis, Curvelândia, e outras.

A degradação ambiental, provocada principalmente pelo uso irregular de herbicidas aplicados via aérea, afetou a vegetação de sete propriedades rurais em Barão de Melgaço, situadas no coração do Pantanal. Essa região, reconhecida como Patrimônio Natural Mundial pela Unesco, é vital para a preservação da biodiversidade e integridade ambiental.

As medidas tomadas pelas autoridades, incluindo a aplicação de autos de infração e termos de embargo, visam coibir novos danos ao meio ambiente e responsabilizar os envolvidos pelas práticas ilegais. A análise minuciosa das evidências revelou a presença de substâncias tóxicas capazes de causar sérios danos à fauna e flora da região.

A investigação continua avançando, e o Ministério Público tem atuado para garantir que os responsáveis sejam devidamente punidos e que medidas eficazes sejam implementadas para a recuperação ambiental da área afetada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *