Política

Botelho deixa reunião com Ibama “pouco otimista” para obras no Portão do Inferno

Deputado Eduardo Botelho acompanhou governador Mauro Mendes em articulação para liberar licenças emergenciais visando solucionar deslizamentos na MT 251.


CUIABÁ – O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (União), revelou na tarde desta terça-feira (2) ter saído de uma reunião com o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Rodrigo Agostinho, com um sentimento “pouco otimista” em relação às licenças para obras emergenciais no Portão do Inferno, na MT 251.

Botelho, acompanhado do governador Mauro Mendes, também do partido União, e outros parlamentares, buscava articular a liberação das licenças necessárias para iniciar as obras que visam solucionar os deslizamentos na rodovia que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, distante 67 km da capital.

“Eu saí de lá com uma impressão não muito boa, pode ser que eu esteja errado. Mas, não tive uma impressão muito positiva”, declarou Botelho durante a sessão plenária desta quarta-feira (3), acrescentando que antes da reunião, aliados do Palácio Paiaguás demonstravam uma “vibe otimista” em relação às tratativas.

O início das obras aguarda apenas a autorização do Ibama e do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), uma vez que a área é de responsabilidade do governo federal. O presidente do Ibama se comprometeu a levar a proposta ao ICMBio e o governo solicitou aos órgãos ambientais uma “dispensa de licenciamento” para acelerar o início do projeto.

Diante da situação, o presidente da ALMT solicitou ao deputado Valdir Barranco (PT) que atue como interlocutor junto ao governo federal. “Vocês estão mais otimistas do que eu, peço que o deputado Barranco fique acompanhando isso”, solicitou Botelho durante a sessão plenária.

A expectativa é que o deputado Barranco, junto com outros parlamentares, possa intensificar as negociações com os órgãos ambientais e acelerar a liberação das licenças para as obras emergenciais no Portão do Inferno, uma vez que a situação na MT 251 é considerada crítica e requer medidas urgentes para garantir a segurança dos usuários da rodovia.

Veja video:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *