Política

Mauro orienta foco em debate sobre Cuiabá e adia decisão sobre vice para junho

O governador Mauro Mendes (União) recomendou ao presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho (União), que adie a discussão sobre o vice na disputa pela prefeitura de Cuiabá para as vésperas das convenções partidárias em junho. Atualmente, há diversas possibilidades em discussão para a composição da chapa.

“Eu recomendei objetivamente ao Botelho. Deixe essas questões de ordem política para um mês próximo das convenções. Foque agora na montagem da chapa de vereadores e em fazer um debate sobre Cuiabá. O União Brasil quer discutir Cuiabá, é União para mudar Cuiabá”, afirmou Mauro Mendes nesta quarta-feira (27).

Mendes enfatizou a necessidade de um debate sobre os problemas da Capital, destacando que Cuiabá tem sido ultrapassada em diversos quesitos por outras cidades mato-grossenses. “Cuiabá ficou para trás, várias dezenas de municípios estão chegando a 100% de asfalto. Várias estão com qualidade de vida muito melhor do que temos em Cuiabá. Porque houve administrações mais eficientes e que produziram resultados muito melhores”, avaliou o governador. “Então, nós temos que debater isso, é o principal debate. Como tirar Cuiabá desse mar de lama”, completou.

As declarações de Mauro Mendes surgem em meio a especulações sobre possíveis candidatos para compor a chapa com Botelho na disputa deste ano. Alguns dos nomes ventilados são Maysa Leão (Republicanos), Michelle Alencar (União), Marcelo Sandrin (Republicanos), Júnior do Verdão (Republicanos), Mônica Carvalho (PRD), além dos secretários de Ciência e Tecnologia (PSB) e de Assistência Social, Coronel Grasielle Bugalho.

Vice mulher

Quanto à discussão sobre a possibilidade de ter uma mulher como vice na chapa, o governador Mauro Mendes destacou que o debate de gênero não deve se sobrepor aos problemas da cidade. “Com todo respeito a qualquer diálogo nesse sentido. A igualdade de gênero é fundamental, é importante em todo o país. Mas o debate agora não é de gênero. O debate mais importante no momento é como tirar Cuiabá do mar de lama como ele se encontra”, afirmou Mendes.

Mauro Mendes reiterou sua posição de que a discussão sobre o vice deve ocorrer no mês de junho e enfatizou a importância de focar no debate sobre Cuiabá neste momento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *