Prefeitura inaugura ETA que promete resolver problema de água em VG

Em um marco histórico para Várzea Grande. A cidade deu mais um passo crucial em direção à solução do histórico problema da intermitência no abastecimento de água. Em uma parceria estratégica entre o Governo do Estado de Mato Grosso e a Prefeitura Municipal, foi inaugurada sábado, 24 de fevereiro, a Estação de Tratamento de Água Barra do Pari/Chapéu do Sol.


Essa nova estação tem a capacidade de captar, tratar e distribuir impressionantes 250 litros por segundo, totalizando 21,6 milhões de litros de água por dia. Isso representa um avanço significativo na oferta de água para os bairros, loteamentos, residenciais e condomínios das regiões norte e oeste da cidade, consolidando um compromisso essencial para a qualidade de vida da população.


A ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol, somada à ETA Grande Cristo Rei, inaugurada no final de 2021, eleva em mais de 60% a capacidade total de captação, tratamento e distribuição de água para Várzea Grande, em comparação com os números de 2020. O investimento total na nova estação é de R$ 38,8 milhões, com R$ 26 milhões provenientes do Governo Estadual e R$ 12 milhões da Prefeitura.


O Prefeito Kalil Baracat expressou sua satisfação durante o discurso de inauguração, agradecendo a todos os representantes presentes e destacando a importância do investimento no saneamento básico. Ele afirmou: “Estamos vivenciando um capítulo transformador na história de Várzea Grande. A inauguração da ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol, somada à ETA Grande Cristo Rei, representa um compromisso efetivo com a qualidade de vida de nossa população. O projeto iniciado na gestão da ex-prefeita Lucimar Campos ganha robustez, e hoje celebramos não apenas a entrega de infraestruturas cruciais, mas também a certeza de que estamos no caminho certo para superar desafios históricos. A nossa meta é clara: resolver até 95% do problema de abastecimento de água na cidade até maio deste ano. Esta é uma vitória coletiva, fruto da união de esforços entre governos estadual e municipal, órgãos de controle e, claro, a comunidade. Agradeço a todos que acreditam no nosso compromisso com o saneamento básico e reitero o comprometimento de nossa gestão em transformar Várzea Grande em um exemplo de eficiência e qualidade de vida para todos os cidadãos”.


Kalil aproveitou para enfatizar que a ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol está quase totalmente quitada. “Existe apenas alguns ajustes finais. Já repassamos para o Consórcio composto pela Fronter e a Gratt R$ 38,8 milhões em uma clara demonstração de que tratamos as coisas aqui em Várzea Grande com transparência e eficiência e que o governador Mauro Mendes pode ter a certeza de que a nossa parceira só caminha em direção ao povo e seus anseios”, asseverou.


O prefeito sinalizou que as obras das três ETAs que ele inaugurará vão tornar a cidade autônoma em relação a produção de água, mas faltaram ainda as obras de novas redes de distribuição, novos reservatórios e constantes investimentos para que o crescimento da cidade seja sempre atendido.


“Em 2023, Várzea Grande comercializou 5.578 novas residências ou seja, novos imóveis estão sendo construídos e com isto mais pessoas chegam em nossa cidade, novos negócios, empresas e comércio, portanto, a cidade cresce é dinâmica e o Poder Público precisa acompanhar este crescimento e isto exige investimentos”, frisou Kalil Baracat.


O Governador Mauro Mendes ressaltou a significativa contribuição da ETA para a resolução do problema histórico da falta de água na cidade. “Serão mais de 70 bairros atendidos diretamente. É um passo quase que definitivo para resolver de vez esse histórico problema aqui da cidade. A inauguração marca um importante capítulo na história de Várzea Grande, representando um avanço significativo na qualidade de vida e no acesso a um serviço essencial para toda a população. A união de esforços entre as esferas governamentais e a participação ativa da comunidade são elementos fundamentais para o sucesso desse empreendimento e para o futuro próspero da cidade”, disse Mauro Mendes.
O governador lembrou que sua gestão tem diversos investimentos em Várzea Grande assim como em todos os 141 municípios de Mato Grosso e frisou que é fundamental tem parcerias como a formalizada com o prefeito Kalil Baracat, pois tem a certeza de que os resultados vão acontecer e beneficiar a população.


“Vamos continuar investindo em Várzea Grande e em todas as cidades de Mato Grosso pois acreditamos que os recursos públicos devem servir para atender ao conjunto da população”, disse Mauro Mendes.
O Senador Jayme Campos enfatizou a importância estratégica da nova Estação de Tratamento de Água Barra do Pari/Chapéu do Sol ao declarar: “Esta é uma estação que não apenas permite a captação, tratamento e distribuição de 250 litros de água por segundo, mas representa um marco fundamental na resolução significativa do abastecimento na cidade. Ao somar os esforços dessa obra com a já operante estação do Grande Cristo Rei, e uma terceira em desenvolvimento na região do 24 de Dezembro, estaremos efetivamente mais do que dobrando a capacidade de distribuição existente. O impacto já é tangível, com uma melhoria substancial na intermitência do fornecimento de água para as residências, reduzindo a frequência de dias sem abastecimento para uma realidade mais aceitável, aproximando-se da meta de proporcionar água de forma diária ou, no máximo, a cada dois dias”.


Jayme Campos assinalou que vai se empenhar em dobro para que as obras do Novo PAC saiam do papel, pois elas vão solucionar por completo a questão da água em Várzea Grande.
“Os projetos estão aprovados pela área técnica e dependem de articulações e defesa para saírem do papel então vamos trabalhar e fazer acontecer, pois serão mais reservatórios, mais rede de distribuição, mais obras e ações que mudem o atual status de Várzea Grande e transformem a cidade tanto na questão de água, como também de esgoto”, explicou Jayme Campos
O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, um dos autores que levou a proposta da construção da ETA ao governador Mauro Mendes, ressaltou a importância do investimento em infraestrutura para a cidade.


Para ele investimentos em Cuiabá e em Várzea Grande tem dupla ação, pois se trata da maior região metropolitana de Mato Grosso. “Quando se investe em Cuiabá ou em Várzea Grande se amplia em muito a capacidade de atender a demanda da população, pois como são os dois maiores centros populares e o destino de grande parte das pessoas do interior, qualquer investimento tem uma maior amplitude”, assinalou Eduardo Botelho.


Presidente do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso, Sergio Ricardo, ressaltou o papel da instituição a qual preside. “O Tribunal de Contas tem a nobre função de fiscalizar e acompanhar, mas transcende esse papel ao também incentivar e aplaudir quando os gestores se destacam na resolução das questões primordiais para a população. A demanda histórica da população de Várzea Grande por água é atendida de maneira excepcional com essa obra, uma vez que nenhum prefeito anterior alcançou o feito notável do atual, que ampliou infinitamente o volume de distribuição de água para os moradores. Contudo, lançamos o desafio ao Prefeito Kalil para que almeje a universalização da água, alcançando não apenas 80% ou 90%, mas visando incansavelmente os 100% de cobertura”.


A Vice-presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargadora Maria Erotides, moradora de Várzea Grande, expressou a importância do Tribunal de Justiça e afirmou que água é vida e um direito de todos. “O Tribunal de Justiça não poderia se ausentar deste momento, pois reconhecemos que a Estação da Barra do Pari, aliada à ETA do Cristo Rei, representa um aumento significativo de 60% na oferta de água tratada para o município. Água é vida, é preservação dos direitos fundamentais à vida, e, portanto, a presença do Tribunal de Justiça é essencial para parabenizar o prefeito Kalil Baracat e o governador Mauro Mendes por este investimento tão crucial e impactante para a comunidade”.
Ex-prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos, recordou o pioneirismo do projeto que visava aprimorar e solucionar os desafios no abastecimento de água na cidade durante sua gestão. Ela destacou: “É gratificante ver a continuidade e expansão do compromisso assumido na minha administração com a construção da ETA Grande Cristo Rei, inaugurada no final de 2021. Agora, com a adição da ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol, testemunhamos um avanço expressivo, elevando em mais de 60% a capacidade de captação, tratamento e distribuição de água para toda Várzea Grande, em comparação com os números de 2020. Parabenizo o gestor municipal pelo excelente trabalho em prol da comunidade, evidenciando a continuidade de um compromisso que começou sob minha administração”.
Lucimar Campos assinalou que na sua gestão entre 2015 e 2020 conseguiu resgatar quase meio bilhão de reais em recursos do PAC que se tivessem sido liberados poderiam ter transformado os serviços de água e esgoto de Várzea Grande.
“Foi feito um trabalho exitoso por nossa equipe técnica que conseguiu resgatar quase meio bilhão de reais em investimento do PAC do Governo Federal, mas que acabaram não saindo do papel por causa das sucessivas trocas no Governo Federal”, disse Lucimar Campos sinalizando que o prefeito Kalil Baracat e o senador Jayme Campos, além de outros senadores e deputados federais tem a possibilidade de recuperar os recursos do PAC e transformar os mesmos em realidade.
A Senadora Margareth Buzetti ressaltou a importância da água para a dignidade e saúde pública, enquanto o Deputado Estadual Júlio Campos trouxe à tona sua experiência de 50 anos atrás, quando inaugurou a primeira estação de tratamento de água na cidade.
“Sempre trabalhamos por Várzea Grande e por Mato Grosso, pois acreditamos na força dos mato-grossenses e na pujança de nossa terra, por isto sempre estamos prontos para superar as adversidades e transformar Várzea Grande, Cuiabá, Cáceres, Rondonópolis, Alta Floresta, Sinop, enfim todas cidade, nosso Estados e nosso Brasil”, disse Júlio Campos.
O Deputado Federal Coronel Assis elogiou a conclusão da obra grandiosa e estruturante para a cidade e o presidente da Câmara de Vereadores, Pedro Paulo Tolares, destacou a importância da obra para o município e como ela mudará a vida de muitas famílias.
Evento prestigiado por todas as esferas de Poder e Órgãos de Controle – Além das figuras políticas mencionadas, o evento de inauguração foi prestigiado presidentes de bairro e população.
Diversos presidentes de bairros também expressaram gratidão e otimismo em relação ao impacto positivo da nova estação em suas comunidades. Davi da Silva Lima, presidente dos bairros Nova Ypê e Nova Esperança, relatou a melhoria já percebida na intermitência do abastecimento. Elizângela Teles, presidente do bairro Parque Del Rey, e Francisco Assis, presidente do bairro Terra Nova, compartilharam suas expectativas e confiança no trabalho do prefeito e do governador.


O presidente do Departamento de Água e Esgoto de Várzea Grande, Carlos Alberto Simões de Arruda, explicou como está funcionando a ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol. Ele detalhou os processos de captação, tratamento e distribuição de água, ressaltando a importância do uso racional desse recurso.
“A Estação de Tratamento de Água Barra do Pari/Chapéu do Sol opera como uma infraestrutura estratégica, situada a apenas 200 metros da captação do Rio Cuiabá. Equipada com dois motores de 150 quilowatts, sendo um em funcionamento contínuo e o outro como reserva e tem a impressionante capacidade de captar até 250 litros de água por segundo. A água captada passa por um rigoroso processo de tratamento que envolve a injeção de produtos químicos para facilitar a floculação, decantação, filtração e, por fim, o tratamento de desinfecção. Com dois módulos operando a 125 litros por segundo, a estação garante eficiência máxima na produção de água tratada. Um reservatório de 2 milhões de litros de água e outro de distribuição com capacidade para 2,5 milhões de litros compõem a infraestrutura complementar”, detalhou.
Também informou que desde o dia 23 de dezembro do ano passado, a ETA Barra do Pari/Chapéu do Sol já abastece a região do Mapim, Jardim Imperial para cima, representando um alívio considerável na intermitência do abastecimento, com um significativo aporte de 20 milhões de litros de água tratada por dia no sistema. “Ressalto aqui a importância do uso racional da água, considerando-a um recurso valioso diante da capacidade impressionante da estação e destaca que a tarifa de Várzea Grande é uma das mais acessíveis do país”, finalizou Carlos Alberto Simões de Arruda.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *