Política

Fávaro destaca o progresso das obras do Rodoanel, com investimentos que ultrapassam os 539 milhões de reais

A duplicação do Contorno Norte de Cuiabá, considerada uma das obras prioritárias do governo Federal, está avançando com quatro frentes de serviço. Esta obra inclui a construção de um viaduto no entroncamento com a MT-010 e uma ponte sobre o Rio Cuiabá. O projeto, realizado por meio de um convênio entre o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e o governo do Estado, tem investimentos que ultrapassam R$ 539 milhões, sendo que 60% desses recursos são federais.

O ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, ressaltou a importância estratégica desta obra para o Brasil, lembrando da colaboração integrada durante o governo do presidente Lula. Ele também destacou que a retomada e o avanço das obras do Contorno Norte são fundamentais para o escoamento da safra, que tem Mato Grosso como um dos pontos estratégicos.

Em parceria com o ministro dos Transportes, Renan Filho, Fávaro tem trabalhado no planejamento estratégico para o escoamento da safra. Além do Contorno Norte, já foi assinada a ordem de serviço para a pavimentação da BR-158, na região Araguaia, e houve avanços nos processos de licenciamento da BR-242, entre outras ações.

Fávaro também mencionou que o Rodoanel de Cuiabá se soma a uma série de obras retomadas pelo Governo Federal em Mato Grosso. Estas obras têm impactos positivos não apenas no setor agropecuário, mas beneficiam toda a população que utiliza o transporte na região.

Segundo informações do DNIT, a conclusão das obras do Contorno Norte permitirá que veículos pesados deixem de transitar pelo centro da cidade, aliviando o trânsito na Capital. Além disso, essa obra será uma rota importante para o escoamento de carga até os terminais ferroviários.

A obra do Contorno Norte também apresenta uma tecnologia inovadora, na qual o concreto é aplicado sobre uma estrutura de pavimento com revestimento flexível.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *